• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.10.2014.tde-05012015-113509
Documento
Autor
Nome completo
Maria Fernanda Cerniawsky Innocencio Rizzo
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2014
Orientador
Banca examinadora
Fantoni, Denise Tabacchi (Presidente)
Ferrigno, Cassio Ricardo Auada
Kahvegian, Marcia Aparecida Portela
Título em português
Emprego do ácido tranexâmico em cães submetidos à osteotomias corretivas
Palavras-chave em português
Ácido tranexâmico
Anestesia
Perda sanguínea
Resumo em português
A pressão sanguínea é responsável pela manutenção de importantes funções corpóreas. Uma perda de sangue que leve à queda brusca dessa pressão resulta em ineficiente perfusão tecidual e, consequentemente, em déficit de oxigênio e acúmulo de metabólitos. Quando em excesso, a perda sanguínea pode levar o paciente ao choque e a complicações anestésicas e cirúrgicas. O uso de um fármaco antifibrinolítico, como o ácido tranexâmico, pode minimizar o sangramento transoperatório, e é preferível à transfusão sanguínea. Este composto já é amplamente utilizado em cirurgias ortopédicas humanas, que apresentam alto grau de sangramento e geralmente requerem a transfusão sanguínea. O objetivo deste trabalho é avaliar a eficácia da utilização do ácido tranexâmico em cães submetidos a cirurgias com grande potencial de perda sanguínea. Foram incluídos 21 cães com ruptura de ligamento ou luxação de patela, com necessidade de osteotomia corretiva, distribuídos em 2 grupos. O primeiro grupo recebeu ácido tranexâmico em bolus, no momento da indução, na dose de 10 mg/kg seguido de infusão contínua na taxa de 1 mg/kg/hora já o segundo recebeu solução salina 0,9% no volume correspondente ao volume do fármaco. A estimativa da perda sanguínea foi feita através da pesagem dos campos cirúrgicos, compressas e gases quando secos e, posteriormente, quando embebidos em sangue, além disso foram dosadas a concentração sérica de lactato, tempos de coagulação, hemograma e hemogasometria, nos dados momentos: TB (basal), T1 (1 hora após a indução anestésica) e T2 (imediatamente ao final do procedimento cirúrgico). Utilizou-se análise de variância para medidas repetidas (ANOVA), seguido pelos testes de Tukey e t-Student, valores de p<0,05 expressam diferença estatística. Não houve diferença estatística entre os grupos em relação a nenhum dos parâmetros avaliados exceto as idades dos animais que foram significativamente mais velhos no grupo GSF quando comparados ao grupo GAT, também não houve diferença em relação à quantidade de sangue perdida nos diferentes grupos. Sendo assim, o ácido tranexâmico não foi eficaz em diminuir a perda sanguínea em cães submetidos a osteotomias corretivas.
Título em inglês
Use of tranexamic acid in dogs undergoing corrective osteotomy surgery
Palavras-chave em inglês
Anesthesia
Blood loss
Tranexamic acid
Resumo em inglês
Blood pressure is responsible for the maintenance of important body functions. A blood loss leading to low blood pressure results in ineffective tissue perfusion, oxygen deficit and accumulation of metabolites. When in excess, blood loss can lead to hypovolemic shock and surgical and anesthetic complications. The use of an antifibrinolytic drug, such as tranexamic acid, can minimize bleeding during surgery, and it is preferable to blood transfusion. This drug is widely used in human orthopedic surgery, with a high degree of bleeding wich often requires blood transfusion. The aim of this study is to evaluate the effectiveness of the use of tranexamic acid in dogs undergoing surgery with great potential of blood loss. 21 animals with ruptured cruciate ligament or patellar luxation, undergoing corrective osteotomy, were divided in 2 groups. The first group received tranexamic acid as a bolus, at the time of induction, at a dose of 10mg/kg followed by continuous infusion at the rate of 1mg/kg/hour. The second group, received saline solution 0.9% in volume corresponding to the volume of the drug. The estimation of blood loss was made by weighing the surgical drapes and gauzes when dry and then when soaked in blood, besides was dosed in addition serum lactate, coagulation times, blood count and blood gas analysis at three specific moments during the procedure: TB (baseline), T1 (1 hour after anesthesia induction) and T2 (immediatly before the end of procedure. Statistical analysis was performed by ANOVA for repeated measurements, followed by Tukey and t-Students test, values with p<0,05 were considered significant. There were no statistical difference between the groups regarding any of the parameters except the ages of the animals that were significantly older at the GSF group when compared to the GAT group. Regarding the blood loss, there were no difference as well. Therefore the tranexamic acid was not effective in reducing blood loss in dogs undergoing corrective osteotomies.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2015-01-26
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.