• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
Documento
Autor
Nome completo
Mariane Ferreira Franco
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2018
Orientador
Banca examinadora
Gregory, Lilian (Presidente)
Lara, Maria do Carmo Custodio de Souza Hunold
Rosati, Sergio
Título em português
Ocorrência de doenças respiratórias causadas por bactérias e vírus em ovinos
Palavras-chave em português
Broncopneumonia
Lavado traqueobrônquico
Lentivírus de pequenos ruminantes
Micoplasma
PI-3
Resumo em português
O Brasil é o 18ª maior produtor de carne ovina e, apesar de ser em grande parte informal, é uma cultura crescente no país. Dentre as enfermidades infecciosas que acomete a ovinocultura a broncopneumonia é uma das mais recorrentes, no entanto, não há muitos estudos sobre esta enfermidade em pequenos ruminantes no Brasil. Por isso, esta pesquisa teve como objetivo verificar a ocorrência de doenças respiratórias no estado de São Paulo e Rio de Janeiro causadas por bactérias e vírus. Para a realização desse projeto foi utilizado a técnica de lavado traqueobrônquico transtraqueal e coleta de sangue total para obtenção do soro em 99 ovinos. Essas amostras foram submetidas a teste de virusneutralização para identificação de anticorpos contra vírus da Parainfluenza Tipo 3 (PI-3), Herpesvírus Bovino Tipo 1 (BoHV- 1), Vírus Sincicial Respiratório Bovino (BRSV) e Vírus da Diarreia Viral Bovina (VDVB). Utilização do teste de imunodifusão em gel de agarose e Eradikt® para detectar a presença de anticorpos contra Lentivírus de Pequenos Ruminantes (LVPR). Isolamento e identificação bioquímica para M. haemolytica e Pasteurella multocida. Cultivo e isolamento, identificação bioquímica e PCR foram testes utilizados para identificação de micoplasmas (Mycoplasma bovis, M. agalactiae, M. mycoides subsp. capri). Das 99 amostras coletadas, 33 foram de ovinos doentes e 66 de ovinos sadios. Não houve identificação de M. haemolytica e P. multocida, nem presença de anticorpos contra BoHV-1 e VDVB. No entanto, observou-se a prevalência de 52,52%, 48,48% e 21,87% de PI-3, BRSV e LVPR respectivamente. Em relação as bactérias aeróbias, houve maior frequência de isolamento de Bacillus sp. e Gram-negativas não fermentadoras. Apesar de identificar bactérias da classe Mollicutes em colônias isoladas em 23,28% das amostras, houve apenas uma identificação com os oligonucleotídeos utilizados, o M. mycoides subsp. capri, primeiro isolamento em ovinos no estado de São Paulo e Rio de Janeiro. Houve diferença estatística significativa (p<0,05) entre animais com broncopneumonia e manifestações clínicas como taquipneia, hipertermia, secreção nasal, tosse, dispneia, crepitação fina e ronco e entre animais com broncopneumonia e não realizam de quarentena e não separam animais doentes. A broncopneumonia envolve vários fatores, incluindo o manejo, agente infeccioso e a imunidade do animal. Por isso, é necessário conhecer todos esses aspectos e associá-los para uma melhor prevenção e tratamento.
Título em inglês
Occurrence of respiratory diseases caused by bacteria and viruses in sheep
Palavras-chave em inglês
Bronchopneumonia
Mycoplasma
Small ruminant lentiviruses, PI-3
Tracheobronchial lavage
Resumo em inglês
Brazil is the 18th largest producer of sheep meat and, despite being largely informal, is a growing crop in the country. Among the infectious diseases that affect sheep production, bronchopneumonia is one of the most recurrent, however, there are not many studies on this disease in small ruminants in Brazil. Therefore, this research aimed to verify the occurrence of respiratory diseases in the state of São Paulo and Rio de Janeiro caused by bacteria and viruses. For the accomplishment of this project was used tracheobronchial lavage technique transtracheal and collection of whole blood to obtain serum in 99 sheep. These samples were submitted to virus neutralization test to identify antibodies against Parainfluenza Type 3 (PI-3), Bovine Herpesvirus Type 1 (BoHV-1), Bovine Respiratory Syncytial Virus (BRSV) and Bovine Viral Diarrhea Virus (BVDV). Use of the Eradikit ® and agarose gel immunodiffusion test to detect the presence of antibodies against Small Ruminant Lentiviruses (LVPR). Isolation and biochemical identification for M. haemolytica and Pasteurella multocida. Cultivation and isolation, biochemical identification and PCR were used to identify mycoplasmas (Mycoplasma bovis, M. agalactiae, M. mycoides subsp. Capri). Of the 99 samples collected, 33 were from diseased sheep and 66 from healthy sheep. There was no identification of M. haemolytica and P. multocida, nor presence of antibodies against BoHV-1 and BVDV. However, the prevalence of 52.52%, 48.48% and 21.87% of PI-3, BRSV and LVPR, respectively, was observed. In relation to aerobic bacteria, there was a higher frequency of isolation of Bacillus sp. and Gram-negative non-fermenters. Despite identifying Mollicute class bacteria in isolated colonies in 23.28% of the samples, there was only one identification with the oligonucleotides used, M. mycoides subsp. capri, first isolation in sheep in the state of São Paulo and Rio de Janeiro. There was a significant statistical difference (p <0.05) between animals with bronchopneumonia and clinical manifestations such as tachypnea, hyperthermia, nasal secretion, cough, dyspnea, fine crackling and snoring, and between animals with bronchopneumonia and quarantine and separation of diseased animals. Bronchopneumonia involves several factors, including management, infectious agent and the immunity of the animal. Therefore, it is necessary to know all these aspects and to associate them for a better prevention and treatment.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2019-05-27
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.