• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.10.2008.tde-19012009-101326
Documento
Autor
Nome completo
Lenin Arturo Villamizar Martinez
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2008
Orientador
Banca examinadora
Pinto, Ana Carolina Brandão de Campos Fonseca (Presidente)
Gebrim, Eloisa Maria Mello Santiago
Gioso, Marco Antonio
Título em português
Determinação do trajeto do canal mandibular por meio de tomografia computadorizada em mandíbulas de cadáveres de Canis familiaris braquicefálicos e mesatecefálicos
Palavras-chave em português
braquicefálicos
Cães
Cães mesaticefálicos
Canal mandibular
Odontologia veterinária
Tomografia computadorizada
Resumo em português
Sabe-se que para determinados procedimentos cirúrgicos em Odontologia, como a exodontia, a cirurgia ortognática, cirurgia ortopédica, cirurgia de neoplasias e a colocação de implantes dentários, é importante conhecer a localização exata do trajeto do canal mandibular (CM) que contém o feixe vasculonervoso. O objetivo desta pesquisa foi determinar por meio da tomografia computadorizada (TC) o trajeto do canal mandibular através da mandíbula com relação as suas faces (vestibular, lingual e ventral), a crista alveolar e as raízes dentárias em duas classes de crânios de cães. Assim, foram avaliados 10 crânios de cadáveres de cães mesaticefálicos e 10 crânios de cadáveres de cães braquicefálicos no Serviço de Diagnóstico por Imagem do Hospital Veterinário da Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia da Universidade de São Paulo. Os tomogramas foram realizados no plano transversal tomando como referência para cada corte as raízes dentárias. No tomógrafo foram mensuradas as distâncias do canal mandibular até as faces vestibular, lingual, ventral e crista alveolar da mandíbula. As medidas coletadas foram submetidas à análise estatística que indicou que o trajeto do canal mandibular foi similar nos dois tipos de crânios. Observou-se que o canal mandibular desce suavemente desde o forame mandibular acompanhando o formato da mandíbula em direção à região dos dentes molares, onde alcança a sua máxima profundidade junto ao 1o molar e 4o pré-molar, continua rostralmente aumentando ligeiramente a distância com relação a borda ventral da mandíbula justo antes de terminar no forame mentoniano. O canal mandibular localizou-se em contato ou muito próximo da cortical lingual da mandíbula desde o forame mandibular até a região dos dentes molares, assim, continuou rostralmente ocupando a região ventral do corpo da mandíbula mantendo-se eqüidistante entre a superfície vestibular e lingual. Já na região do dente 3o pré-molar o canal mandibular originou o forame mentoniano caudal na face vestibular da mandíbula antes de incrementar ligeiramente a sua distância em relação a face ventral e lingual da mandíbula, para terminar assim no forame mentoniano médio na face vestibular, ventral à raiz mesial do dente 2o pré-molar.
Título em inglês
Determination of the mandibular canal course by means of computerized tomography in mandibles of brachycephalic and mesaticephalic Canis familiaris
Palavras-chave em inglês
Brachycephalic dogs
Computed tomography
Mandibular canal
Mesaticephalic dogs
Veterinary dentistry
Resumo em inglês
For some surgical procedures in dentistry, as the exodontia, the orthognathic surgery, orthopedic surgery, oral neoplasm resection, and the dental implants placement, it is important to know the accurate localization of the mandibular canal (MC), which contains the vascular and nerve package. The aim of this research was to determine the course of the mandibular canal through the mandible with relation to the structures that surround it (lingual surface, vestibular surface and ventral surface), alveolar crest and dental roots in two kinds of dog skulls by means of computerized tomography (CT). For that, 10 skulls of mesaticephalic dogs and 10 skulls of brachycephalic dogs were evaluated in the Image Diagnosis Service of the Veterinary Hospital of the Veterinary and Zootechny School of the São Paulo University. In order to determine the localization of the canal passage in the mandible, measures were taken, in relation with: lingual surface, vestibular surface, ventral mandible surface and alveolar crest with CT help. The measurements were submitted to statistical analysis and showed that the mandibular canal course was similar in brachycephalic and mesaticephalic dogs, the measurements indicated that the mandibular canal descends slightly from the mandibular foramen to the molar area, slightly closer to the lingual surface than the vestibular surface until the molar region. The MC continues rostrally occupying the ventral region of the mandible body, reaching its maximum depth in relation with the alveolar crest border at the level of the 1st molar and 4th premolar teeth area. In the 4th and 3rd premolar region the MC maintains a similar distance between the vestibular and lingual border. At the level of the 3rd premolar the MC originates the mental caudal mental foramen before increases the distance in relation with the lingual and ventral border just before its termination at the medial mental foramen on the vestibular surface, ventral to the 2nd premolar roots.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2009-04-03
 
AVISO: O material descrito abaixo refere-se a trabalhos decorrentes desta tese ou dissertação. O conteúdo desses trabalhos é de inteira responsabilidade do autor da tese ou dissertação.
  • GHIRELLI, C. O., VILLAMIZAR MARTINEZ, L. A. , and PINTO, A. C. B. C. F/FONSECA PINTO, A.C.B.C./FONSECA, A.C. B. Comparison of computed tomography and radiography for evaluation of maxillary tumours in dogs. Veterinary Radiology and Ultrasound, 2010, vol. 51, p. 197-197.
  • VILLAMIZAR MARTINEZ, L. A., et al. Determination of the mandibular canal by means of computed tomography of brachycephalic and mesaticephalic Canis familiaris. In Congress of the International Veterinary Radiology Association, 15., Búzios, RJ, Brasil, 2009. Final Program of 15th Congress of the IVRA., 2009. Abstract.
  • CARVALHO, Vanessa Graciela Gomes, et al. Uso da radiologia digital intraoral na odontologia veterinária. In Congresso Paulista de Clínicos Veterinários de Pequenos Animais, 8., São Paulo, SP, Brasil, 2008. Anais do VIII Congresso Paulista de Clínicos Veterinários de Pequenos Animais., 2008. Resumo.
  • GHIRELLI, C. O., VILLAMIZAR MARTINEZ, L. A. , and PINTO, A. C. B. C. F/FONSECA PINTO, A.C.B.C./FONSECA, A.C. B. Comparison of computed tomography and radiography for evaluation of maxillary tumours in dogs. In Congress of the International Veterinary Radiology Association, 15., Búzios, RJ, Brasil, 2009. Final Program of 15th Congress of the IVRA., 2009. Abstract.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.