• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.10.2006.tde-31052007-163529
Documento
Autor
Nome completo
Fabio Celidonio Pogliani
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2006
Orientador
Banca examinadora
Birgel Júnior, Eduardo Harry (Presidente)
Araujo, Wanderley Pereira de
Marçal, Wilmar Sachetin
Título em português
Valores de referência e influência dos fatores etários, sexuais e da gestação no lipidograma de bovinos da raça Holandesa, criados no Estado de São Paulo
Palavras-chave em português
Bovinos
Gestação
Idade
Lipidograma
Sexo
Resumo em português
Com o intuito de estabelecerem-se os valores de referência do lipidograma, por meio da determinação de colesterol, triglicérides, ácidos graxos livres não esterificados (NEFA), β-Hidroxibutirato (β-HBO) e glicose de bovinos, da raça Holandesa, criados no Estado de São Paulo, bem como avaliar a influência dos fatores etários, sexuais e da gestação nos referidos parâmetros bioquímicos, foram colhidas e examinadas amostras de soro e plasma sangüíneo de 413 bovinos considerados clinicamente sadios. Para o estabelecimento dos valores de referência e avaliação da influência dos fatores etários foram colhidas 273 amostras de soro e plasma distribuídas em 7 subgrupos experimentais: G1 - 20 bezerras com até 3 meses; G2 - 20 bezerras entre 3 e 6 meses; G3 - 20 bezerras entre 6 e 12 meses; G4 - 40 novilhas entre 12 e 24 meses; G5 - 73 vacas entre 24 e 48 meses; G6 - 55 vacas entre 48 e 72 meses; G7 - 45 vacas com mais de 72 meses de idade. Para avaliar a influência dos fatores sexuais foram colhidas amostras de soro e plasma de 30 machos adultos e 30 fêmeas adultas. Para avaliar a influência da gestação e do puerpério foram colhidas 75 amostras de soro e plasma sangüíneo divididos em 5 subgrupos experimentais: G1 - 16 fêmeas não prenhes; G2 - 18 fêmeas na fase inicial da gestação, com até 3 meses de gestação; G3 -15 fêmeas prenhes, entre 3 e 6 meses de gestação; G4 - 15 fêmeas na fase final da gestação, entre 6 e 9 meses de gestação; G5 - 16 fêmeas recém-paridas, com até 30 dias de puerpério. Em decorrência à amamentação, observou-se que nos primeiros três meses de vida, o lipidograma dos bezerros apresentaram particularidades em alguns dos seus constituintes, pois os valores de colesterol e de glicose foram maiores, enquanto os de β-HBO foram menores do que os observados nos bezerros desmamados com idade variando entre 3 e 6 meses. Após a desmama, o lipidograma continuou a sofrer influência dos fatores etários, pois com o início da puberdade, após os 12 meses de idade, os teores séricos de colesterol aumentaram gradativamente atingindo o valor máximo entre 24 e 48 meses de idade, sendo que a partir desta faixa etária o colesterol deixou de sofrer influência dos fatores etários. Com relação à influência dos fatores etários observou-se, ainda, que os teores séricos de triglicérides encontrados em animais com idade maior do que 48 meses foram menores do que nos animais mais jovens e que os teores plasmáticos de glicose diminuíram gradualmente com o evoluir da idade. O lipidograma de bovinos sadios da raça Holandesa sofreu influência dos fatores sexuais pois os teores séricos de colesterol e β-HBO para machos adultos foram menores do que os teores encontrados para fêmeas adultas enquanto os teores plasmáticos de glicose obtidos para machos adultos foram maiores que os teores encontrados para fêmeas adultas. O lipidograma de fêmeas bovinas sadias da raça Holandesa sofreu influência da gestação pois os teores séricos de NEFA foram maiores no terço final de gestação enquanto os teores séricos de β - HBO foram maiores durante o terço inicial de gestação. Durante o puerpério observou-se a significativa influência desse fator nos constituintes do lipidograma, pois nos primeiros 30 dias após a parição verificou-se que os teores séricos de NEFA e β - HBO foram maiores enquanto que os teores de triglicérides foram menores nos animais paridos em relação àqueles que estavam em gestação. Diante dos resultados obtidos na presente pesquisa e considerando-se os seus fatores de variabilidade, recomenda-se, baseado nos intervalos de confiança, a adoção dos seguintes valores de referência para o lipidograma de bovinos da raça Holandesa, criados no Estado de São Paulo: teores séricos de colesterol - entre 86,5 e 120,8 mg/dL para bezerros lactentes com até 3 meses de idade; entre 46,3 e 79,7 mg/dL para bezerros desmamados com 3 a 12 meses de idade; entre 86,4 e 105,0 mg/dL para novilhas com 12 a 24 meses de idade; entre 116,0 e 147,9 mg/dL para vacas adultas com mais de 24 meses de idade; teores séricos de triglicérides - entre 16,3 e 34,8 mg/dL para animais com até 48 meses de idade; entre 14,9 e 24,0 mg/dL para animais com mais de 48 meses de idade; teores séricos de NEFA - entre 91,3 e 294,0 μM/L independente da faixa etária; teores séricos de β-HBO - entre 1,1 e 2,1 mg/dL para bezerros com até 3 meses de idade; entre 3,37 e 6,2 mg/dL para animais com mais de 3 meses de idade; teores plasmáticos de glicose - entre 75,1 e 88,3 mg/dL para bezerros lactentes com até 3 meses de idade; entre 64,0 e 76,1 mg/dL para animais jovens entre 3 e 24 meses de idade; entre: 60,6 e 67,2 mg/dL para vacas adultas com mais de 24 meses. Para machos adultos, com mais de 24 meses de idade, recomenda-se a adoção de valores de referência diferenciados para os seguintes constituintes do lipidograma: teores séricos de colesterol entre 73,9 e 90,2 mg/dL; teores séricos de β-HBO entre 3,1 e 3,6 mg/dL e teores plasmáticos de glicose entre 71,9 e 76,5 mg/dL. Os valores de referência apresentados anteriormente não devem ser utilizados para vacas que estejam no último mês de gestação e nos primeiros 45 dias de lactação, recomenda-se para este período a adoção de valores de referência específicos para animais na fase de periparto.
