• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.10.2008.tde-19032008-134523
Documento
Autor
Nome completo
Aryana Duckur Nunes
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Pirassununga, 2008
Orientador
Banca examinadora
Albuquerque, Ricardo de (Presidente)
Paulillo, Antonio Carlos
Trindade Neto, Messias Alves da
Título em português
Influência do uso de aditivos alternativos a antimicrobianos sobre o desempenho, morfologia intestinal e imunidade de frangos de corte
Palavras-chave em português
Aditivos alternativos
Desempenho
Frangos de corte
Imunidade
Morfologia Intestinal
Resumo em português
Frente à preocupação da saúde pública com o uso de antimicrobianos promotores de crescimento na produção animal, intensificou-se a pesquisa de estratégias alternativas aos antimicrobianos. Algumas pesquisas relacionadas ao uso de prebióticos e probióticos como aditivos têm demonstrado que estes, além de promoverem a modulação benéfica da microbiota intestinal, resultam em efeitos imunomodulatórios que permitiriam reduzir o estresse imunológico. Dessa forma, o presente estudo teve como objetivo verificar a influência de um prebiótico e de um probiótico sobre o desempenho, morfologia intestinal e parâmetros de imunidade de frangos de corte, tendo um antibiótico e um controle para comparação. Foram utilizados 960 pintos de corte, criados até 42 dias de idade sobre cama reutilizada. O delineamento era inteiramente casualizado, com 4 tratamentos: Dieta basal (DB) com Antibiótico; DB com Prebiótico; DB com Probiótico; Controle (DB) , sendo 8 repetições/tratamento. Quanto ao desempenho e, considerando-se o período total de criação, os aditivos alternativos testados não demonstraram efeito sobre o ganho de peso (GP), consumo de ração (CR) e mortalidade. Por sua vez, a conversão alimentar (CA) dos aditivos alternativos foi similar à do antibiótico, entretanto, não diferiu do controle. Com relação à imunidade, os aditivos alternativos não apresentaram efeito sobre boa parte dos parâmetros avaliados neste trabalho. Porém, para peso relativo do timo e taxa de fagocitose, o prebiótico mostrou exercer alguma influência. Além disso, ambos aditivos mostraram, ainda que apenas numericamente, uma melhor reposta vacinal contra Newcastle que os demais tratamentos aos 42 dias de idade. Por fim, não foi possível observar efeito benéfico dos aditivos alternativos testados sobre a morfologia intestinal de frangos de corte. Vale ressaltar que uma diversidade de fatores pode influenciar o efeito dos aditivos alternativos, culminando em resultados pouco conclusivos e até mesmo contraditórios. Diante deste fato e dos resultados aqui obtidos, conclui-se que os ensaios com aditivos alternativos devem continuar, já que houve evidências de seus possíveis efeitos beneficos na produção animal.
Título em inglês
Influence of the use of alternative additives instead of antimicrobials on the performance, intestinal morphology and immunity of broilers
Palavras-chave em inglês
Alternative additives. Broilers. Immunity. Intestinal Morphology. Performance.
Resumo em inglês
Due to the public health concerning with the use of antimicrobials as growth promoters in livestock, the number of researches of alternative strategies for antimicrobials has increased. Some researches about the use of prebiotics and probiotics as additives have demonstrated that those promote the beneficial modulation of the intestinal microbiota and have immunomodulatory effects which would allow decreasing of immunological stress. So, this study aimed to verify the influence of a prebiotic and of a probiotic on the performance, morphology intestinal and parameters of broilers immunity, comparing them with an antibiotic and a control group. In this experiment, 960 chicks were used and bread up to 42 days-old on litter previously used. The assignment was completely randomized, with 4 treatments: Basal diet (BS) with antibiotic, BS with prebiotic, BS with probiotic and control (only BS); with eight repetitions for each treatment. Concerning to the performance and taking into account the whole breeding period (42 days), the alternative additives groups did not present any effect on the weight gain (WG), feed intake (FI) and mortality. The feed conversion (FC) of the alternative additives groups was similar to that of the antibiotic one, but they had no significant difference from the control. Relatively to the immunity, the additives did not present any effect on the majority of the parameters evaluated in this work. However, for thymus relative weight and phagocytosis index, the prebiotic was shown to have some influence on. Moreover, both additives showed, although just numerically, a better response for vaccination against Newcastle disease than the others for 42 days-old broilers. Finally, it was not possible to observe any beneficial effects of the alternative additives on the broilers intestinal morphology. It is important to emphasize that several factors may influence the effects of those additives, which allow obtaining inconclusive, and even contradictory, results. Taking into account this fact and the results obtained in this work, one concludes that the essays with alternative additives must go on, since there have been evidences of their possible beneficial effects on animal production.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
dissertacao.pdf (1.90 Mbytes)
Data de Publicação
2008-03-28
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.