• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.100.2019.tde-31012019-181148
Documento
Autor
Nome completo
Ticiana Sá da Justa
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2019
Orientador
Banca examinadora
Nishijima, Marislei (Presidente)
Delgado, Karina Valdivia
Miyazaki, Silvio Yoshiro Mizuguchi
Sartoris Neto, Alexandre
Título em português
O consumo de filmes em cinemas no Brasil: uma análise de florestas aleatórias
Palavras-chave em português
Análise de consumidores
Cinema
Diferença em Diferenças
Filmes
Florestas aleatórias
Internet banda larga
Mineração de dados
Perfil de consumidores
Resumo em português
Baseado em dois momentos distintos da realidade brasileira, os anos de 2002/03 e 2008/09, este estudo busca avaliar se houve mudança no perfil dos consumidore de filmes em salas de cinema, por meio de variáveis observáveis de indivíduos consumidores e não consumidores. Para esta finalidade são empregadas técnicas de mineração de dados de florestas aleatórias sobre os microdados das Pesquisas de Orçamentos Familiares (POFs) de 2002/2003, quando o uso de banda larga no Brasil era praticamente nulo, e de 2008/2009, quando esta já estava estabelecida no país. Esta diferença no tempo e de acesso à banda larga proporcionam uma janela de oportunidade para nosso objetivo, dado o elevado grau de mudanças tecnológicas do período investigado. Apesar de metodologicamente não ser possível isolar completamente o efeito do acesso à Internet sobre o consumo de cinema, espera-se que quanto maior a velocidade de acesso e maior a evolução das tecnologias de compactação de arquivos, a distribuição de conteúdo aumente na rede e permita maior consumo de filmes de maneira alternativa ao em salas de cinema. Neste contexto, além de identificar se houve alguma mudança de perfil dos consumidores de filmes em salas de cinema no Brasil após a popularização da banda larga no país, que oficialmente pode ser considerada no ano de 2006, também avaliamos se estes consumidores diferem significativamente dos não consumidores em suas características observáveis. Adicionalmente, num segundo estudo, usando um modelo de intervenção de Diferenças em Diferenças, investigamos o efeito da banda larga sobre o consumo de cinema. Os resultados apontam divergência clara entre os perfis de consumidores e não consumidores de filmes de cinema.
Título em inglês
Movies' consumption in Brazil: a random forests analysis
Palavras-chave em inglês
Broadband
Cinema
Consumer profile analysis
Consumer profiling
Consumption
Data mining
Diferences in Diferences
Movies
Random forests
Resumo em inglês
I investigate whether film at theaters consumers in two distinct time are different in their observable characteristics. My investigation is based on observable variables of consumers and non-consumers data from the Family Budget Survey (POF) of 2002/2003, when the use of broadband in Brazil was almost nil, and from 2008/2009, when it already was established in the country. This change in addition to the high degree of technological changes over the period provides a window of opportunity for our objective. Although methodologically it is not possible to full isolate the effect of Internet access on film consumption, it is expected that the higher the user access speed and the greater the evolution of file compression technologies, the faster and bigger will be the traffic of films files on the web. Accordingly, the greater distribution of content on the network enables the consumption of films in alternative ways to movie theaters. Thus, in addition to identifying possible changes in the profile of movie consumers at the theaters in Brazil since the popularization of broadband in the country, which can officially be considered in the year 2006, the study assess whether these consumers differ significantly from not consumers in their observable characteristics. The results points to several distinctions between cinema consumers and no cinema consumers
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2019-03-13
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.