• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.10.2018.tde-01082018-101127
Documento
Autor
Nome completo
Rafael Araújo Nacimento
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Pirassununga, 2018
Orientador
Banca examinadora
Araújo, Lúcio Francelino (Presidente)
Burbarelli, Maria Fernanda de Castro
Traldi, Ana Beatriz
Título em português
Análise econômica e desempenho de frangos de corte submetidos a dietas comerciais com matriz nutricional valorizada e suplementadas com superdosagem de fitase
Palavras-chave em português
Custo de dieta
Lucratividade
Redução energética
Redução mineral
Redução proteica
Resumo em português
O uso de fitase em dietas destinadas a frangos de corte é um consenso na indústria avícola. Juntamente ao emprego de 500FTU/kg de fitase, a recomendação de reduções de cálcio (Ca) e fósforo disponível (Pd) na matriz nutricional é tida como uma estratégia para a redução dos custos da dieta sem causar redução no desempenho dos animais. Com isso, foi hipotetizado que o uso de superdosagem de fitase (1500FTU/kg) em dietas com matriz nutricional valorizada para Ca e Pd, energia metabolizável (EM) e proteína bruta (PB), apresentaria menores custos de dieta e maior lucratividade, sem acarretar redução no desempenho dos animais. O presente estudo teve como objetivo avaliar os efeitos da redução de Ca, Pd, PB e EM em dietas comerciais suplementadas com superdosagem de fitase sobre o custo de dietas e margem de lucro, bem como o desempenho, mineralização óssea e rendimento de carcaça de frangos de corte de 1 a 42d. Para tanto, foram utilizados 1200 pintos de um dia (Cobb500) distribuídos aleatoriamente em um programa de alimentação comercial composto por dieta sem redução nutricional e sem suplementação enzimática ( C ); dietas reduzidas em 23kcal, 0,23%, 0,10% e 0,09% na fase 1 e 2, e reduzida em 23kcal, 0,24%, 0,11% e 0,10% de EM, PB, Ca e Pd na fase 3, suplementadas com 500FTU/kg de fitase (500); dietas reduzidas em 29kcal, 0,29%, 0,13%, 0,12% nas fases 1 e 2, e dietas reduzidas em 30kcal, 0,31%, 0,14% e 0,13% de EM, PB, Ca e Pd na fase 3, suplementada com 1000FTU/kg de fitase (1000); e dietas reduzidas em 34kcal, 0,34%, 0,15%, 0,14% nas fases 1 e 2, e dietas reduzidas em 35kcal, 0,36%, 0,16% e 0,15% de EM, PB, Ca e Pd na fase 3, suplementada com 1500FTU/kg de fitase (1500); com 25 repetições por tratamento e 12 aves por unidade experimental. Os dados foram analisados pelo PROC GLM do SAS (2012) e quando atendidas, os dados foram submetidos ao teste de comparação de médias (Tukey) a 5% de probabilidade. O uso de superdosagem de fitase promoveu o desempenho, cinzas ósseas e rendimento de carcaça e pernas similares entre os animais (p<0.05). No entanto, os animais submetidos a dietas suplementadas com 1500FTU/kg de fitase apresentaram melhor rendimento de peito (p=0.037). Além disso, as dietas suplementadas com fitase apresentaram menor custo de dieta e maior lucratividade (p<0001). Em conclusão, neste estudo, a utilização de superdosagem de fitase em dietas com matriz nutricional valorizada para Ca, Pd, EM e PB apresenta-se como uma alternativa viável para a redução de custos e aumento da lucratividade, sem afetar o desempenho de frangos de corte aos 42d.
Título em inglês
Economic analysis and performance of broiler chickens submitted to commercial diets with valorized nutritional matrix and supplemented with superdosagem of phytase
Palavras-chave em inglês
Energy reduction
Feed cost
Mineral reduction
Profitability
Protein reduction
Resumo em inglês
The use of phytase in diets for broilers is a consensus in the poultry industry. Together with the use of 500 FTU/kg of phytase, the recommendation of reductions in calcium (Ca) and available phosphorus (aP) in the nutritional matrix is taken as a strategy to reduce dietary costs without causing a reduction in animal performance. Therefore, it was hypothesized that the use of phytase superdosings (1500 FTU/kg) in diets with nutritional matrix valued for Ca and aP, metabolizable energy (ME) and crude protein (CP) would present lower dietary costs and higher profitability, with no effects on animal performance. The objective of the present study was to evaluate the effects of reduction of Ca, aP, CP and ME in commercial diets supplemented with phytase superdosing on the cost of diets and profit margin, as well as performance, bone mineralization and carcass dressing of broiler chickens from 1 to 42d of age. For this purpose, 1200 day-old chicks (Cobb500) were randomly distributed in a commercial feeding program composed of a diet without nutritional reduction and without enzymatic supplementation (C); diets reduced by 23kcal, 0.23%, 0.10% and 0.09% in phase 1 and 2, and reduced by 23kcal, 0.24%, 0.11% and 0.10% of ME, CP, Ca and aP in stage 3, supplemented with 500 FTU/kg of phytase (500); diets reduced by 29 kcal, 0.29%, 0.13%, 0.12% in phases 1 and 2, and diets reduced by 30 kcal, 0.31%, 0.14% and 0.13% of ME, CP, Ca and aP in stage 3, supplemented with 1000 FTU/kg of phytase (1000); and diets reduced by 34 kcal, 0.34%, 0.15%, 0.14% in phases 1 and 2, and diets reduced by 35 kcal, 0.36%, 0.16% and 0.15% of ME, CP, Ca and aP in stage 3, supplemented with 1500 FTU/kg of phytase (1500); with 25 replicates per treatment and 12 birds per experimental unit. The data were analyzed by PROC GLM of SAS (2012) and when met, the data were submitted to the test of comparison of averages (Tukey) at 5% of probability. The use of phytase superdosing promoted performance, bone ash, and carcass dressing and leg yield similar among treatments (p>0.05). However, animals fed diets supplemented with 1500 FTU/kg of phytase showed greater breast yield (p=0.037). In addition, diets supplemented with phytase had lower diet cost and greater profitability (p<0001). In conclusion, in this study, the use of phytase superdosing in diets with nutritional matrix valued for Ca, aP, ME and CP is a viable alternative for reducing costs and increasing profitability, without affecting the performance of broiler chickens at 42d of age.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2018-10-25
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.