• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.100.2018.tde-26062017-164501
Documento
Autor
Nome completo
Ligia Chicareli Kawata
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2015
Orientador
Banca examinadora
Tomazzoni, Edegar Luís (Presidente)
Espinosa Pezzia, Agustin
Silva, Alessandro Soares da
Título em português
Voluntariado e participação política: o caso da ONG Teto
Palavras-chave em português
Consciência política
ONG Teto
Participação política
Voluntariado
Voluntários
Resumo em português
A prática de voluntariado, embora antiga, tem ganhado espaço de uma forma muito distinta das ações de caridade informais e de matizes religiosas que predominavam há até algumas décadas. Imerso em um complexo processo de institucionalização, o voluntariado ganhou novos valores a partir dos anos 90, relacionados à mudança social e à participação política, ao mesmo tempo em que se distanciou cada vez mais da idéia da caridade e do assistencialismo. Neste trabalho, buscamos entender em que medida o engajamento de indivíduos neste novo modelo de voluntariado, sendo ele uma ação coletiva e focada em mudança social, pode contribuir para uma cultura política mais participativa, a partir da formação da consciência política dos voluntários. Escolhemos como estudo de caso a ONG Teto, presente no Brasil, na América Latina e no Caribe, que atualmente representa bem este novo voluntariado como fenômeno social. Com o foco na questão habitacional e com o objetivo de superar a extrema pobreza, a ONG Teto atrai milhares de jovens universitários como voluntários. Assumimos como referencial as reflexões teóricas dos autores da psicologia política e especialmente o modelo Analítico da Consciência Política de Salvador A. M. Sandoval. Assim, buscamos entender, a partir de entrevistas, as dimensões sociais e psicológicas que constituem a consciência política dos voluntários nessa organização, a disposição deles em agirem de acordo com essa consciência e a relação desta com as atividades sociais que eles exercem na ONG. Como resultados, identificamos que ainda há um forte caráter de caridade e assistencialismo na atividade da ONG, mas com grande potencial de formação política dos jovens voluntários, especialmente a partir das vivências nos assentamentos precários. Por outro lado, identificamos pontos que desfavorecem a constituição de uma consciência política mais crítica e que, portanto, fazem com que aquele potencial não seja explorado de forma eficiente. Esses obstáculos relacionam-se principalmente à falta de posicionamento político da ONG, à falta de orientação política aos voluntários, à ausência de questionamentos mais profundos sobre as questões que buscam combater e também ao desencontro entre o discurso de erradicação da pobreza e as ações propostas
Título em inglês
Volunteering and political participation: the case of NGO Teto
Palavras-chave em inglês
NGO Teto
Political consciousness
Political paticipation
Volunteering
Volunteers
Resumo em inglês
Volunteering is an old practice that nowadays unfolds in very distinct ways from the informal charity and mostly religious forms which used to prevail until some decades ago. As a contemporary society product, volunteering is now immersed in a complex institutionalization process. It has been redefined and gathered new values, related to social change and political participation while gets increasingly distant from charity speech and assistentialism. In this study, we seek to understand how taking part in this new formal volunteering, as a colective action, can contribute to a more participative political culture, from volunteers' political awareness. NGO Teto is our case study. It is based in Latin America and the Caribbean and best represents the new volunteering as a social phenomenon. Aiming at habitation issues and at overcoming poverty, the NGO has attracted millions of university students. We take as reference the theoretical thoughts of political psychology authors, especially Salvador A. M. Sandoval's Analytical Model of Political Consciousness. This way, we have tried to comprehend the social and psycological dimensions that form the volunteers' political consciousness, their willingness to act in accordance to it and its bonds to the social activities they develop at the NGO. In the analysis, we have found a model of volunteering that is still very close to charity, but with great potential of critical formation, especially as a result of volunteers' experiences in poor communities. On the other hand, we have found out issues that are obstacles to a more critical political sonsciousness, which consequently turns this potential inexplored efficiently. The obstacles are mostly related to the NGO's lack of guidance and political positioning, the absence of deeper questioning about the problems the NGO and volunteers work to solve, as well as the clash between the discourse of poverty eradication and the proposed actions
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2018-03-27
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.