• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.10.2006.tde-23032007-183536
Documento
Autor
Nome completo
Luiz Felipe de Onofre Borges
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Pirassununga, 2006
Orientador
Banca examinadora
Rodrigues, Paulo Henrique Mazza (Presidente)
Gobesso, Alexandre Augusto de Oliveira
Leme, Paulo Roberto
Título em português
Efeitos da enramicina ou da monensina sódica sobre a fermentação ruminal e a digestão total em bovinos
Palavras-chave em português
Ácidos graxos voláteis
Digestibilidade
Enramicina
Ionóforos
Ruminantes
Resumo em português
Foram objetivos do presente experimento estudar os efeitos da administração da enramicina, em comparação com a monensina sódica, sobre a fermentação ruminal e a digestibilidade total em bovinos. Doze fêmeas bovinas não-gestantes e não-lactantes (675 kg ± 63 de PV) foram distribuídas inteiramente ao acaso aos três tratamentos formados por um grupo controle (ausência de antibiótico), um grupo tratado com enramicina (antibiótico não-ionóforo) e outro tratado com monensina (antibiótico ionóforo). A enramicina foi administrada na dose de 20 mg/animal/dia e a monensina na dose de 300 mg/animal/dia. O experimento teve duração total de 21 dias, sendo os 10 últimos destinados à aplicação do marcador (15 g de óxido crômico/animal/dia) e os últimos 5 dias destinados à coleta de fezes e amostragem dos alimentos. O 21º dia foi utilizado para colheitas de líquido ruminal realizadas às 0, 2, 4, 6, 8, 10 e 12 horas após a 1a refeição para determinação dos AGVs, pH e nitrogênio amoniacal. A monensina aumentou a concentração total de AGVs no tempo 12 horas após a alimentação e diminuiu a relação acético:propiônico nos tempo 0 e 6 h, em relação à enramicina, mas não em relação ao controle. Nenhum dos antibióticos testados alterou a proporção molar dos ácidos acético, propiônico e butírico, bem como o pH ou a concentração ruminal de nitrogênio amoniacal. Também não alterou o comportamento de consumo, avaliado em atividades de alimentação, ruminação e ócio. Nenhum dos antibióticos testados alterou a digestibilidade da matéria seca, proteína bruta, extrato etéreo, extrativo não nitrogenado, fibra bruta, fibra em detergente ácido, fibra em detergente neutro, amido, energia bruta ou os nutrientes digestíveis totais
Título em inglês
Effects of enramycin or sodium monensin on ruminal fermentation and on total digestibility in bovine
Palavras-chave em inglês
Digestibility
Enramycin
Ionophores
Ruminants
Volatile fatty acids
Resumo em inglês
The objective of this trial was to study the effects of enramycin administration, compared to sodium monensin, on ruminal fermentation and on total digestibility of diet nutrients in bovine. Twelve non-pregnant and non-lactating cows (675 ± 63 kg of BW) were randomly assigned to three treatments: control group (non-antibiotic), enramycin-treated group (non-ionophore antibiotic) and monensin-treated group (ionophore antibiotic). Treatments were 20 mg/animal/day of enramycin or 300 mg/animal/day of monensin. Trial lasted 21 days, the last 10 used for external marker administration (15 g of chromic oxide/animal/day) and the last 5 for feces collection and feed sampling. The 21st day was used for ruminal fluid sampling at 0, 2, 4, 6, 8, 10 and 12 hours after 1st meal to determine VFA, pH and ammoniacal nitrogen. Monensin increased total VFA concentration 12 h after feeding and decreased the acetic:propionic ratio at times 0 and 6 h, in relation to enramycin, but not when compared to control. The two antibiotics tested did not influence the molar proportion of acetic, propionic or butiric acids, pH, ammoniacal-N concentration, or dry matter intake and intake behavior, evaluated during activities of feeding, rumination and idleness. The two antibiotics tested did not alter the digestibility of dry matter, crude protein, ether extract, nitrogen-free extract, crude fiber, acid detergent fiber, neutral detergent fiber, starch, gross energy and total digestible nutrients (TDN), or the intake of digestible dry matter or TDN
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Luiz_F_O_Borges.pdf (568.07 Kbytes)
Data de Publicação
2007-04-03
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.