• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.10.2018.tde-17082018-143518
Documento
Autor
Nome completo
Bruna Rodrigues Padin
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2018
Orientador
Banca examinadora
Reche Junior, Archivaldo (Presidente)
Lallo, Maria Anete
Pimenta, Marcela Malvini
Título em português
Avaliação dos conhecimentos básicos de médicos veterinários brasileiros sobre o hipertireoidismo felino
Palavras-chave em português
Brasil
Endocrinopatia
Gatos
Tireoide
Tireotoxicose
Resumo em português
O hipertireoidismo é a endocrinopatia mais prevalente em felinos. Sua incidência vem aumentando nos últimos anos em todo mundo embora ainda seja pouco frequente no Brasil. Estudos evidenciam que gatos com manifestações clínicas da endocrinopatia têm baixa suspeição da doença pelos clínicos comparado a prevalência da mesma. Assim, este trabalho objetivou avaliar as opiniões e experiências de médicos veterinários brasileiros acerca da abordagem e manejo de felinos com hipertireoidismo por meio de um questionário com 22 perguntas sobre o tema. Foram respondidos 1113 questionários, onde 535 (48%) dos veterinários disseram realizar a palpação da tireoide em todos os gatos que atendem. Perda de peso (89,2%), hiperatividade (82,8%) e polifagia (81,6%) foram as manifestações clínicas mais reconhecidos pelos clínicos. E, 747 (61,1%) solicitam o T4 total como exame endocrinológico de triagem para realizar o diagnostico. Houve associação (p<0,001) entre frequência de palpação, nível de conhecimento, ter curso de especialização e tempo de formação com a quantidade de casos atendidos e o tempo para realizar o diagnostico. A radioiodoterapia foi o tratamento escolhido como padrão ouro por 619 (55,6%), seguido do tratamento medicamentoso 385 (34,6%) e cirúrgico 66 (5,9%). Porém, no momento de indicar, 642 (57,7%) escolhem o medicamentoso, 340 (30,5%) a radioiodoterapia e 84 (7,5%) o cirúrgico. A principal limitação para a escolha da radioiodoterapia foi o custo, por 825 (74,1%) dos clínicos. Pôde-se observar que os veterinarios que consideram conhecer bem a doença e aqueles especilizados em felinos são os que agem em maior compatibilidade com a literatura; e, portanto, o conhecimento sobre a doença pode ser um importante fator limitante na prevalência da doença no Brasil.
Título em inglês
Evaluate the level of knowledge about hyperthyroidism in cats among the Brazilian veterinary community
Palavras-chave em inglês
Brazil
Cats
Endocrinopathy
Thyroid
Thyrotoxicosis
Resumo em inglês
Hyperthyroidism is the most prevalent endocrinopathy in felines. Its incidence has been increasing in the world in the last years. Although it is still uncommon in Brazil. Studies show that cats with clinical signs of the endocrinopathy have low suspicion of the disease by the clinicians compared the prevalence of the same. Thus, this study aimed to evaluate the opinions and experiences of Brazilian veterinarians about the approach and management of cats with hyperthyroidism through a questionnaire with 22 questions on the subject. A total of 1113 questionnaires were answered, where 535 (48%) of the veterinarians said to perform the thyroid palpation on all the cats they attend. Weight loss (89.2%), hyperactivity (82.8%) and polyphagia (81.6%) were the clinical signs most recognized by clinicians. And, 747 (61.1%) requested the total T4 as screening test to perform the diagnosis. There was an association (p<0.001) between palpation frequency, knowledge level, specialization course and graduation time with the number of cases attended and the time to perform the diagnosis. Radioiodinetherapy was chosen as the gold standard for 619 (55.6%), followed by drug treatment 385 (34.6%) and surgery 66 (5.9%). However, 642 (57.7%) indicate the drug, 340 (30.5%) radioiodinetherapy and 84 (7.5%) the surgical. The main limitation for the choice of radioiodinetherapy was the cost, for 825 (74.1%) of clinicians. Veterinarians who consider knowing the disease well and those specialized in felines are those that act in greater compatibility with the literature; and therefore, knowledge about a disease may be an important limiting factor in the prevalence of the disease in Brazil.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2018-11-01
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.