• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
Documento
Autor
Nome completo
Karine de Melo Santos
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2017
Orientador
Banca examinadora
Brunetto, Marcio Antonio (Presidente)
Gomide, Catarina Abdalla
Vasconcellos, Ricardo Souza
Título em português
Efeitos da inclusão de teores crescentes de prebióticos nas dietas de cães adultos sobre parâmetros digestivos, fermentação fecal, microbiota e imunidade
Palavras-chave em português
Bactérias
Canino
Fermentativos
Levedura
Sistema imunológico
Resumo em português
No intuito de promover a saúde e reduzir o risco de doenças, a nutrição de animais de companhia tem evoluído de forma semelhante à humana, na busca por alimentos funcionais. Neste sentido, as Saccharomyces cerevisiea são leveduras com potencial prebiótico, pois podem estimular a produção de substâncias com propriedades imunoestimulatórias e aumentar a capacidade de prevenir a colonização de bactérias patogênicas no trato gastrintestinal. Porém, a composição e processo de produção podem influenciar na sua capacidade de atuação. Este estudo objetivou avaliar os efeitos da inclusão de teores crescentes de leveduras com metabólitos ativos (LMA) dietéticos na digestibilidade aparente dos nutrientes, microbiota e produtos da fermentação fecal e parâmetros imunológicos de cães adultos. Foram utilizados 18 cães adultos hígidos, machos e fêmeas, peso corporal médio de 15,8±7,37kg, distribuídos em delineamento inteiramente casualizado constituído de três tratamentos experimentais, denominados: DC (dieta controle), LMA 0,3 (dieta controle com 0,3% de leveduras com metabólitos ativos) e LMA 0,6 (dieta controle com 0,6% de leveduras com metabólitos ativos). As médias dos resultados obtidos foram comparadas pelo teste de Tukey (p<0,05) no SAS. Pôde-se verificar que a inclusão do aditivo alterou a digestibilidade aparente da fibra bruta, da proteína bruta, extrativos não nitrogenados e energia metabolizável (p<0,05). Os produtos de fermentação não foram afetados pelo aumento da inclusão do prebiótico (P>0,05). O índice de fagocitose foi maior nas dietas LMA 0,3 e LMA 0,6 (P<0,05). Nas dosagens de LMA 0,3 e 0,6 as concentrações fecais de Prevotela, Allobaculum, Fusobacterium reduziram e Clostridium aumentaram (p<0,05). Collinsela aumentou em LMA 0,6 (p<0,05). Blautia apresentou tendência de aumento em LMA 0,3 e 0,6 e Lactobacillus em LMA 0,3 (p<0,10). De acordo com os teores de inclusão e os parâmetros avaliados neste estudo, o aditivo pode apresentar possível efeito na imunidade inata e inespecífica e promover modestas alterações na microbiota fecal de cães adultos saudáveis.
Título em inglês
Effects of the inclusion of increasing levels of prebiotics in adult dogs on the digestive parameters, fecal fermentation, microbiota and immunity
Palavras-chave em inglês
Bacteria
Canine
Fermentative
Immune system
Yeast
Resumo em inglês
In order to promote health and reduce the risk of diseases, pet nutrition has evolved in a similar way to human, in the search for functional foods. In this sense, Saccharomyces cerevisiaa are yeasts with high prebiotic capacity, since they stimulate the production of substances with immunostimulatory properties and increase the capacity to prevent the colonization of pathogenic bacteria in the gastrointestinal tract. However, its composition and production process determine the ability to act, based on the substrate and medium in which it was nourished. The objective of this study was to evaluate the effects of increasing levels of yeast with active metabolites (YAM), based on the fermentation of specific substrates, on the apparent digestibility of dietary nutrients, fecal fermentation products, microbiota, and immunological parameters of adult dogs. Eighteen adult healthy male and female dogs with a mean body weight of 15.8 ± 7.37 kg were distributed in a completely randomized design consisting of three experimental treatments: CD (control diet), YAM 0.3 (control diet with 0.3% of yeasts with active metabolites) and YAM 0.6 (control diet with 0.6% of yeasts with active metabolites). The mean of the obtained results were compared by the Tukey test (p<0,05) in the SAS. It can be verified that the inclusion of the additive altered the apparent digestibility of crude fiber, crude protein, nitrogen free extract and metabolizable energy (p<0.05). Regarding the fermentation products, they were not affected by the prebiotic (P>0.05). The phagocytosis index was higher in the diets YAM 0.3 and YAM 0.6 (P<0.05). At the dosages of YAM 0.3 and 0.6, fecal concentrations of Prevotela, Allobaculum, Fusobacterium reduced and Clostridium increased (p<0.05). Collinsela increased with LMA 0.6 (p<0.05). Blautia tended to increase with YAM 0.3 and 0.6 and Lactobacillus with YAM 0.3 (p<0.10). According to the inclusion levels and the parameters evaluated in this study, the additive may present a possible effect on innate and nonspecific immunity and promote modest changes in the fecal microbiota of healthy adult dogs.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2018-06-11
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.