• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.10.2006.tde-22032007-181810
Documento
Autor
Nome completo
José Ricardo Lobo
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Pirassununga, 2006
Orientador
Banca examinadora
Rodrigues, Paulo Henrique Mazza (Presidente)
Demarchi, João José Assumpção de Abreu
Pires, Alexandre Vaz
Título em português
Avaliação da idade de corte e do uso de polpa cítrica sobre a qualidade fermentativa e estabilidade aeróbia da silagem de capim-elefante
Palavras-chave em português
Capim-elefante
Estabilidade aeróbia
Fermentação
Polpa cítrica
Silagem
Resumo em português
Foram estudados os efeitos da idade de corte e da adição de polpa cítrica sobre a qualidade fermentativa, estabilidade aeróbia e o valor nutritivo da silagem de capim-elefante. Utilizou-se um delineamento inteiramente casualizado com arranjo fatorial de tratamentos do tipo 5x4. O capim-elefante apresentando 40, 60, 80, 100, e 120 dias de crescimento foi ensilado com níveis crescentes de polpa cítrica peletizada: 0; 3; 6 e 9% com base na matéria fresca. As silagens foram produzidas em 80 silos experimentais (4 repetições/tratamento), confeccionados a partir de baldes plásticos. A abertura dos silos ocorreu 145 dias após a ensilagem, ocasião em que foram determinados os teores de ácidos orgânicos, estabilidade aeróbia e composição químico-bromatológica das silagens. Foi observado efeito linear crescente (P<0,05) da idade de corte e curvilinear da adição de polpa cítrica sobre os teores de matéria seca. Em relação aos teores de PB também houve efeito de interação entre as variáveis independentes, porém a resposta foi curvilinear para ambas. Não houve efeito de interação entre idade de corte e nível de polpa para os valores de FDN, FDA, Lignina e NIDA. Para a variável FDN houve efeito linear crescente para idade de corte e linear decrescente para nível de polpa. Já para a variável FDA não houve efeito de nenhuma das duas variáveis independentes, enquanto para Lignina houve apenas efeito linear crescente para idade de corte. Para a variável CHOs houve efeito de interação entre as variáveis independentes, sendo uma resposta linear crescente para ambas. As variáveis independentes não apresentaram efeito de interação entre si em relação aos teores de NIDA, havendo apenas efeito curvilinear para ambas, separadamente. Já para as variáveis Poder Tampão e Digestibilidade in vitro da Matéria Seca não houve efeito de interação entre idade de corte e nível de polpa cítrica. O que houve foi um efeito linear decrescente para idade de corte e linear crescente para o nível de polpa. No contexto da fermentação, para a variável álcool não houve efeito de interação entre as variáveis independentes, sendo que a idade de corte causou uma resposta curvilinear e o nível de polpa uma resposta linear crescente. Para os teores de ácidos orgânicos (acético, propiônico, butírico e lático) observou-se efeito de interação entre a idade de corte e o nível de polpa cítrica, sendo que para o ácido acético houve efeito linear decrescente para a idade de corte e efeito quadrático para o nível de polpa cítrica, enquanto para o ácido propiônico houve efeito quadrático para ambas. Para o ácido butírico e o ácido lático houve efeito quadrático para a idade de corte e efeito linear crescente para o nível de polpa cítrica. Foi observado ainda efeito de interação entre a idade de corte e o nível de polpa cítrica para as variáveis relação lático/acético e pH, sendo quadrática para ambas as variáveis independentes. Já para as variáveis N-NH3 e Perdas de MS houve efeito de interação, sendo linear para a idade de corte e quadrático para o nível de polpa. Em relação à estabilidade aeróbia, para a variável temperatura máxima houve efeito de interação, sendo que para a idade de corte a resposta foi curvilinear e para o nível de polpa foi linear crescente. Não houve efeito da idade de corte e do nível de polpa cítrica sobre o tempo para atingir a temperatura máxima. Já para as variáveis taxa para elevação da temperatura e tempo para elevação da temperatura em 2ºC não houve interação entre idade de corte e nível de polpa. Para a variável taxa para elevação da temperatura houve resposta curvilinear para idade de corte e linear crescente para nível de polpa e para a variável tempo para elevação da temperatura em 2ºC houve apenas efeito linear crescente da idade de corte
Título em inglês
Evaluation of crop age and addition of citrus pulp on fermentation pattern and aerobic stability of elephant grass silage
Palavras-chave em inglês
Aerobic stability
Citrus pulp
Elephant grass
Fermentation
Silage
Resumo em inglês
The effects of crop age and addition of citrus pulp on fermentation pattern, aerobic stability and nutritive value of elephant grass silage were studied. A completely randomized design with a 5 x 4 factorial arrangement was used. Elephant grass was harvested on 40, 60, 80, 100 and 120 days of age and ensiled with increasing levels of citrus pulp pellets: 0, 3, 6 and 9% (original matter basis). Silages were produced using 80 experimental silos (4 repetitions/treatment), made of plastic buckets with Bunsen valves. Silos were opened 145 days after ensiling, when organic acids concentrations, aerobic stability and chemical composition of silages were determined. A positive linear effect (P<0.05) of crop age and a curvilinear effect of citrus pulp addition on dry matter content were observed. Relating to CP levels, there was also interaction between the studied factors, but the response was curvilinear for both factors. No interaction effects between crop age and citrus pulp addition on NDF, ADF, lignin and ADIN were found. For NDF, there was a positive linear effect of crop age and a negative linear effect of citrus pulp. Regarding ADF, no effect of the studied factors was shown, while for lignin there was only a positive linear effect of crop age. For soluble carbohydrates, an interaction effect was found between the studied factors, with a positive linear effect of both factors. Crop age and citrus pulp addition did not interact for ADIN contents, but there was curvilinear effect for both factors, separately. For buffer capacity and in vitro digestibility of dry matter, no interaction effect was found between crop age and citrus pulp addition, but there was a negative linear effect of crop age and a positive linear effect of citrus pulp addition. Regarding fermentation, there was no interaction between the studied factors on alcohol concentration, but crop age caused a curvilinear response and citrus pulp addition caused a positive linear response. For organic acids concentration (acetic, propionic, butiric and lactic), there was an interaction effect between crop age and citrus pulp addition, so that for acetic acid, there was negative linear effect of crop age and quadratic effect of citrus pulp addition, while for propionic acid there were quadratic effects of factors. Relating to butiric and lactic acids, quadratic effect was shown for crop age and positive linear effect for citrus pulp addition. An interaction effect was found between crop age and citrus pulp addition for the variables lactic/acetic ratio and pH, being quadratic for both studied factors. For the variables NH3-N and loss of DM, there was interaction effect, being linear for crop age and quadratic for citrus pulp addition. Regarding aerobic stability, for the variable maximum temperature an interaction effect was found between factors, so that crop age caused a curvilinear response and citrus pulp addition caused a linear response. The studied factors did not influence the variable time to achieve the maximum temperature. Relating to the variables rate for increasing temperature and time for increasing temperature in 2ºC, there was no interaction between crop age and citrus pulp addition. For the variable rate for increasing temperature, there was a curvilinear response for crop age and a positive linear response for citrus pulp addition and for the variable time for increasing temperature in 2ºC, there was only a positive linear effect of crop age
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Jose_R_Lobo.PDF (605.40 Kbytes)
Data de Publicação
2007-04-03
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.