• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.100.2015.tde-04092015-185544
Documento
Autor
Nome completo
Luciana Vieira Souza da Silva
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2015
Orientador
Banca examinadora
Siqueira, Rogério Monteiro de (Presidente)
Bontempi Junior, Bruno
Haddad, Thomás Augusto Santoro
Título em português
A Missão Italiana da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras da Universidade de São Paulo: ciência, educação e fascismo (1934-1942)
Palavras-chave em português
Faculdade de Filosofia Ciências e Letras
Fascismo
História do ensino superior
Missão Italiana
Resumo em português
Entre os anos de 1934 e 1942, um grupo de professores que ficou conhecido como Missão Italiana foi contratado para reger algumas cadeiras das ciências exatas e literatura da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras da Universidade de São Paulo. No presente trabalho, estudamos as negociações institucionais e diplomáticas entre os governos italiano e brasileiro que permitiram a vinda da Missão ao Brasil, a partir da análise de uma série de documentos presentes em arquivos do Brasil e da Itália. Estudamos, também, o modo como a Missão Italiana foi recebida pela imprensa paulista e carioca, bem como a circulação do grupo em espaços dentro e fora da universidade, a partir da análise de diversos jornais do período. Para compreender o envolvimento da Missão Italiana com o cenário de debates do ensino secundário brasileiro, mobilizamos e analisamos os discursos que ela proferiu no período, tendo em vista as possíveis correntes de pensamento as quais os professores se alinhavam ou buscavam refutar. Também estudamos o contato desses professores com a formação das primeiras gerações de matemáticos da FFCL, no que tange ao incentivo à pesquisa, ao engajamento em uma rede internacional de circulação de cientistas e à produção das primeiras teses de doutoramento. Verificamos que o Regime Fascista, que esteve diretamente envolvido na contratação da Missão Italiana, bem como a pertença desses professores ao Partido Nacional Fascista, inicialmente, não foi um problema para a sua vinda ao Brasil. Acompanhando o trabalho da Missão Italiana ao longo dos anos, observamos que as condições de sua permanência no Brasil vão se deteriorar somente com o rompimento das relações diplomáticas em 1942, momento em que a Missão é desmantelada. Nesse estudo, gostaríamos de defender que a passagem desse grupo de professores pelo Brasil não deve ser analisada somente sob a ótica de uma Itália Fascista imperialista, que pretendia dominar o espaço científico e universitário brasileiro, mas como um encontro entre culturas, onde ambas as partes buscaram se beneficiar dos acordos entre Itália e Brasil
Título em inglês
The Italian Mission of the Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras of the Universidade de São Paulo: science, education and fascism (1934-1942)
Palavras-chave em inglês
Faculdade de Filosofia Ciências e Letras
Fascism
Higher education history
Italian Mission
Resumo em inglês
In 1934, a group of Italian professors, called the Italian Mission, was hired to teach some disciplines of exact sciences and literature areas of the Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras of the Universidade de São Paulo. In this work, we study both institutional and diplomatic negotiations related to the Mission arriving between Italian and Brazilian governments , based on an extensive series of documents obtained in archives of both sides. The reception in the press and the circulation of these professors in many institutions including the university were studied taking some newspapers as sources. Public speeches of the group were analyzed focusing on their considerations on both the high school system and some educational discussions of the period. We also studied the contributions of the Mission for the constitution of the first generation of Brazilian mathematicians, specially their motivation for the research, the insertion in an international net of researches and the production of the first PhDs thesis on the subject. We observed that the very presence of the fascist regime in the hiring process of the Mission and the fellowship of the group to the fascist national party was not seem as a problem in the Brazil at the beginning of the process. Following the work of the Italian Mission, we see the deterioration of the conditions of permanence of the Italian professors only in 1942 with the rupture of diplomatic relations between Brazil and Italy, when the Mission is dismantled. We would like to sustain that the arriving of the Italian Mission would not be analyzed only from the point of view of the imperialist fascist Italy, who in fact intended to influence the Brazilian scientific field, but as a intercultural encounter, where both Brazil and Italy took advantage in the process
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2015-09-25
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.