• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
Documento
Autor
Nome completo
Daniela Signorini Marcilio
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2015
Orientador
Banca examinadora
Aulicino, Madalena Pedroso (Presidente)
Camargo, Luiz Octavio de Lima
Oliva, Jaime Tadeu
Título em português
Brincadeiras infantis no Município de São Paulo: Penha e Cangaíba entre o passado e o presente
Palavras-chave em português
Brincar
Cultura
Espaço
Memória
Resumo em português
A criança se desenvolve, adquire experiência, constrói e transmite sua cultura lúdica brincando, desde as primeiras interações enquanto bebê, pela participação em jogos com os companheiros, pela observação de outras crianças e pela manipulação de objetos que o passar do tempo lhe permite (WINNICOTT, 1979; BROUGÈRE, 2008). E como é esse brincar hoje? E como era no passado? O que mudou? Nesse sentido, essa investigação se interessou em compreender o brincar de hoje em relação ao passado nos Distritos da Penha e do Cangaíba, no Município de São Paulo. O objetivo principal foi identificar brincadeiras do passado para compreender quais delas permanecem na atualidade, além de levantar fatores que podem ter influência em transformações de brincadeiras infantis nestas duas regiões. A metodologia de história oral foi utilizada para relembrar memórias de brincadeiras do passado e a observação participante para compreender as brincadeiras atuais. Realizaram-se treze entrevistas temáticas com idosos que viveram sua infância nestes dois distritos e foram observadas aproximadamente 340 crianças da região. Estabeleceu-se como hipóteses que brincadeiras se mantêm, mas receberam algumas adaptações ao longo dos anos, assim como transformações nos usos do espaço público constituem-se num dos principais fatores responsáveis pelo deslocamento de brincadeiras infantis do espaço público para o privado e, por fim, que produtos midiáticos não podem ser considerados o principal fator pelas transformações ocorridas nas brincadeiras infantis. Resultados apontam que algumas brincadeiras e brinquedos do passado permanecem até os tempos atuais, mas com adaptações em termos de regras, nomenclatura, aquisição e materiais, como por exemplo, pega-pega, bafo e boneca. Outro aspecto que ainda se faz presente corresponde às diferenciações de gênero nas brincadeiras infantis, como futebol e carrinho comuns entre meninos, boneca e casinha entre meninas. Constatou-se que transformações no uso do espaço urbano, unidas às mudanças de modos de vida foram fatores que influenciaram práticas de brincar, pois crianças da atualidade têm menos oportunidades de interagir pelo brincar com outras crianças na rua, por exemplo
Título em inglês
Childs plays in the city of São Paulo: Penha and Cangaíba between the past and the present.
Palavras-chave em inglês
Culture
Memory
Play
Space
Resumo em inglês
The child develops, gains experience, builds and transfer his or her ludic culture by playing, since the first interactions as a baby, through participation in games with friends, observation of other children and the object manipulation that the time going by allows. (WINNICOTT, 1979; BROUGÈRE, 2008). And how is this play today? And how was it in the past? What has changed? Therefore, this investigation aimed to comprehend todays plays in relation to the past in Penha and Cangaíba districts in the city of São Paulo. The main purpose was to identify plays in the past to understand which of them still remain nowadays, as well as the factors that have influenced the childs plays in those regions. The oral history methodology was used to retrace memories of past plays and participant observation was used to understand todays plays. Thirteen theme interviews were carried out with elderly who lived their childhood in those districts and approximately 340 children from those regions were observed. It was hypothesized that the plays remain the same, but received some adaptations through the years. It was also believed that transformations in the use of urban space are the main factors responsible for the displacement of childs plays in public space to the private one, and, eventually, the media products cannot be considered the main explanation for the transformations occurred in childs plays. Results showed that some past plays and toys remain in the present, but with some adaptations concerning rules, terminology, learning and materials, such as chase/ tag (pega-pega), hitting cards (bafo) and dolls. Another aspect still present is the gender distinction in childs plays, such as soccer and cars which are common among boys, and dolls and dollhouses among girls. It was seen that the urban space transformations, along with changes in life styles, had a significant effect on plays since children have less opportunities to maintain social relations with other children in the streets at present
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2016-02-19
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2014. Todos os direitos reservados.