• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.10.2008.tde-03042008-111549
Documento
Autor
Nome completo
Clarice Yukari Minagawa
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2008
Orientador
Banca examinadora
Benites, Nilson Roberti (Presidente)
Gilioli, Rovilson
Souza, Nivea Lopes de
Título em português
Estudo microbiológico fecal de linhagens de camundongos, de estirpes de E. coli e do meio ambiente em biotérios
Palavras-chave em português
Escherichia coli
Biotério
Camundongos
Linhagens animais
Teste de sensibilidade microbiana
Resumo em português
Os camundongos têm sido amplamente utilizados na experimentação desde o século XVII, devendo sua qualidade microbiológica ser pesquisada e mantida, para evitar que eles adoeçam ou morram durante o experimento, não transmitam zoonoses e para que os resultados apresentados no experimento sejam confiáveis. A Escherichia coli faz parte da microbiota entérica dos mamíferos, podendo algumas linhagens causar infecções. As estirpes patogênicas apresentam diferentes fatores de virulência, como as endotoxinas, adesinas, enterotoxinas, fator citotóxico necrosante e as hemolisinas. Este trabalho teve como objetivos: analisar as microbiotas aeróbias bacteriana e fúngica presentes no intestino das linhagens de camundongos Swiss, C57BL/6, BALB/c, C3H/HePas, C3H/HeJ, MDX e YCx43, verificando se existem diferenças entre elas; avaliar a suscetibilidade "in vitro" frente aos antimicrobianos das E. coli isoladas, verificando se existem diferenças entre as linhagens; verificar a ocorrência de resistência a múltiplos antimicrobianos nas E. coli isoladas; pesquisar os fatores de virulência das E. coli isoladas, também investigando se existem diferenças destes entre as linhagens estudadas; identificar os microrganismos presentes nos diferentes ambientes em que estes animais são mantidos, verificando se existem diferenças entre eles. Os camundongos foram necropsiados e coletou-se uma pequena quantidade de seu conteúdo fecal que foi semeado nos meios de cultura BHI, ágar sangue de carneiro 5%, ágar MacConkey e ágar Saboraud dextrose. Foi realizando o antibiograma e PCR das E. coli isoladas. Realizou-se a cultura de suabes da mesa, maçaneta de porta e exterior das luvas dos funcionários. Verificou-se que as linhagens de camundongos estudadas apresentam microbiotas fecais diferentes; as estirpes de E. coli são diferentes em cada linhagem e apresentam resistência a múltiplos antibióticos, que as estirpes de E. coli isoladas não são patogênicas, que as bactérias isoladas nas salas do biotério não foram influenciadas pela microbiota fecal dos camundongos e que o monitoramento microbiológico de rotina dos animais, do ambiente e dos técnicos, e as normas de biossegurança são indispensáveis e devem ser sempre adotados e mantidos no biotério.
Título em inglês
Fecal microbiologic study of mice lineages, E. coli strains and the environment in laboratory animal facilities
Palavras-chave em inglês
Escherichia coli
Animal strains
Laboratory animal facilities
Mice
Microbian sensibility test
Resumo em inglês
Mice have been largely used at experiences since 17o century, so their microbiological quality should be investigated and kept safety in order to avoid they become ill or die during an investigation and don't transmit zoonosis to those who handle them; this is important in order to make the results presented in the experience be reliable. The Escherichia coli is part of enteric microbiota of mammals, and some of them may cause infections. The pathogenic strains of E. coli show different virulence factors, such as endotoxins, adhesins, enterotoxins, necrotizing citotoxic factors (cnf) and hemolysins. This study has aimed to analyze: the bacterial and fungi aerobic microbiota present at intestine of lineages Swiss, C57BL/6, BALB/c, C3H/HePas, C3H/HeJ, MDX and YCx43 mice, checking if there are differences among them; to evaluate the susceptibility in vitro to antimicrobial agents of E. coli isolated, checking if there are differences among lineages; to verify the occurrence of resistance to multiple antimicrobial agents at E. coli isolated; to investigate the virulence factor's of lineages of E. coli, also checking if there are differences among these lineages and the lineages studied; identify the micro-organisms presented at different environments where these animals are kept, checking if there are differences among them. The mice were submitted to necropsy and it was collected a little amount of their fecal content. This fecal content was seeded in culture mediums of BHI, sheep blood agar 5%, MacConkey agar and Saboraud dextrose agar. The mice's lineages studied have different fecal microbiotas; the E. coli strains are different in each lineage and they've showed resistance to multiple antibiotics; the E. coli strains are not pathogenics; isolated bacteria on animal rooms were not affected by mice's fecal microbiotas, the microbiological monitoring of animals and biosafety standards always must be adopted and followed at animal rooms.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Clarice_Yukari_Minagawa.pdf (1,021.21 Kbytes)
Data de Publicação
2008-04-08
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.