• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.10.2014.tde-28072014-153256
Documento
Autor
Nome completo
Dácio de Castro Dias
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2014
Orientador
Banca examinadora
Belli, Carla Bargi (Presidente)
Foz Filho, Roberto Pimenta de Pádua
Gomes, Cristina de Oliveira Massoco Salles
Título em português
Hematologia e bioquímica sérica em muares
Palavras-chave em português
Bioquímica
Hematologia
Muares
Resumo em português
Os objetivos deste trabalho foram determinar valores hematológicos e bioquímicos para muares de três faixas etárias e compará-los com os das raças formadoras. Para o desenvolvimento do trabalho foram utilizados 288 animais, machos ou fêmeas, sendo: 10 jumentos, 30 éguas e 260 muares. Os muares foram divididos em três grupos: G1 (animais entre dois meses e um ano de idade), G2 (animais entre um e três anos de idade) e G3 (animais acima de três anos de idade). Foram realizadas as seguintes avaliações laboratoriais: hemograma, contagem de plaquetas, fibrinogênio, glicemia, ureia, creatinina, creatinoquinase, aspartato aminotransferase, gama glutamiltransferase, fosfatase alcalina, lactato desidrogenase, bilirrubinas, proteína total, albumina, triglicérides, colesterol, lactato, sódio, cloro, potássio, cálcio, fósforo, magnésio e ferro. Além do estabelecimento dos valores de referência do hemograma e bioquímica sérica para muares de três faixas etárias, conclui-se também que: hematologicamente os muares estão mais próximos dos asininos que dos equinos; há diferença significativa nos valores bioquímicos e hematológicos entre as faixas etárias; há influência sexual nos valores hematológicos e bioquímicos de maures, mas é clinicamente menos significativa do que a influência etária; o hemoparasita Theileria equi pode ser encontrado no esfregaço sanguíneo de um número significativo de muares, mesmo que estes não apresentem sintomatologia clínica.
Título em inglês
Hematology and serum biochemistry in mules
Palavras-chave em inglês
Biochemistry
Hematology
Mules
Resumo em inglês
The purpose of this study was to determine hematological and biochemical values of three age groups of mules and to compare them with the forming races. For the development of this study, it was used 288 animals, males or females, as follows: 10 donkeys, 30 mares and 260 mules. The mules were divided into three groups: G1 (animals between two months and one year old), G2 (animals between one and three years old) and G3 (animals above three years old). The following laboratory evaluations were performed: blood count, platelet count, fibrinogen, glucose, urea, creatinine, creatine kinase, aspartate aminotransferase, gamma glutamyl transferase, alkaline phosphatase, lactate dehydrogenase, bilirubin, total protein, albumin, triglycerides, cholesterol, lactate, sodium, chlorine, potassium, calcium, phosphorus, magnesium and iron. In addition to the establishment of reference values for blood count and serum biochemistry for mules of three age groups, it is also concluded that: hematologically, the mules are closer to donkeys than the horses; there is a significant difference in biochemical and haematological values between age groups; there is a sexual influence in the mules haematological and biochemical values, but it is clinically less significant than the age influence; the hemoparasite Theileria equi can be found in the blood smear in a significant number of mules, even if they do not show clinical symptoms.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Dacio_Castro_Dias.pdf (5.28 Mbytes)
Data de Publicação
2014-08-28
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.