• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.10.2009.tde-22042009-111421
Documento
Autor
Nome completo
Carlos Alexandre Pessoa
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2009
Orientador
Banca examinadora
Melville, Priscilla Anne (Presidente)
Brandão, Paulo Eduardo
Serapicos, Eliana de Oliveira
Título em português
Avaliação da microbiota bacteriana e fúngica presente na cloaca de jabutis (Geochelone carbonaria) criados em domicílio e análise do potencial risco a saúde humana
Palavras-chave em português
Swab de cloaca
Bactérias
Fungos
Jabutis
Microbiota
Resumo em português
Os médicos veterinários que trabalham com répteis frequentemente são indagados pelos proprietários sobre os tipos de doenças que estes animais podem transmitir, bem como sobre as medidas profiláticas que devem ser implementadas para prevenir a transmissão de doenças. Desta forma, o conhecimento sobre os patógenos que estes animais albergam passa a ser importante para orientação dos proprietários quanto aos cuidados adequados que devem ser adotados com estes animais. Os microrganismos que compõem a microbiota podem se tornar patogênicos para seus hospedeiros quando os mesmos encontram-se debilitados, bem como a eliminação contínua destes microrganismos (pelas fezes, por exemplo) por répteis aparentemente saudáveis ou mesmo doentes, pode representar um importante problema para pessoas que tenham contato com eles. Crianças, idosos e indivíduos imunossuprimidos ou imunocomprometidos são bastante suscetíveis às infecções após manipulação de répteis criados como pet. Considerando-se que os répteis participam de forma crescente do mercado de animais criados como pet, suas características microbiológicas devem ser pesquisadas, visando evitar que eles adoeçam ou venham a óbito devido à ocorrência de doenças infecciosas e não transmitam zoonoses para aqueles que os manipulam. Este trabalho teve como objetivos o estudo da microbiota bacteriana e fúngica presente na cloaca de jabutis (Geochelone carbonária) criados em domicílio e análise do potencial risco a saúde humana. Foram realizados exames microbiológicos de swabs de cloaca de 100 jabutis-piranga visando a pesquisa de bactérias aeróbias, anaeróbias facultativas e fungos filamentosos e leveduras. Foram isolados 18 gêneros de bactérias, 06 gêneros de leveduras e 03 gêneros de fungos filamentosos. Os gêneros de microrganismos isolados com maior freqüência foram: Escherichia sp. (67%), Klebsiella spp. (54%), Bacillus spp. (42%), Candida spp. (42%), Citrobacter spp. (33%), Staphylococcus spp. (29%), Corynebacterium spp. (15%) e Aeromonas spp. (15%), dentre outros com menor freqüência. A freqüência de isolamentos de E. coli (67%) foi semelhante à de Klebsiella spp. (54%) e maior (P<0,05) do que as frequências de isolamentos de todos os outros microrganismos. Todos os microrganismos isolados podem representar risco para a saúde humana, devendo-se atentar para os cuidados com répteis criados como animais pet, particularmente quanto aos aspectos de higiene relacionados aos mesmos, visando assim a prevenção destes riscos.
Título em inglês
Bacterial and fungal microbiota evaluation in the companion tortoise (Geochelone carbonaria) and the analysis of the potential risk to human health
Palavras-chave em inglês
Bacteria
Cloacal swab
Fungi
Microbiota
Tortoises
Resumo em inglês
Veterinarians who work with reptiles are frequently asked by owners about diseases that these animals can transmit, as well about the preventative measures that should be taken to prevent the transmission of diseases. Therefore, knowledge about pathogens that inhabit these animals and represent a potential zoonotic risk are very important in order to allow veterinarians to give proper recommendations about husbandry and preventative methods. Children, elderly people, and imunocompromised individuals are increasingly susceptible to infections after reptile pet manipulation. The microorganisms which form the microbiota can become pathogenic for their host if the host is debilitated. Transmission of these microorganisms from healthy or sick reptiles can be hazardous for people that have contact with them. Considering that reptiles are increasing obtained as pet, their microbiota should be investigated in order to prevent transmission of disease to people who manipulate them. The purposes of this paper were to evaluate the bacterial and fungal microbiota in the companion tortoise (Geochelone carbonaria) and to analyze the potential public health risk. One hundred samples of feaces from cloaca were obtained from jabutis-piranga and microbiological examinations were made for the presence of aerobic and facultative anaerobic bacteria, filamentous fungi and yeasts. Eighteen genus of bacteria, six genus of yeasts, and three genus of fungi were identified. The most frequently isolated genus were: Escherichia sp. (67%), Klebsiella spp. (54%), Bacillus spp. (42%), Candida spp. (42%), Citrobacter spp. (33%), Staphylococcus spp. (29%), Corynebacterium spp. (15%) and Aeromonas spp. (15%). The number of isolated E. coli (67%) was similar to that of Klebsiella sp. (54%), and was greater than (P<0.05) the total number of other species isolated. All isolated microorganisms present a public health risk. Therefore, care should be taken when obtaining these reptiles as pets, especially with regards to husbandry and proper hygiene in order to prevent the risk of contamination with the microbiota.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2009-06-02
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.