• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.10.2008.tde-16122008-162731
Documento
Autor
Nome completo
Alessandra Ferreira Dales Nava
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2008
Orientador
Banca examinadora
Ferreira, Fernando (Presidente)
Cortez, Adriana
Ferreira Neto, José Soares
Filoni, Cláudia
Morato, Ronaldo Gonçalves
Título em português
Espécies sentinelas para a Mata Atlântica: as conseqüências epidemiológicas da fragmentação florestal no Pontal do Paranapanema, São Paulo
Palavras-chave em português
Doenças infecciosas
Fragmentação florestal
Medicina da conservação
Medicina preventiva
Saúde pública
Resumo em português
A conservação da biodiversidade e de ecossistemas saudáveis é extremamente necessária para a saúde dos indivíduos, das populações humanas e das demais espécies encontradas na natureza. Como conseqüência desses múltiplos estresses ambientais estão certas doenças emergentes, a desestabilização de cadeias tróficas e os efeitos deletérios na saúde de populações silvestres e na ecologia dos habitats fragmentados. O objetivo principal deste estudo foi estudar as conseqüências epidemiológicas da fragmentação florestal nas populações de animais domésticos, felinos silvestres e taiassuídeos presentes no Parque Estadual Morro do Diabo e fragmentos florestais próximos, intencionando determinar o padrão de ocorrência de doenças na população silvestre. Para isso foram capturados e tiveram amostras coletadas: 39 catetos (Tayassu tajacu), 61 queixadas (Tayassu peccari), 2 jaguatiricas (Leopardus pardalis), 2 onças pardas (Puma concolor), 8 onças pintadas (Panthera onca), e 100 Rattus rattus bem como os seguintes animais domésticos: 782 bovinos, 214 caninos, 193 eqüinos, 108 ovinos, 97 suínos e 17 gatos domésticos do entorno do PEMD e fragmentos florestais. Para os animais silvestres e domésticos amostrados, com exceção dos gatos domésticos foi realizado sorodiagnóstico para Leptospira spp (MAT) e Brucella spp. (rosa bengala e fixação de complemento) e tentativas de isolamento para Leptospira spp e Brucella spp. ; para os caninos domésticos, felídeos silvestres e taiassuídeos foi realizado sorodiagnóstico para cinomose (soroneutralização); para felídeos silvestres e felinos domésticos foi realizado sorodiagnóstico para imunodeficiência felina e leucemia felina (ELISA indireto). Dentre os felídeos selvagens e domésticos, nenhum animal foi reagente para imunodeficiência felina e leucemia felina; também não foi identificado animal reagente para cinomose entre os felídeos silvestres e taiassuídeos, porém os caninos domésticos 12 de 200 animais foram reagentes; para brucelose 7 queixadas, 1 cateto, 13 bovinos, 3 cães e 1 onça pintada foram reagentes, as outras espécies como ovinos, suínos e equinos não foram reagentes; para leptospirose 18 queixadas, 4 catetos, 1 onça pintada, 322 bovinos, 12 ovinos, 15 suínos e 64 equinos. As tentativas de isolamento para leptospirose e brucelose foram inconclusivas. Os resultados indicam que os animais silvestres e os animais domésticos do entorno das florestas foram expostos a alguns agentes pesquisados. É urgente um programa de extensionismo rural visando o incremento da saúde animal doméstica que vive no entorno do PEMD e fragmentos florestais. As altas prevalências de leptospirose em animais domésticos e silvestres, e outras doenças infecto contagiosas que possam estar presentes no estoque animal doméstico da região devem ser minimizadas com um trabalho de medicina preventiva nesta população. A presença de zoonoses como a leptospirose e brucelose nos animais domésticos são um risco de saúde pública para os proprietários rurais. Um programa de conscientização deve ser realizado na região perante os resultados desse estudo, envolvendo saúde pública, controle populacional de cães e gatos, e vacinação dos animais domésticos. Na elaboração dos planos de manejo das UCs deve ser incluído diagnóstico da fauna selvagem a patógenos, e conhecer o risco existente de doenças infectocontagiosas nos animais domésticos que vivem no entorno das UCs.
Título em inglês
Sentinel species for Atlantic Rainfores: epidemiological consequences of forest fragmentation in Pontal do Paranapanema, São Paulo
Palavras-chave em inglês
Conservation medicine
Forest fragmentation
Infectious diseases
Preventive medicine
Public health
Resumo em inglês
The biodiversity conservation and healthy ecossistems are extremely necessary for human health and wild animal species. As a consequence of environmental stresses are emerging diseases, trofic disrupten and harmful effects in the wildlife health population and fragmented landscape ecology. The main objective of this study is to study relationships between forest fragmentation in domestic stock, white-lipped, collared peccary, wild felides in Morro do Diabo state Park and forest fragments, to determining the pattern of disease occurrence in the wildlife population. 39 collared peccaries (Tayassu tajacu), 61 white lipped peccaries (Tayassu peccari), 2 ocelots (Leopardus pardalis), 2 pumas (Puma concolor), 8 jaguars (Panthera onca), e 100 rats (Rattus rattus) as well: 782 cattle, 214 dogs, 193 horses, 108 sheeps, 97 pigs e 17 cats surrounded MDSP and forest fragments. Serological tests were conducted for wild animals and domestic stock for Leptospira spp (MAT) e Brucella spp. (rose Bengal test, standard serum agglutination test , complement fixation) and cultures for Leptospira spp e Brucella spp..Serological tests for canine distemper (SN) were conducted for dogs, wild felides and peccaries; FIV and FelV were conducted for wild felides and cats (ELISA). Among wild felides and cats were no exposure for FIV and FeLV, as well dogs, wild felides, peccaries were no positives for canine distemper, however 12 of 200 dogs tested for canine distemper were serologically positive; for brucellosis 7 white lipped peccaries, 1 collared peccary, 13 cattle, 3 dogs, 1 jaguar were serologically positive instead of pigs, horses and sheeps, were serologically negative. For Leptospira spp. 18 white lipped peccaries, 4 collared peccaries, 1 jaguar, 322 cattle, 12 sheeps, 15 pigs, 64 horses were serologically positive instead the rats were all serologically negatives. Leptospirosis and brucellosis isolation were inconclusive. These results demonstrate that wild animals and domestic animals were exposed by these pathogens. An outreach program is necessary to improve the livestock health surround the forest fragments and the state Park. High levels of exposure of leptospirosis and brucellosis found in wild animals and livestock indicates that these pathogens are in contact with the animal population. A preventive medicine work is urgent in this area. The presence of zoonosis such as leptospirosis and brucellosis in the domestic stock are a threat to human health. An outreach program must be develop in the region facing these results and should involve public health, dogs and cats population vaccination and sterilization, vaccination of livestock. The management plans for protected areas should include screening for diseases in wild animals and domestic stock, to the acquire knowledge of infectious diseases risk nearby protected areas.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2009-02-04
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.