• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
Documento
Autor
Nome completo
Claudia Pestana Ribeiro
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2009
Orientador
Banca examinadora
Libera, Alice Maria Melville Paiva Della (Presidente)
Benesi, Fernando José
Pituco, Edviges Maristela
Título em português
Avaliação da virusneutralização cruzada frente BVDV - 1 e BVDV - 2 no diagnóstico da diarréia viral bovina em animais naturalmente infectados
Palavras-chave em português
Bovinos
Isolados brasileiros
Pestivirus
Reação cruzada
Sorodiagnóstico
Resumo em português
A Diarréia Viral Bovina (BVD) provoca grandes perdas econômicas na pecuária mundial, é causada pelo vírus da diarréia viral bovina (BVDV), vírus que apresenta diversidade genética e antigênica entre as estirpes o que provavelmente influencia no diagnóstico. Com a proposta de verificar a presença de anticorpos, sua mensuração e neutralização cruzada frente quatro estirpes do vírus, amostras de 1500 bovinos não vacinados contra BVDV, sendo 519 de 15 rebanhos do Estado de Minas Gerais (MG), 499 de cinco rebanhos do Mato Grosso do Sul (MS) e 482 de cinco rebanhos de São Paulo (SP), foram testadas pela técnica de virusneutralização (VN) com as seguintes estirpes citopatogênicas: BVDV-1 (NADL estirpe americana e IBSP-11 isolado nacional) e BVDV-2 (VS-253 estirpe americana e IBSP-1020 isolado nacional). Dos 1500 animais, a variação da frequência de sororreagentes ao BVDV foi de 66,07% a 68,67%, ao analisar os diferentes grupos de animais, de acordo com o estado, a maior frequência de anticorpos foi obtida no MS, seguida por MG e SP, independente da estirpe utilizada na VN. O isolado nacional do genótipo 2, IBSP-1020 foi a estirpe que resultou em maior detecção de reagentes em MG e MS, enquanto que em SP foram as estirpes do genótipo 1. A avaliação dos resultados com as quatro estirpes revelou 73,27% (1099/1500) de animais reagentes a pelo menos um dos vírus, enquanto que, 57,60% (864/1500) foram reagentes aos quatro vírus, simultaneamente, ou seja, estes animais produziram anticorpos que reagiram com todas as estirpes em questão. Os títulos de anticorpos variaram de 10, valor mínimo de detecção da prova, a 5120, sendo que a maior parte dos animais apresentou títulos entre 40 e 160, os títulos observados nos animais de SP foram mais baixos com relação aos animais dos outros estados. A avaliação dos títulos de anticorpos de cada animal, comparando o resultado das estirpes duas a duas, revelou diferença na maioria das situações. Conclui-se que, houve alta frequência de ocorrência de bovinos reagentes ao BVDV, que variou de acordo com o sistema de criação e manejo dos rebanhos. Além disso, a utilização de mais de uma estirpe viral, independente do genótipo ou do local de origem do isolado, aumentou a sensibilidade de detecção de animais sororreagentes na VN. Foi evidenciada neutralização cruzada entre todas as estirpes estudadas. Os resultados reforçam a importância de selecionar estirpes representativas das regiões a serem estudadas para inclusão na VN, visando aumentar a sensibilidade do diagnóstico.
Título em inglês
Evaluation of the cross virus neutralization against BVDV-1 and BVDV-2 in the diagnosis of bovine viral diarrhea in naturally infected animals
Palavras-chave em inglês
Bovines
Brazilian isolates
Cross-reaction
Pestivirus
Serodiagnosis
Resumo em inglês
The bovine viral diarrhea (BVD) causes great economic losses in livestock worldwide, is caused by bovine viral diarrhea virus (BVDV), which presents genetic and antigenic diversity among strains which probably influences the serological diagnosis. For the proposal to verify the presence and titers of antibodies and cross-neutralization against four strains of virus, samples from 1,500 bovines naturally infected with BVDV, from the States of Minas Gerais (MG), Mato Grosso do Sul (MS) and São Paulo (SP) were tested by the virus-neutralization test (VN), against four cytopathic strains: BVDV-1 (NADL - American strain and IBSP-11 Brazilian isolate) and BVDV-2 (VS-253 - American strain and IBSP-1020 - Brazilian isolate). Of the 1,500 animals, the range from 66.07% to 68.67%, were reactive to BVDV, and the increased frequency of antibodies was obtained in the state of MS, followed by MG and SP, independent of the BVDV strain used in the VN. The national isolate of the genotype 2, IBSP-1020 strain showed highest detection of reagents in MG and MS states, while in SP were the strains of genotype 1. The results with the four strains showed that 73.27% (1,099/1,500) of animals positive to at least one virus, whereas 57.60% (864/1,500) were simultaneously reactive to the four viruses, in other words that is, these animals produced antibodies that cross reacted against all strains in question. The titers of antibodies ranged from 10, the minimum value of detection of VN, to 5120, and that most animals were between 40 and 160 titers. In comparison of antibodies titers among states was observed that animals in SP presented lowest antibody titer that other states. The evaluation of titers of antibodies in each animal, comparing the results of two by two strains showed statistical difference in most situations. It is concluded that there was a high frequency of occurrence of bovine reagents to BVDV, which varied according to the system of rasing and management of herds. Moreover, the use of different viral strains, independently of genotype or place of origin of isolate, increased the sensitivity of detection of seropositive animals in the VN. Cross-neutralization was observed among all strains studied. To increase the sensitivity of diagnosis it is important to select for VN the strains representative of the regions to be studied.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2009-08-04
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2014. Todos os direitos reservados.