• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.10.2018.tde-20082018-144121
Documento
Autor
Nome completo
Danielle de Cássia Martins da Fonseca
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Pirassununga, 2018
Orientador
Banca examinadora
Santos, Marcos Veiga dos (Presidente)
Saran Netto, Arlindo
Sousa, Dannylo Oliveira de
Título em português
Comportamento alimentar, metabolismo ruminal e estabilidade do leite de vacas alimentadas com milho floculado e diferentes níveis de degradabilidade da proteína
Palavras-chave em português
Comportamento
Estabilidade do leite
Milho
PDR
PNDR
Resumo em português
O presente estudo foi desenvolvido em dois experimentos: 1) Tipo de processamento do milho e a relação PDR:PNDR sobre a fermentação ruminal, comportamento alimentar e seletividade ingestiva de vacas leiteiras cujos objetivos foram: a) avaliar o efeito do tipo de processamento do milho (floculado ou moído) e a relação da proteína degradável (PDR) e não degradável no rúmen (PNDR) (alta ou baixa) sobre a fermentação ruminal, o comportamento alimentar e a seletividade ingestiva de vacas leiteiras durante o período experimental; b) avaliar o efeito a curto prazo da troca da dieta contendomilho moído ou floculado e alta ou baixa relação PDR:PNDR sobre o consumo de matéria seca, produção e estabilidade do leite (teste do álcool, pH, cálcio iônico, estabilidade térmica e alcoólica) de vacas leiteiras durante período de adaptação. Foram utilizadas 20 vacas da raça Holandesa, com 162 ± 70 DEL, 666 ± 68 kg de peso corporal, 3,15 ± 0,48 de escore de condição corporal e 36,0 ± 7,78 kg/vaca/ dia de produção de leite. Os resultados de metabolismo ruminal indicaram que o milho floculado reduziu a relação acetato:propionato e a concentração de ácido acético (%) e aumentou as concentrações dos ácidos valérico (µmol/L) e de propiônico (%) e o pH fecal em relação ao milho moído. Quanto ao comportamento alimentar, observou-se que o uso de milho floculado associado à alta relação PDR:PNDR e a utilização de milho moído associado à baixa relação PDR:PNDR reduziram os tempos de alimentação (TAL/ kg de MS ingerida) e de ruminação (TRU/ kg de MS ingerida) entretanto, o uso de milho floculado associado à alta ou à baixa relação PDR:PNDR aumentaram o tempo de ruminação (TRU/ kg de FDN consumido). Já para índice de seleção notou-se que a rejeição de partículas longas (> 19,0 mm) foi menor em vacas alimentadas com milho floculado em relação às alimentadas com moído. 2) Efeito a curto prazo da troca da dieta sobre a produção e estabilidade do leite de vacas da raça Holandesa que teve por objetivo avaliar o efeito do dia de troca da dieta com diferentes fontes de carboidrato não fibroso associado ou não a inclusão de tamponante/alcalinizante sobre CMS, produção e estabilidade do leite (teste do álcool, pH, cálcio iônico, estabilidade térmica e alcoólica). Foram utilizadas 16 vacas da raça Holandesa, com 130 ± 81 DEL, peso corporal de 660 ± 62 kg e produção média de leite de 28,5 ± 4,79 kg/vaca/dia. O milho moído associado à alta ou à baixa relação PDR:PNDR aumentou o CMS, entretanto o fornecimento de dieta contendo a alta relação PDR:PNDR associada ao milho moído ou floculado apresentaram redução na PL. O uso de milho floculado associado à alta relação PDR:PNDR aumentou o valor de pH das amostras de leite e em todos os tratamentos testados a concentração de Cai apresentou redução. O uso de milho floculado associado ao aumento da relação PDR:PNDR causou redução na estabilidade alcoólica do leite e o uso do milho moído associado a baixa relação PDR:PNDR aumentou a estabilidade do leite ao teste do álcool. O CMS foi a única variável que apresentou efeito da dieta, em que o uso de milho moído sem a inclusão de tamp/alc aumentou o CMS. Sendo assim, durante o período de adaptação, o efeito a curto prazo de troca foi mais nítido nas dietas contendo milho processado associado à proteínas de diferentes degradabilidades ruminal do que nas dietas contendo fontes de carboidratos não fibrosos associados à inclusão ou não de tamp/alc.
Título em inglês
Feeding behavior, ruminal metabolism and milk stability of cows fed steam flakes and different levels of protein degradability
Palavras-chave em inglês
Behavior
Corn
RDP
RUP
UNAM
Resumo em inglês
The present study was developed in two experiments: 1) Corn processing type and the RDP:RUP ratio on ruminal fermentation, feeding behavior and ingestive selectivity of dairy cows. The objectives were: to evaluate the effect of corn processing type (flocculated or ground) and the ratio (hight or low) of degradable (RDP) and non-degradable protein (RUP) on ruminal fermentation, feed behavior and ingestive selectivity of dairy cows during the experimental period. Indeed to evaluate the short-term effect of dietary exchange containing either ground or flocculated corn and high or low RDP: RUP ratio on dry matter intake, milk yield and stability (alcohol test, pH, ionic calcium, of dairy cows during adaptation period. Twenty Holstein cows were used, with 162 ± 70 DIM, 666 ± 68 kg body weight, 3.15 ± 0.48 body condition score and 36.0 ± 7.78 kg / cow / day of milk yield. The results of ruminal metabolism indicated that the flocculated corn reduced the acetate: propionate ratio and the acetic acid concentration (%) and increased the concentrations of valeric (µmol / L) and propionic acid (%) and fecal pH in relation to ground corn. As regards feed behavior, it was observed that the use of flocculated corn associated with high RDP:RUP ratio and the use of milled corn associated with low RDP:RUP ratio reduced feeding times (TAL / kg of intake DM) and rumination (TRU / kg of DM ingested). However, the use of flocculated corn associated with high or low RDP:RUP ratios increased rumination time (TRU / kg of NDF consumed). For the selection index, it was noted that the rejection of long particles (> 19.0 mm) was lower in cows fed flocculated maize than those fed with milled corn. 2) Short-term effect of the diet change on the production and stability of Holstein cows milk that aimed to evaluate the effect of the diet change day with different sources of non-fibrous carbohydrate associated or not with the inclusion of buffer / alkalinizing on DMI, milk production and stability (alcohol test, pH, ionic calcium, thermal and alcoholic stability). Sixteen Holstein cows, 130 ± 81 DIM, body weight of 660 ± 62 kg and mean milk yield of 28.5 ± 4.79 kg / cow / day were used. Ground corn associated with high or low RDP:RUP ratios increased of intake DM; however, the diet containing the high RDP:RUP ratio associated to ground or flocculated corn showed a decrease in milk yield. The use of flocculated corn associated with high RDP:RUP ratio increased the pH value of milk samples; and in all tested treatments; the concentration of Cai presented reduction. The use of flocculated corn associated with the increase of the RDP:RUP ratio caused a decrease in the milk alcoholic stability while the use of ground corn associated with a low RDP:RUP ratio increased this variable. The intake DM was the only variable that presented a dietary effect, in which the use of ground corn without the inclusion of buffer/alk increased intake DM. Thus, during the adaptation period, the short-term effect of exchange was more pronounced in diets containing processed corn associated with proteins of different ruminal degradability than in diets containing sources of non-fibrous carbohydrates associated with the inclusion of buffer/alk .
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2018-11-13
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.