• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.100.2018.tde-06082018-115248
Documento
Autor
Nome completo
Luiz Carlos de Melo
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2018
Orientador
Banca examinadora
Gonçalves, Carlos Henrique Barbosa (Presidente)
Aulicino, Madalena Pedroso
Carvalho, Jade Percassi de
Segurado, Rosemary
Título em português
Vozes femininas no Arte Contra a Barbárie (1999-2002) - um estudo de gênero nos movimentos sociais e suas narrativas
Palavras-chave em português
Arte Contra a Barbárie
Arte Pública
Fomento ao Teatro
Luta política
Política Pública
Trabalhadoras(es) da Cultura
Vozes femininas
Resumo em português
Ao final do ano de 98, do século passado, um coletivo de pessoas ligadas à produção teatral passou a se reunir semanalmente na cidade de São Paulo para pensar a função e o papel do teatro diante do quadro político que se desenhava, um ambiente de aprofundamento de políticas de orientação neoliberal iniciadas no governo Collor e que começavam a ganhar força com a eleição de Fernando Henrique Cardoso (PSDB) em seu primeiro mandato como presidente do Brasil. Passados seis meses do encontro inicial, o grupo chegou à formulação de um texto síntese das ideias debatidas naquele período. Esse documento recebeu o nome de Manifesto Arte Contra a Barbárie, nome pelo qual o grupo ficou conhecido. Durante a trajetória da pesquisa pudemos tomar contato com documentos que davam conta de que logo após o lançamento do Primeiro Manifesto iniciou-se uma considerável participação feminina nos encontros, impulsionando as atividades de discussão e a formação de grupos de trabalho. Ocorre que a maior parte dos relatos sobre o Arte Contra a Barbárie, aos quais tive acesso, dão conta de que era um grupo formado por homens. Esses relatos acabam por passar a impressão de que as mulheres não tinham uma participação ativa em todo o processo, ou mesmo que sua participação era restringida. A dissertação tem como objetivo primeiro registrar a participação feminina nesse processo de luta que acabou por mobilizar inúmeras pessoas em busca da conquista de políticas públicas para a produção cultural. Já o segundo objetivo é identificar indícios de ações, mecanismos ou estruturas que possam ter resultado em uma invisibilização das contribuições dessas figuras femininas nas lutas políticas e sociais importantes, como o processo que levou à conquista da lei que criou o Programa de Fomento ao Teatro para a Cidade de São Paulo
Título em inglês
Female Voices in Art Against Barbary (1999-2002) - a study of gender in social movements and their narratives
Palavras-chave em inglês
Art Against Barbarism
Culture Workers
Female voices
Political struggle
Promotion to the Theater
Public Art
Public policy
Resumo em inglês
At the end of the year 98, in the last century, a collective of people related to the theater production gathered weekly in the city of São Paulo to think about the function and the role of theater in the face of the political framework that was being developed, of neoliberal orientation policies initiated in the Collor government and that were beginning to gain strength by electing Fernando Henrique Cardoso (PSDB) in his first term as president of Brazil. After six months of the initial meeting of the group, the group put together a summarized text of the ideas debated in that period. This document was named Manifesto Arte contra a Barbárie, name by which the group became known. During the course of the research, I was able to examine documents that showed that soon after the launch of the first manifesto a considerable amount of female participation in the meetings began, encouraging discussion activities and the formation of working groups. It turns out that most of the reports on the Arte Contra Barbarie, to which I had access, treated the group as one formed only by men, and these reports end up giving the impression that women did not have an active participation in the whole process, or even that their participation was restricted. The dissertation aims first at registering the female participation in this process of struggle that ended up mobilizing countless people in search of gaining public policies for cultural production. The second objective is to identify indications of actions, mechanisms or structures that may have resulted in the invisibility of the contributions of these female figures in important political and social struggles, such as the process that led to the achievement of the law that created the Programa de Fomento ao teatro para a cidade de São Paulo
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2018-08-22
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.