• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
Documento
Autor
Nome completo
Dario Abbud Righi
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2006
Orientador
Banca examinadora
Palermo Neto, João (Presidente)
Bernardi, Maria Martha
Leite, José Roberto
Nascimento, Elizabeth de Souza
Spinosa, Helenice de Souza
Título em português
Efeitos da administração de cialotrina sobre a atividade de macrófagos peritoneais de ratos
Palavras-chave em português
atividade
Cialotrina
Eixo Hipotálamo-Hipófise-Adrenal
macrófago
Piretróide tipo II
Resumo em português
Os piretróides sintéticos, em especial os do tipo II, como a cialotrina, são extensivamente utilizados para o controle de uma ampla variedade de ectoparasitas que acometem os animais de produção. Entretanto, no Brasil e em outros países, sua utilização vai além da saúde animal, sendo utilizados também em saúde pública, no controle de diversos vetores, como é o caso do vetor da dengue, dentre outros. Visto que a cialotrina modifica a atividade de macrófagos peritoneais, o objetivo deste trabalho foi investigar os prováveis mecanismos através dos quais este piretróide modifica a atividade destas células. Os presentes resultados, analisados em seu conjunto, mostram de maneira inequívoca que a cialotrina tem um efeito direto e/ou indireto sobre a atividade de macrófagos peritoneais. Especificamente, observou-se neste trabalho que o praguicida causou em ratos: 1 ? marcação fos positiva em neurônios do núcleo paraventricular do hipotálamo (NPH), após a dose de 3,0 mg/kg/dia; 2 - diminuição do percentual e intensidade de fagocitose de macrófagos peritoneais ativados e avaliados por citometria de fluxo; 3 - diminuição dose-dependente da produção de nitrito (NO2); 4 ? diminuição do percentual e intensidade de fagocitose de macrófagos peritoneais ativados, em ratos adrenalectomizados e/ou tratados com metirapona (inibidor da síntese de corticosterona) e RU 486 (antagonista de receptores glicocorticóides) com a finalidade de modular os níveis de glicocorticóides, e tratados com 3,0 mg/kg/dia de cialotrina; 5 ? aumento dos níveis de noradrenalina hipotalâmica em animais tratados com a dose de 3,0mg/kg/dia de cialotrina; 6 - diminuição do percentual e intensidade de fagocitose, bem como diminuição da produção de nitrito de macrófagos peritoneais ativados, em ratos simpatectomizados químicamente com 6-OHDA; 7 - diminuição dose dependente do percentual e intensidade de fagocitose, bem como da produção de nitrito de macrófagos peritoneais ativados e tratados in vitro com 10 e 100 nM de cialotrina. No entanto, não observamos: 1 ? alterações na produção de nitrito realizada por macrófagos peritoneais ativados, em ratos adrenalectomizados e/ou tratados com metirapona e RU 486; 2 - alterações na viabilidade celular induzida pelo tratamento in vitro com a cialotrina na concentração de 10 e 100 nM e 3 ? alterações nos efeitos da cialotrina sobre a atividade de macrófagos tratados in vitro com os ligantes de receptores benzodiazepínicos periféricos. Em conjunto, os presentes dados mostram que a cialotrina interfere com a atividade de macrófagos por atuar indiretamente, através da ativação do eixo Hipotálamo-Hipófise-Adrenal (HHA), e/ou diretamente sobre os mesmos modulando sua atividade. É muito provável que o efeito resultante do tratamento in vivo com este praguicida esteja ligado à somatória destas ações
Título em inglês
Effects of cyhalothrin administration on peritoneal macrophage activity of rats
Palavras-chave em inglês
Cyhalothrin
Hypothalamus-pituitary-adrenals axis
Macrophage activity
Type II pyrethroid
Resumo em inglês
Synthetic pyrethroids, particularly those of type II, such as cyhalothrin, are extensively used in agriculture for the control of a broad range of ectoparasites in farm animals. However, in Brazil and some other countries, these pyrethroids have also been used in public health, for the control of insects that are known to be vectors of diseases such as dengue. Since it has been suggested that cyhalothrin alters activity of peritoneal macrophages, the objective of our study was to investigate the putative mechanisms for the changes induced by pyrethroid in these cells. The results presented here show, in an unequivocal manner, that cyhalothrin has a direct or indirect (or both) effect on the activity of peritoneal macrophages. We specifically observed in this work that this pesticide induced in rats: 1- Fos-positive immunostaining in neurons of the paraventricular nucleus of the hypothalamus (NPH), after 3.0 mg/kg/day; 2 ? a reduction in the percentage and intensity of phagocytosis by activated peritoneal macrophages, evaluated by flow cytometry; 3 ? a dose-dependent reduction in nitrite production (NO2); 4 ? a reduction in the percentage and intensity of phagocytosis by activated peritoneal macrophage from adrenalectomized rats treated or not with metirapone (inhibitor of corticosterone synthesis) or RU 486 (antagonist of glicocorticoids receptors) with the propose of modulating the levels of glicocorticoids, and treated with 3.0 mg/kg/day of cyhalothrin; 5 ? an increase in the hypothalamic levels of noradrenaline in rats treated with 3.0 mg/kg/day of cyhalothrin; 6 ? a reduction in the percentage and intensity of phagocytosis and also a decrease in the production of nitrite by activated peritoneal macrophages, after chemical sympatectomy with 6-OHDA; 7 ? a dose-dependent reduction of the percentage and intensity of phagocytosis, and also a decrement in nitrite production by activated peritoneal macrophages treated in vitro with 10 and 100 nM of cyhalothrin. However, we found no differences on: 1 ? nitrite production by activated peritoneal macrophages after adrenalectomy, treated or not with metirapone or RU 486; 2 ?cell viability of peritoneal macrophages treated in vitro with 10 and 100 nM of cyhalothrin, and 3 ? the effects of cyhalothrin on macrophage activity after in vitro treatment with peripheral benzodiazepine receptor ligands. Altogether, the present results show that cyhalothrin interferes with the activity of peritoneal macrophages by acting indirectly, via activation of the hypothalamus-pituitary-adrenal axis, or directly on these cells, altering their activity. As a matter of fact, it is quite possible that the results of in vivo cyhalothrin treatment on macrophage activity would be related to the combined effect of these direct and indirect influences
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
DarioAbbudRighi.pdf (1.45 Mbytes)
Data de Publicação
2007-02-27
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2014. Todos os direitos reservados.