• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.10.2008.tde-14042008-132446
Documento
Autor
Nome completo
Edson Azevedo Simões
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2008
Orientador
Banca examinadora
Jatene, Fabio Biscegli (Presidente)
Bernardo, Wanderley Marques
Fantoni, Denise Tabacchi
Monteiro, Rosangela
Stopiglia, Angelo João
Título em português
Viabilidade da pnemonectomia direita em cães (Canis falimilaris): uma avaliação paramétrica, hemogasométrica, ecocardiográfica, radiográfica, broncoscópica e da mecânica respiratória
Palavras-chave em português
Cães
Cirurgia
Pneumonectomia
Pulmão
Pulmão (Cirurgia)
Resumo em português
Em cães, a comprovação da real viabilidade da pneumonectomia direita, bem como, o estudo das complicações resultantes deste procedimento cirúrgico, tornam-se importantes diante da pequena quantidade de estudos na literatura específicos sobre pneumonectomia nesta espécie. O objetivo deste trabalho foi realizar um estudo experimental para avaliar a viabilidade da pneumonectomia direita em cães, através da avaliação paramétrica, hemogasométrica, ecocardiográfica, radiográfica, broncoscópica e da mecânica respiratória. Foram utilizados 10 cães, sadios, machos e fêmeas, adultos, sem raça definida, pesando entre 13 e 32 kg. Todos os cães foram submetidos à intubação seletiva e toracotomia direita no 5º espaço intercostal, onde foi realizada a pneumonectomia. Foi realizado estudo temporal aos sete, 30 e 60 dias de pós-operatório, onde foi feita avaliação ecocardiográfica, radiográfica e broncoscópica. A avaliação paramétrica e hemogasométrica foi realizada antes da indução anestésica, uma hora após extubação, 48 horas, sete, 30 e 60 dias após o procedimento cirúrgico. A avaliação da mecânica respiratória foi realizada antes da indução anestésica, durante a cirurgia, 48 horas, sete, 30 e 60 dias após o procedimento cirúrgico. Estas avaliações foram consideradas importantes para determinar as possíveis complicações relacionadas com a técnica anestésica, cirúrgica, assim como, as complicações resultantes deste procedimento cirúrgico. Os resultados encontrados foram analisados estatisticamente. Apesar das alterações dos índices paramétricos, hemogasométricos e da mecânica respiratória, todos os cães apresentaram compensação das trocas gasosas após retirada do pulmão direito. Em relação a avaliação da mecânica respiratória, os volumes pulmonares não se modificam de maneira acentuada. Ocorreu aumento das pressões de pico e resistência das vias aéreas devido ao emprego da sonda de duplo lúmen e ressecção pulmonar. Não houve diferença significativamente estatística nos níveis da pressão sistólica e média no tronco pulmonar. Entretanto, alguns cães apresentaram hipertensão pulmonar leve e transitória, sendo que o período de maior incidência foi aos 30 dias de pós-operatório. A fração de ejeção do ventrículo direito manteve-se normal durante o estudo. No entanto, nos mesmos cães que apresentaram hipertensão pulmonar, houve diminuição significativa da fração de ejeção do ventrículo direito aos 60 dias de pós-operatório. Na avaliação radiográfica, observamos que a expansão do pulmão remanescente causou deslocamento do coração e pulmão para hemitórax direito. Nas imagens broncoscópicas pós-operatórias não foram observadas quaisquer sinais de infecção, deiscência, fístula e estenose da sutura em coto brônquico. Concluiu-se que a realização da pneumonectomia direita é plenamente viável no cão, permitindo evolução paramétrica, hemogasométrica, ecocardiográfica, radiográfica, broncoscópica e da mecânica respiratória satisfatória em todos os cães.
Título em inglês
Viability of right pneumonectomy in the dogs (Canis familiaris): a parametric, hemogasometric, echocardiographic, radiographic, broncoscopic and respiratory mechanical evaluation
Palavras-chave em inglês
Dogs
Lung
Lung (Surgery)
Pneumonectomy
Surgery
Resumo em inglês
In dogs, the evidence of the viability of right pneumonectomy, as well as the study of the complications resulting from surgical procedure, are very important against the small quantity of specific studies on pneumonectomy in this species. The objective of this project was carrying out an experimental study to evaluate the viability of right pneumonectomy in dogs, through parametric, hemogasometric, echocardiographic, radiographic, broncoscopic and mechanical respiratory evaluation. Ten adult mongrel, healthy dogs, both male and female were utilited weighing from 13 to 32 kg. The dogs were submitted to selective intubation and right thoracotomy at the 5th intercostal space, where the pneumonectomy was performed. A temporal study was made in 7, 30 and 60 days after the surgery, where echocardiographic, radiografic and bronchoscopic evaluation were done. The parametric and hemogasometric evaluations was made before anesthetic induction, one hour after extubation, in 48 hour, seven, 30 and 60 days after the surgical procedure. The mechanical respiratory evaluation was before anesthetic induction, during surgery, 48 hour, seven, 30 and 60 days after the surgical procedure. These evaluations were considered important to determine the probable complications connected to the anesthetic, surgical techniques, as well as the resulting complications from these procedures. The results were analyzed statistically. Besides the alterations of the parametric, hemogasometric and mechanical respiratory rates, all the dogs presented compensations on the gaseous exchanges after removing right lung. Regarding the mechanical respiratory evaluation, the pulmonary volume has not changed accentually. There was an increase of the peak pressures and resistance of the respiratory tract due to the use of a double lumen probe and lung ressection. There wasn't any significant statistically difference on the levels of systolic and average pressure on the pulmonary trunk. However, some dogs showed light and transitory pulmonary hypertension, and the highest occurrence period happened 30 days after surgery. The fraction of ejection of the right ventricle remained normal during the study. However, at the same dogs who presented pulmonary hypertension, there was a significant decrease of the fraction of the right ventricle 60 days after surgery. On the radiographic evaluation, we have observed that the expansion of the remaining lung caused heart and lung displacement to the right hemithorax. Any signs of infection, dehiscence, fistula or suture stenosis in the main right bronchial stump were observed on the post-operative bronchoscopic images. It follows that the right pneumonectomy is completely feasible the dogs, allowing a parametric, hemogasometric, echocardiographic, radiographic, bronchoscopic and mechanical respiratory satisfactory evaluation in all the dogs.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2008-04-15
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.