• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.100.2016.tde-02022016-012253
Documento
Autor
Nome completo
Marcos de Freitas Junior
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2016
Orientador
Banca examinadora
Fantinato, Marcelo (Presidente)
Brandão, Anarosa Alves Franco
Eler, Marcelo Medeiros
Souza, Gleison dos Santos
Título em português
Melhoria na consistência da contagem de pontos de função com base na Árvore de pontos de função
Palavras-chave em português
Análise de Pontos de Função
Análise de Pontos de Função baseada em Árvore de Pontos de Função
APF
APF-A
Confiabilidade de APF
Medições funcionais
Resumo em português
Análise de Pontos de Função (APF) é uma das medidas usadas para obter o tamanho funcional de um software. Determinou-se, no Brasil, que toda contratação pública de desenvolvimento de software deve usar APF. Entretanto, uma das principais críticas realizadas a APF diz respeito à falta de confiabilidade entre diferentes contadores em uma mesma contagem já que, segundo alguns pesquisadores, as regras de APF são subjetivas, obrigando que cada contador faça interpretações individuais a partir delas. Existem diversas propostas para que se possa aumentar a confiabilidade dos resultados gerados com APF. Em geral, as abordagens propostas realizam mapeamentos entre componentes de artefatos desenvolvidos no ciclo de vida de software com os conceitos de APF. Porém, tais propostas simplificam em mais de 50% as regras previstas em APF comprometendo a validade dos resultados gerados pelas contagens. Como o tamanho do software é usado na derivação de outras medidas, inconsistências nos tamanhos medidos podem comprometer as medidas derivadas, o que influência negativamente nas decisões tomadas. Sem padronização dos tamanhos funcionais obtidos e consequentemente sem confiabilidade dos resultados obtidos, medidas derivadas a partir do tamanho funcional, como custo e esforço, podem estar comprometidas, fazendo com que ela não ajude a influenciar positivamente tais projetos. Diante desse contexto, o objetivo deste trabalho é desenvolver e avaliar experimentalmente uma abordagem para oferecer maior padronização e sistematização na aplicação de APF. Para isso, propõe-se incorporar o artefato Árvore de pontos de função ao processo de APF. Sua inclusão possibilitaria o levantamento de dados adicionais, necessários à contagem de pontos de função, reduzindo a ocorrência de interpretações pessoais do contador, e consequentemente, a variação de tamanho reportado. A abordagem foi denominada como Análise de Pontos de Função baseada em Árvore de Pontos de Função (APF-APF). Este trabalho baseia-se no método de pesquisa Design Science, cujo objetivo é estender os limites do ser humano e as capacidades organizacionais, criando novos artefatos que solucionem problemas ainda não resolvidos ou parcialmente resolvidos; que neste trabalho, trata-se da falta de confiabilidade na aplicação de APF devido à sua margem para diferentes interpretações. APF-APF foi testada com 11 Analistas de Sistemas / Requisitos que, baseados na especificação de um software de Recursos Humanos medido oficialmente pelo IFPUG com 125 pontos de função, modelaram a Árvore de pontos de função de modo manual ou automatizado via protótipo de ferramenta desenvolvido. Os resultados obtidos indicam que os tamanhos funcionais calculados com APF-APF possuem coeficiente de variação, respectivamente de 10,72% em relação a confiabilidade e 17,61% em relação a validade dos resultados de medição gerados. Considera-se que a abordagem APF-APF mostrou potencial para que melhores resultados possam ser obtidos. Verifica-se que a principal causa das variações observadas estava relacionada a ausência de informações requeridas para a Árvore de pontos de função, não tendo sido identificado nenhum problema específico em relação as regras definidas para APF-APF. Por fim, verificou-se que o uso do protótipo de ferramenta desenvolvido aumenta em até 47% a eficiência na contagem de pontos de função quando comparado com APF-APF manual
Título em inglês
Improvement in the consistency of function point counting based on the Function Points Tree
Palavras-chave em inglês
FPA
FPT-FPA
Function Point Analysis
Function Point Tree-based Function Point Analysis
Functional Metrics
Reliability of FPA
Resumo em inglês
Function point analysis (FPA) is one of the measures used to achieve the functional size of software. It was determined, in Brazil, public procurement of software development should use FPA. However, one of the main criticisms made the FPA concerns the lack of reliability between different counters on the same count that, according to some researchers, the FPA rules are subjective, requiring that each counter do individual interpretations from them. There are various proposals in order to increase the reliability of the results generated with FPA. In General, the proposed approaches perform mappings between artifacts developed components in software life cycle with the concepts of FPA. However, such proposals simplify in more than 50% the rules laid down in FPA compromising the validity of the results generated by the scores. As the size of the software is used in the derivation of other measures, inconsistencies in sizes measured may compromise the measures derived, which negatively influence the decisions taken. Without standardization of functional sizes obtained and consequently without reliability of the results obtained, derived from measures of functional size, cost and effort, may be compromised, causing it to not help to positively influence these projects. In this context, the objective of this work is to develop and experimentally evaluate one approach to offer greater standardization and systematization in the implementation of FPA. For this, it is proposed to incorporate the artifact "function point Tree" to the FPA process. Its inclusion would allow additional data collection necessary for function point count, reducing the occurrence of personal interpretations of the counter, and consequently, the variation of size reported. The approach was called as Function Point Tree-based Function Point Analysis (FPT-FPA). This work is based on the method of Design Science research, whose goal is to extend the limits of the human and organizational capacities, creating new artifacts to troubleshoot unresolved or still partially resolved; in this work, it is the lack of reliability in application of FPA because of its scope for different interpretations. FPT-FPA were tested with 11 Systems analysts / requirements analysts, based on the specification of a human resources software measured by the IFPUG with 125 points, have modeled the function point Tree manually or via automated tool prototype developed. The results obtained indicate that the functional sizes calculated with FPT-FPA have coefficient of variation, respectively of 10.72% for reliability and 17.61% in relation to the validity of the measurement results generated. The FPA approach showed potential for better results can be obtained. It turns out that the main cause of the variations observed were related to the absence of information required for the tree of function points have not been identified any particular problem regarding the rules defined for FPT-FPA. Finally, it was found that the use of a prototype tool increases by up to 47% on efficiency function point count when compared to FPT-FPA manual
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2016-02-22
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.