• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.10.2007.tde-15062007-142111
Documento
Autor
Nome completo
Rafael Azevedo Murarolli
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Pirassununga, 2007
Orientador
Banca examinadora
Albuquerque, Ricardo de (Presidente)
Araújo, Lúcio Francelino
Trindade Neto, Messias Alves da
Título em português
Efeitos de diferentes relações dietéticas de energia metabolizável: proteína bruta e do peso inicial de pintos sobre o desempenho e o rendimento de carcaça em frangos de corte: I machos; II fêmeas
Palavras-chave em português
Desempenho
Energia metabolizável
Frango de corte
Peso Inicial
Proteína bruta
Resumo em português
Foram avaliados o desempenho e o rendimento de carcaça de frangos de corte, machos e fêmeas, com diferentes pesos iniciais, e com diferentes relações energia metabolizável:proteína bruta na dieta. Foram empregadas 640 aves de cada sexo, criadas até 48 dias de idade. O delineamento experimental utilizado foi de blocos ao acaso, em esquema fatorial 2 x 2, sendo empregados dois níveis de peso de pintos de 01 dia (38g e 46g) e dois níveis de relação EM:PB (Alto - 149,8; 174,4 e; 194,4 e, Baixo - 130,0; 150,0 e; 166,7, para ração inicial, crescimento e final, respectivamente) totalizando assim 4 tratamentos, cada um com 4 repetições de 40 aves. Foram avaliados o Consumo de Ração (CR), Ganho de Peso (GP), Conversão Alimentar (CA) e Mortalidade (Mort), nos períodos de 1 a 21 dias, 1 a 35 dias, e 1 a 48 dias de idade, e rendimento de carcaça e de cortes (asa, coxa+sobrecoxa, peito, cabeça, pé e dorso), no final do período experimental. Nas variáveis consumo de ração e ganho de peso, tanto para os machos quanto para as fêmeas, não foram observados efeitos significativos (P>0,05) em nenhum dos tratamentos e períodos. Para a mortalidade, houve efeito significativo apenas para as fêmeas (P>0,05), no período de 1 a 21 dias onde as aves de peso inicial leve, recebendo dietas com relação EM:PB alta apresentaram maior mortalidade (%). Foi observado efeito significativo na CA em machos (P<0,05), tanto no período de 1 a 35 dias quanto no período de 1 a 48 dias, onde as aves alimentadas com dietas contendo Rel EM:PB Alta apresentaram melhor CA. Para as fêmeas, observou-se efeito significativo para CA (P<0,05) no período de 1 a 35 dias de idade onde as aves alimentadas com a dieta com Relação EM:PB baixa apresentaram pior conversão alimentar, independente do peso inicial. Os machos que receberam dietas com Rel. EM:PB alta apresentaram significativamente (P<0,05) maior porcentagem de gordura abdominal, não sendo observado efeito nas fêmeas. Este resultado foi mais acentuado nas aves com peso inicial leve. Não foi observada diferença significativa em machos (P>0,05) para os tratamentos em relação ao rendimento de cortes. Por outro lado houve efeito significativo (P<0,05) para fêmeas com maior peso inicial, que apresentaram melhor porcentagem de rendimento quando receberam dietas com relação EM:PB alta. Pode-se concluir que o peso inicial dos pintos não influenciou nos resultados e que, rações com relação EM:PB baixa possibilita uma menor taxa de gordura abdominal, resultando em uma maior taxa de carne magra na carcaça, o que é vantajoso para o mercado consumidor e para o produtor no que diz respeito ao custo-benefício.
Título em inglês
Effect of the different dietary relationship metabolizable energy: crude protein and the initial weight of chicks on the performance and yield of carcass in broilers: I. Males; II. Females
Palavras-chave em inglês
Broiler
Crude protein
Initial weight
Metabolizable energy
Performance
Resumo em inglês
It was evaluated the broiler's performance and yeld of carcass, male and female, with differents initial weights, and with differents relationship metabolizable enerfy:crude protein in the diet. A completely randomized trial was applied, in factorial outline 2x2, with two levels of chicks' weight (39g and 46g) and two levels of relationship ME:CP (High - 149,8; 174,4 e; 194,4 and, Low - 130,0; 150,0 e; 166,7, for the initial, growth and end ration, respectively), totalizing 4 treatments, each one of them with 4 repetitions of 40 chicks, ranging until 48 days of age. There were evaluated the Feed Intake (FI), Weight Gain (WG), Feed Conversion (FC) and Mortality, during all the experimental period and, performance and yield of carcass in the end of the experimental period. Feed intake and weight gain didn't show significant effect (P>0,05), in any treatments or periods, in the both sex. Mortality showed significant difference (P<0,05), where the low initial weight broilers fed with High Relationship ME:CP ration showed larger mortality, during the 1 to 21 days of age. FC showed significant difference (P<0,05) in males, where the broilers fed with High relationship ME:CP showed a better FC, during 1 to 35 days and 1 to 48 days of age. However, in females, there was significant difference (P<0,05) at the FC, when the broilers were fed with Low Relationship ME:CP ration and showed the worst result, independent of the initial weight, during the 1 to 35 days of age. There was significant difference abdominal fat (P<0,05), where the males broilers fed with high relationship ME:CP showed larger percentage of abdominal fat, during 1 to 35 days and 1 to 48 days of age. This result was more visible in chicks with low initial weight. Abdominal fat wasn't significant (P>0.05) in females. Yield carcass didn't show significant difference (P>0.05) in male broilers but, the female broilers there was significant effect (P<0,05), where the high initial weight broilers fed with High Relationship ME:CP ration showed better results. So, it is possible to conclude that the initial weight didn't influence the results and, the low relationship ME:CP ration makes possible a smaller percentage of abdominal fat, resulting in a larger percentage of thin meat in the carcass, what is an advantage for the consumer market and for the producer in what about cost-benefit.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2007-06-19
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.