• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.10.2012.tde-26062013-114248
Documento
Autor
Nome completo
Maria Eugenia Carretero
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2012
Orientador
Banca examinadora
Sá, Lilian Rose Marques de (Presidente)
Gorniak, Silvana Lima
Oliveira, Regiani Carvalho de
Título em português
Estudo de Tilápias do Nilo (Oreochromis niloticus) como bioindicadores da poluição por mercúrio nos lagos do Parque Ibirapuera e do Parque Ecológico do Tietê na Grande São Paulo
Palavras-chave em português
Mercúrio
Patologia ambiental
Poluição ambiental
Tilápias do Nilo
Resumo em português
A Grande São Paulo, composta por 39 municípios, apresenta crescimento urbano e industrial expoente que contribuem para o constante acúmulo de poluentes no ambiente. Ainda assim, exibe áreas verdes remanescentes que contribuem para a sustentabilidade ambiental da cidade, como por exemplo, o Parque Ibirapuera e o Parque Ecológico do Tietê. Nesse contexto, o presente estudo visa verificar a viabilidade em utilizar as O. niloticus como bioindicadoras da poluição por mercúrio no ecossistema aquático dos dois parques da Grande São Paulo. Obteram-se para as tilápias do Nilo do Parque Ibirapuera pertencentes aos pontos de coleta A, B e C durante o inverno as respectivas concentrações de mercúrio total no sangue 2,72±4,20µg/L, 2,45±1,90µg/L e 1,19±0,05µg/L e, no hepatopâncreas as respectivas concentrações de mercúrio de 0,07±0,02 µg/g, 0,06 ±0,005 µg/g e 0,16 ±0,07 µg/g. No verão as tilápias do Parque Ibirapuera apresentaram nos mesmos pontos de coleta as respectivas concentrações de mercúrio total no sangue 2,50±0,84µg/L, 2,67±1,03µg/L e 2,430±0,790µg/L e, no hepatopâncreas as respectivas concentrações de mercúrio de 0,08 ±0,03 µg/L, 0,16 ±0,10 µg/L e 0,09 ±0,03 µg/L. Os peixes do Parque Ecológico do Tietê pertencentes ao ponto de coleta B durante o inverno e verão apresentaram no hepatopâncreas as concentrações de mercúrio total de 0,08±0,01µg/g e 0,10±0,0µg/g e, no sangue as concentrações e mercúrio de 3,59 µg/L e 2,00±1,00 µg/L. A análise estatística de regressão linear foi negativa, alta e com significância estatística apenas entre a idade estimada e a concentração do mercúrio no sangue sugerindo que as tilápias jovens são mais susceptíveis ao acúmulo de mercúrio. Viabilizou-se através deste estudo o uso das tilápias do Nilo como bioindicadores para a poluição por mercúrio nos lagos dos parques da Grande São Paulo.
Título em inglês
Study on Nile Tilapia (Oreochromis niloticus) as mercury pollution bioindicators at Parque Ibirapuera and Parque Ecológico do Tietê lakes at Greater São Paulo
Palavras-chave em inglês
Environmental pathology
Environmental pollution
Mercury
Nile tilapia
Resumo em inglês
The Greater São Paulo, formed by 39 cities, presents high urban and industrial growth that contribute to environmental pollution accumulation. In contrast, the same area has residual green areas that contributes to the city's environmental sustainability, such as Parque Ibirapuera and Parque Ecológico do Tietê. This study intends to verify the feasebility of using O. niloticus as bioindicators of mercury pollution on the aquatic ecosystem of two Greater São Paulo parks. At winter, on Parque Ibirapuera, the collected Nile Tilapia presented 2,72±4,20µg/L, 2,45±1,90µg/L e 1,19±0,05µg/L mercury concentration on blood and 0,07±0,02 µg/g, 0,06 ±0,005µg/g e 0,16 ±0,07 µg/g mercury concentration on liver for collect points A, B and C respectively. At summer, Nile Tilapias collected on the same three points, presented 2,50±0,84µg/L, 2,67±1,03µg/L e 2,430±0,790µg/L mercury concentration on blood and 0,08 ±0,03 µg/L, 0,16 ±0,10 µg/L e 0,09 ±0,03 µg/L on liver. The Parque Ecológico do Tietê's fish, from point B, presented 0,08±0,01µg/g mercury concentration on liver and 3,59 µg/L mercury concentration on blood. At summer, the mercury concentrations were 0,10±0,0µg/g on liver and 2,00±1,00 µg/L on blood. The linear regression statistical analisys was negative, high and with statistical significance only between estimated age and blood mercury concentration, indicating that young tilapia are more likely to accumulate mercury. The use of Nile Tilapia as bioindicators for mercury pollution on Greater São Paulo's park lakes was made viable through this study.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2013-09-30
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.