Título em inglês
Reference values and influence of age, gender and gestation on the lipid profile of Holstein cattle, bred in the state of São Paulo
Palavras-chave em inglês
Age
Bovine
Gender
Gestation
Lipid profile
Resumo em inglês
In order to establish the reference values for the lipid profile of Holstein cattle, bred in the state of São Paulo, we collected and analyzed samples of blood serum and plasma of 413 clinically healthy animals. We determined the concentrations of cholesterol, triglycerides, nonesterified fatty acids (NEFA), β-hydroxibutyrate (β-HBO) and glucose and analyzed the influence of age, gender and gestation on those biochemical parameters. The influence of age was studied through 273 samples of serum and plasma, divided in 7 experimental sub-groups: G1 - 20 heifer calves up to 3 months old; G2 - 20 heifer calves between 3 and 6 months; G3 - 20 heifer calves between 6 and 12 months; G4 - 40 heifers between 12 and 24 months; G5 - 73 cows between 24 and 48 months; G6 - 55 cows between 48 and 72 months; G7 - 45 cows with more than 72 months of age. The influence of gender was studied through serum and plasma of blood samples collected from 30 adult males and 30 adult females. The influence of gestation and puerperium was studied through serum and plasma from 75 animals divided into 5 experimental subgroups: G1 - 16 non pregnant females; G2 - 18 females in the initial phase of gestation, up to 3 months; G3 -15 pregnant females, with gestation between 3 and 6 months; G4 - 15 females in the last stage of gestation, between 6 and 9 months; G5 - 16 females soon after delivery, up to 30 days in puerperium. Due to lactation, we observed that in the first 3 months of life, the calves' lipid profile has particularities in some of its constituents, such as higher levels of cholesterol and glucose and lower levels of β-HBO, if compared to those observed in weaned calves between 3 and 6 months of age. After weaning, the lipid profile continued to be influenced by age; in the early stages of puberty, after 12 months of age, the serum cholesterol concentration increased gradually reaching its peak between 24 and 48 months - after this stage, the serum cholesterol concentration was no longer influenced by the animals' age. Also concerning the age, we observed that the serum triglyceride concentration in animals older than 48 months was lower than that of younger animals and the glucose concentration in the plasma diminished gradually with age. The lipid profile of healthy Holstein cattle was influenced by the gender of the animals. The serum concentrations of cholesterol and β-HBO for adult males were lower than those for adult females. The plasma glucose in adult males was higher than that in adult females. The lipid profile of healthy Holstein cows was influenced by gestation. The serum concentration of NEFA was higher in the last trimester of gestation while the serum concentration of β-HBO was higher in the first trimester of gestation. The puerperium had a significant influence on the lipid profile. In the first 30 days after delivery, the serum concentrations of NEFA and β-HBO were higher, while the triglycerides were lower when compared to those of cows during gestation. According to the results of this research and considering its variability factors, we suggest, based on the confidence interval, the use of the following reference values for the lipid profile of Holstein cattle bred in the state of São Paulo: serum cholesterol concentration - between 86.5 and 120.8 mg/dL for lactating calves up to 3 months old; between 46.3 and 79.7 mg/dL for weaned calves between 3 and 12 months; between 86.4 and 105.0 mg/dL for heifers between 12 and 24 months; between 116.0 and 147.9 mg/dL for adult cows older than 24 months; serum triglycerides concentration - between 16.3 and 34.8 mg/dL for animals up to 48 months; between 14.9 and 24.0 mg/dL for animals older than 48 months; serum NEFA concentration - between 91.3 and 294.0 μM/L regardless of the age; serum β-HBO concentration - between 1.1 and 2.1 mg/dL for calves up to 3 months old; between 3.37 and 6.2 mg/dL for animals older than 3 months; plasma glucose concentration - between 75.1 and 88.3 mg/dL for lactating calves up to 3 months old; between 64.0 and 76.1 mg/dL for animals between 3 and 24 months; between 60.6 and 67.2 mg/dL for adult cows older than 24 months. For adult males, older than 24 months, we suggest different reference values for the following constituents of the lipid profile: Serum cholesterol concentration between 73.9 and 90.2 mg/dL; serum β-HBO concentration between 3.1 and 3.6 mg/dL and plasma glucose concentration between 71.9 and 76.5 mg/dL. The reference values that were previously presented should not be used for cows in the last month of gestation and in the first 45 days of lactation. In this case, the reference values should be specific for animals around parturition.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2007-06-18
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.