• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.100.2013.tde-04112013-162810
Documento
Autor
Nome completo
Ana Paula Gouveia Valdiones
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2013
Orientador
Banca examinadora
Pereira, Diamantino Alves Correia (Presidente)
Costa, Rosangela Calado da
Soares, Tatiane Aparecida
Título em português
Panorama da agricultura urbana e periurbana no município de São Paulo
Palavras-chave em português
Agricultura urbana e periurbana
Município de São Paulo
Políticas públicas.
Resumo em português
Em muitas cidades e centros urbanos de países em desenvolvimento, a expansão da urbanização é acompanhada pelo aumento da pobreza urbana, segregação socioespacial, degradação ambiental, dentre outros elementos que têm se configurado como desafios à gestão urbana. Diante desse cenário, tem-se destacado a Agricultura Urbana e Periurbana (AUP) como uma estratégia que auxilia em situações de exclusão social e insegurança alimentar de famílias pobres, bem como uma atividade capaz de melhorar a qualidade ambiental das cidades onde é desenvolvida. Recentemente, políticas públicas e outras ações voltam-se à AUP em São Paulo, buscando o desenvolvimento dessa atividade. O município conta com mais de 440 unidades de produção agropecuárias (UPAs), localizados principalmente nas zonas norte, leste e sul, ocupando uma área aproximada de 5.000 hectares. No entanto, ainda são poucas as informações sistematizadas sobre as características da atividade agrícola e dos produtores urbanos e periurbanos paulistanos. Sendo assim, a presente pesquisa buscou evidenciar os atributos da AUP praticada em São Paulo, destacando elementos das UPAs e aspectos socioeconômicos dos agricultores, levantados por meio da análise documental, sobretudo a tabulação e análise de 402 questionários aplicados pelo poder local, e entrevistas com atores-chave. Além disso, selecionamos duas UPAs para avaliar a sustentabilidade desses agroecossistemas, a partir de elementos extraídos do marco metodológico MESMIS. Os resultados indicam que as práticas agropecuárias que ocorrem no território municipal são bastante heterogêneas e parte delas ainda desconhecidas. As UPAs que estão, em sua maioria, em áreas periféricas do município tem grande potencial em desempenhar funções sociais e ambientais, além de produtivos. Entretanto, é necessário que a abrangência das políticas públicas e ações do poder local seja ampliada, fortalecendo a AUP realizada no município.
Título em inglês
Panorama of urban and peri-urban agriculture in São Paulo
Palavras-chave em inglês
Public policies
São Paulo
Urban and periurban agriculture
Resumo em inglês
In many cities and towns in developing countries, the expansion of urbanization is accompanied by an increase in urban poverty, socio-spatial segregation, environmental degradation, among other elements that are characterized as challenges to urban management. Given this scenario, it has been highlighted and Peri-Urban Agriculture (UPA) as a strategy that helps in situations of social exclusion and food insecurity of poor households, as well as an activity that can improve the environmental quality of cities where it is developed. Recently, public policy and other actions back to the AUP in São Paulo, seeking the development of this activity. The city has more than 440 agricultural production units (APUs), mainly located in areas north, east and south, covering an area of approximately 5,000 hectares. However, there are few systematic information on the characteristics of agriculture and urban and peri-urban producers. Thus, the present study sought to highlight the attributes of UPA practiced in Sao Paulo, highlighting elements of APUs and socioeconomic aspects of farmers, raised through documentary analysis, especially the tabulation and analysis of 402 questionnaires administered by local, and interviews with key actors. In addition, two APUs selected to assess the sustainability of these agroecosystems, from elements extracted from the methodological framework MESMIS. The results indicate that farming practices that occur in the municipal area are very heterogeneous and some of them still unknown. APUs that are mostly in outlying areas of the city has great potential in environmental and social functions, as well as productive. However, it is necessary that the scope of public policies and actions of local power is increased, strengthening the AUP held in the city.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Valdiones_2013.pdf (14.79 Mbytes)
Data de Publicação
2015-03-27
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.