• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.10.2006.tde-07032007-115429
Documento
Autor
Nome completo
Daniella Carvalho Ribeiro
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2006
Orientador
Banca examinadora
Ferreira Neto, José Soares (Presidente)
Moreno, Andrea Micke
Rodriguez, Cesar Alejandro Rosales
Título em português
Comparação de protocolos de extração de DNA para detecção de Mycobacterium bovis através da PCR em homogeneizados de órgãos bovinos
Palavras-chave em português
mycobacterium bovis
bovino
DNA (extração)
linfonodos de animais
reação em cadeia por polimerase
Resumo em português
A tuberculose bovina, cujo agente etiológico é o Mycobacterium bovis, é uma zoonose de caráter crônico que representa uma das principais enfermidades em rebanhos bovinos. Devido às perdas consideráveis de bacilos viáveis nos processos de descontaminação, e também pelo consumo de várias semanas entre o isolamento primário e a identificação final da espécie, métodos moleculares funcionam como metodologia diagnóstica auxiliar à bacteriologia clássica. Estes métodos têm ampla aplicação no diagnóstico e tipificação da tuberculose bovina, no entanto, a baixa sensibilidade quando aplicados diretamente sobre homogeneizados de tecidos tem limitado sua difusão como método diagnóstico de rotina. A solução do problema, ao que tudo indica, passa por métodos de extração mais eficientes e menos vulneráveis aos fatores inibidores da amplificação. Assim, foram selecionadas 60 lesões granulomatosas de 60 bovinos condenados em abatedouro, 30 positivas ao isolamento de Mycobacterium bovis (padrão ouro positivo) e 30 negativas (padrão ouro negativo). Dessas lesões foram obtidos homogeneizados que foram submetidos a diferentes protocolos de extração de DNA, que por sua vez foram todos submetidos ao mesmo protocolo de amplificação. Os resultados mostraram que o protocolo de BOOM et al. (1990) modificado apresentou sensibilidade superior ao isolamento de M. bovis pelo método clássico.
Título em inglês
DNA extraction protocols comparison for detecting Mycobacterium bovis by PCR in bovine organs homogenates
Palavras-chave em inglês
mycobacterium bovis
bovine
DNA (extraction)
lymphonodes of animals
polymerase chain reaction
Resumo em inglês
The bovine tuberculosis, whose etiological agent is the Mycobacterium bovis, is a major zoonosis of cattle, of chronical course. Due to the expressive loss of viable bacilli during the decontamination processes and the long period between the primary isolation and the final identification of the specie, molecular methods are being used as auxiliary diagnostic methods to the classical bacteriology. These methods have a broad scope of application in the diagnosis and typification of bovine tuberculosis. However, the low sensibility when applied directly to tissue homogenates have limited its application as routine diagnostic method. The answer to this problem, as it seems, is the development of extraction methods that are more efficient and less vulnerable to inhibition factors of amplification. Therefore, 60 granulomatous lesions of 60 condemned bovines at abattoir were selected, 30 Mycobacterium bovis isolation positives (positive gold standard), and 30 negatives (negative gold standard). The homogenates were obtained from these lesions and were subjected to different DNA extraction protocols, all of which were submitted to the same amplification protocol. The results showed that BOOM et al. (1990) modified protocol showed superior sensibility than the M. bovis isolation through the classical method.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2007-03-13
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.