• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.100.2014.tde-01032015-191056
Documento
Autor
Nome completo
Mónica Marcela Zuluaga Ramirez
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2015
Orientador
Banca examinadora
Ferreira, Fernando Fagundes (Presidente)
Alves, Domingos
Sarti, Flávia Mori
Título em português
Estudo da interação entre médicos e pacientes para um plano de saúde privado
Palavras-chave em português
Modelagem baseada em agentes
Renda alvo
Seguro-saúde privado
Variabilidade na prática médica
Resumo em português
O presente trabalho aborda o problema da variabilidade da prática médica, entendida como as variações sistemáticas na utilização de um procedimento médico ou cirúrgico após terem sido descartadas como causas as diferenças entre as populações e os pacientes. Teoricamente se espera que o comportamento dos médicos seja uniforme, isto é, que frente a uma população fixa, a taxa de encaminhamento dos médicos a procedimentos diagnósticos ou tratamentos hospitalares seja muito parecida, mas na realidade a taxa de encaminhamento segue uma distribuição que da conta dá variabilidade na prática médica. A partir do banco de dados de uma seguradora de saúde colombiana, foi realizada uma vasta análise estatística que permitiu encontrar variáveis importantes para a abordagem do problema. Dentre as variáveis estudadas, mereceram destaque a distribuição de pacientes atendidos pelos médicos (concentração) e a taxa de encaminhamento para cirurgia. O trabalho procura, a partir de simulação computacional, utilizando modelagem baseada em agentes, reproduzir as funções de distribuição empíricas referentes a concentração e a taxa de encaminhamento para procedimentos cirúrgicos. O modelo está baseado na hipótese econômica da renda alvo, teoria da sociologia dos grupos e em dados empíricos.
Título em inglês
Study of interaction between physicians and patient for health insurance plan
Palavras-chave em inglês
Agent-based modelling
Health insurance
Target income
Variability in medical practice
Resumo em inglês
This study addresses the problem of medical practice variation (MPV), which is the presence of variation in the use of a medical procedure that is not explained by environmental, demographic or epidemiological differences. Theoretically, it is expected that the behavior of physicians were uniform for a fixed population, the rate of remission for diagnostic procedures or hospital treatment must be very similar, but in practice the remission rate follows a distribution that account the variability in medical practice. We used the data base of a Colombian health insurance company. Statistical analysis found important variables to approach the problem as: distribution of patients seen by the physician (concentration) and the rate of referral for surgery.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
mZuluagacorrigida.pdf (1.93 Mbytes)
Data de Publicação
2015-06-17
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.