• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.100.2016.tde-14032016-234858
Documento
Autor
Nome completo
Ricardo Brito Almeida
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2016
Orientador
Banca examinadora
Mendizabal Alvarez, Francisco Javier Sebastian (Presidente)
Mendes, Francisca Dantas
Pereira, Carlos de Brito
Robic, André Ricardo
Título em português
As diferenças do supply chain de moda entre as coleções tradicionais e o fast fashion: um estudo dos desafios e ações empreendidas pelas empresas têxteis que atuam no início da cadeia produtiva de moda
Palavras-chave em português
Cadeia têxtil
Fast fashion
Moda tradicional
Supply chain
Resumo em português
O estudo consiste em analisar as diferenças do supply chain de moda entre as coleções tradicionais e o fast fashion, identificando os desafios e ações empreendidas pelas empresas têxteis que atuam no início da cadeia produtiva de moda. Tomando como base a literatura sobre as gestões da cadeia produtiva de moda e as mudanças ocorridas no mercado, identificou-se a contradição no tempo de aprovisionamento no que diz respeito às etapas de produção entre a moda tradicional e o fast fashion, termo em inglês, traduzido como moda rápida. As análises e comparações entre as gestões da cadeia produtiva de moda compreendem como esses dois sistemas atuam no mercado. Por um lado, existem as empresas de moda programada tradicional que pelo conceito e o tempo utilizado para o desenvolvimento de suas coleções funcionam como uma forma de imposição do consumo de seus produtos, já o modelo fast fashion pode ser interpretado como uma resposta do mercado consumidor. Com isso, a necessidade de diminuir o time to market para reduzir o risco exige encontrar soluções produtivas adequadas. A partir de uma revisão de literatura e de uma pesquisa exploratória, foi possível identificar como o setor têxtil, que atua no início da cadeia produtiva de moda, corresponde às diferenças de supply chain entre as coleções tradicionais e o fast fashion
Título em inglês
The supply chain differences between traditional collections and the Fast Fashion: a study from the challenges and the undertaken actions by textile companies that act in the beginning of fashion productive chain.
Palavras-chave em inglês
Fast fashion
Supply chain
Textile chain
Traditional fashion
Resumo em inglês
This study consists on analyzing the supply chain differences between the traditional collections and the fast fashion, identifying the challenges and the undertaken actions by textile companies that act in the beginning of fashion productive chain. Taking as a base the literature on fashion productive chain management and the market changes, the contradiction on provision time was identified about the production levels between the traditional fashion and the fast fashion. The analysis and comparisons between fashion productive chain management comprehend on how theses both methods act on market. On the one hand there are the scheduled traditional fashion companies that through conception and the used time to develop their collection, it works as imposition consumption for their products, whereas the fast fashion way can be seen as the customer reply. Therewith, there is a need to reduce the time to market to decrease the risk new productive solutions must be found. From a literature review and a deep research, it was possible to identify how the textile sector, which operates at the beginning of the production chain fashion, corresponds to the supply chain differences between traditional collections and the fast fashion
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2016-04-18
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.