• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.10.2011.tde-28052012-144230
Documento
Autor
Nome completo
Patricia Pereira Costa Chamas
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2011
Orientador
Banca examinadora
Larsson, Maria Helena Matiko Akao (Presidente)
Kogika, Márcia Mery
Leomil Neto, Moacir
Schwartz, Denise Saretta
Yamaki, Fernanda Lie
Título em português
Estudo do eletrocardiograma ambulatorial, eletrocardiograma de alta resolução (ECGAR) e variabilidade da frequência cardíaca como indicadores prognósticos na cardiomiopatia arritmogênica de cães Boxer
Palavras-chave em português
Arritmias ventriculares
Cães Boxer
Cardiomiopatia arritmogênica
Eletrocardiograma de alta resolução
Variabilidade da frequência cardíaca
Resumo em português
A cardiomiopatia arritmogênica do ventrículo direito (CAVD) é uma doença miocárdica genética e hereditária, com alta prevalência entre os cães da raça Boxer, causada por alterações nos genes que codificam os receptores de rianodina ou os desmossomos cardíacos. Caracteriza-se, histologicamente, por atrofia de miócitos do ventrículo direito, principalmente, com reposição por tecido adiposo e fibroso. Tais lesões causam instabilidade elétrica do miocárdio, com consequente aparecimento de arritmias ventriculares por re-entrada. Os animais afetados podem apresentar-se assintomáticos ou com frequentes episódios de síncope ou morte súbita; ainda, podem desenvolver uma forma mais grave da doença, com dilatação ventricular e disfunção sistólica, evoluindo para insuficiência cardíaca congestiva. Devido à escassez de estudos determinando fatores preditivos para a ocorrência de morte de origem cardíaca nestes animais, o presente estudo objetivou avaliar o valor prognóstico das variáveis de eletrocardiografia ambulatorial (Holter), eletrocardiografia de alta resolução (ECGAR) e variabilidade de frequência cardíaca (VFC) na CAVD do Boxer. Para tanto, tais parâmetros foram avaliados em 92 cães, distribuídos de acordo com a raça ou o estágio da doença em cinco grupos: cãescontrole da raça Pastor Alemão (grupo PA), cães-controle da raça Boxer (grupo BC), cães Boxer suspeitos para CAVD (grupo BSUS), cães Boxer afetados pela CAVD (grupo BCAVD) e cães Boxer com CAVD e disfunção sistólica (grupo BDS). Foram encontrados potenciais tardios ao ECGAR em poucos cães do grupo CAVD (21,05%); no entanto, dentre os cães do grupo BDS este percentual foi bem mais expressivo (83,33%), demonstrando que a sensibilidade deste exame é maior em estágios mais avançados da doença. Apesar da observação destes potenciais tardios, as variáveis analisadas ao ECGAR não apresentaram correlação com a sobrevida dos cães com CAVD. Também não se constituíram em fatores preditivos de morte os índices de VFC. Apenas a idade do animal no momento do diagnóstico, a ocorrência de taquicardia ventricular não sustentada e de extrassístoles supraventriculares ao Holter apresentaram-se como fatores prognósticos na sobrevida dos cães Boxer com CAVD. As variáveis de ECGAR e VFC não evidenciaram correlação com o número ou grau das arritmias ventriculares registradas ao Holter dos cães Boxer com CAVD, demonstrando que a gênese destas arritmias não está relacionada à disfunção do sistema nervoso simpático.
Título em inglês
Study of ambulatory electrocardiography, signal-averaged electrocardiogram and heart rate variability as prognostic factors in Boxer dogs with arrhythmogenic cardiomyopathy
Palavras-chave em inglês
Arhythmogenic cardiomyopathy
Boxer dogs
Heart rate variabillity
Signal-averaged electrocardiogram
Ventricular arrhythmias
Resumo em inglês
Arhythmogenic right ventricular cardiomyopathy (ARVC) is a genetic and hereditary myocardial disease with a high prevalence among Boxer dogs, caused by changes in genes that encode ryanodine receptors or desmosomes. It is characterized histologically by myocyte atrophy, especially of the right ventricle, with replacement by fat and fibrous tissue. Such injuries cause electrical instability of myocardium, with subsequent appearance of re-entrant ventricular arrhythmias. Affected animals may be asymptomatic, show frequent episodes of syncope or sudden death, or develop a more severe form of disease with ventricular dilatation and systolic dysfunction, progressing to congestive heart failure. Given the paucity of studies determining preditive factors for the occurrence of cardiac death in these animals, this study aimed to evaluate the prognostic value of variables of ambulatory electrocardiography (Holter) signal-averaged electrocardiography (SAECG) and heart rate variability (HRV) in Boxer dogs with ARVC. For this, these parameters were evaluated in 92 dogs, divided according to race or stage of the disease into five groups: German Shepherd control dogs (group PA), Boxer control dogs (group BC), Boxer dogs suspicious for ARVC (group BSUS), Boxer dogs affected by ARVC (group BCAVD) and Boxer dogs with ARVC and systolic dysfunction (group BDS). Late potentials were found in SAECG of few dogs on group CAVD (21.05%), however, among dogs of group BDS, this percentage was much higher (83.33%), demonstrating that the sensitivity of this test is higher in more advanced stages of the disease. Despite the observation of late potentials in SAECG, the variables of this test were not correlated with survival in dogs with ARVC. The indexes of HRV were also not significantly predictive of death in ARVC dogs. Only the age of the animal at diagnosis, the occurrence of nonsustained ventricular tachycardia and supraventricular ectopic beats on Holter presented as prognostic factors in survival of Boxer dogs with ARVC. The SAECG and HRV variables were not correlated with the number or degree of ventricular arrhythmias recorded by Holter of ARVC Boxer dogs, demonstrating that the genesis of these arrhythmias is not related to dysfunction of the sympathetic nervous system.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2012-09-28
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.