• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.10.2004.tde-21052007-171727
Documento
Autor
Nome completo
Altamir Benedito de Sousa
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2004
Orientador
Banca examinadora
Górniak, Silvana Lima (Presidente)
Florio, Jorge Camilo
Maiorka, Paulo César
Maruo, Viviane Mayumi
Porta, Valentina
Título em português
Avaliação dos efeitos tóxicos do cianeto e do tiocianato no período perinatal. Estudo em ratos
Palavras-chave em português
Intoxicação
Leite
Líquido amniótico
Ratos
Sangue
Toxicologia reprodutiva
Resumo em português
O objetivo do presente estudo foi o de determinar os efeitos da exposição prolongada ao KCN e ao KSCN em ratos, no período perinatal. Inicialmente, realizou-se o estudo toxicocinético do tiocianato em ratas, em três estados fisiológicos diferentes: fase estrogênica, gestacional e de lactação. Para tal, estes animais receberam, por via oral, na água de bebida ou gavage, a dose única de 3 mg/kg de KCN. Os resultados obtidos mostraram aumento significante nos níveis séricos, lácteos e no líquido amniótico, de tiocianato, após a administração do KCN. A partir destes dados, foram calculados os parâmetros toxicocinéticos. Na segunda etapa, foram utilizadas ratas, as quais foram divididas em 3 grupos controles e 18 experimentais, que receberam as diferentes doses de KCN (1; 3 e 30 mg/kg) ou KSCN (0,8; 2,4 e 24 mg/kg), na água de bebida, do 6º ao 20º dia de gestação e submetidas à eutanásia no 20º dia da gestação ou no 22º dia pós-parto; e do 1º ao 19º dia da lactação, e submetidas à eutanásia no 19º dia deste período. Ao final de cada experimento, os animais foram submetidos à eutanásia, no período apropriado, bem como os fetos e filhotes, coletando-se soro para análise dos níveis de tiocianato, glicose, colesterol, uréia, creatinina, alanina aminotransferase, aspartato aminotransferase, fosfatase alcalina, bem como foram retirados fragmentos do sistema nervoso central, do rim, do pâncreas, da tireóide, do fígado, do pulmão e do baço para estudo histopatológico. Ainda, realizou-se a dosagem de tiocianato no líquido amniótico e no leite, bem como a análise óssea e visceral dos fetos. Dos parâmetros bioquímicos analisados, em relação às mães, verificou-se que os níveis séricos de tiocianato estiveram aumentados, significantemente, em diversos grupos experimentais, no entanto, poucas foram as alterações nas enzimas e outras substâncias avaliadas. O estudo histológico revelou, tanto naquelas gestantes quanto nas lactantes, nefrose, hemorragia e hemossiderose renal; congestão, neuronofagia e gliose no SNC; congestão, vacuolização e proliferação dos ductos biliares e aumento no número de vacúolos de reabsorção no colóide dos folículos tireoidianos, de forma dose-dependente, nos diferentes grupos experimentais. Ratas gestantes, submetidas à eutanásia no 20º dia da gestação apresentaram, ainda, depleção de células das ilhotas de Langerhans. Em relação aos filhotes, tanto aqueles provenientes de fêmeas tratadas durante a gestação quanto da lactação, verificou-se que, embora a avaliação bioquímica tenha revelado alteração apenas no tiocianato sérico de filhotes de mães provenientes dos grupos experimentais, o estudo histológico, nestas proles, mostrou várias lesões, a saber: congestão, neuronofagia e gliose no SNC, congestão renal e hepática, vacuolização e proliferação dos ductos biliares. Por outro lado, não foram detectadas alterações na performance reprodutiva bem como na análise visceral e óssea dos fetos. Portanto, pode-se sugerir que o cianeto e/ou seu metabólito promovam efeito tóxico diretamente sobre o feto, no entanto estas alterações são passíveis de detecção apenas na fase pós-natal. Além disto, verificou-se, que o cianeto e/ou o tiocianato são carreados para o leite, podendo comprometer, também, a saúde do neonato.
Título em inglês
Evaluation of toxic effects of cyanide and thiocyanate during perinatal period. Study in rats
Palavras-chave em inglês
Amniotic fluid
Blood
Intoxication
Milk
Rats
Reproductive toxicology
Resumo em inglês
The aim of the present study was to determinate the toxic effects of long-term exposure to KCN and KSCN in rats, during perinatal period. Initially, it was achieved the toxicokinetics study of the thiocyanate in female rats, in three different physiological states: estrogenic, gestation and lactation. These animals received, per os, in the drinking water or by gavage, the unique dose of 3.0 mg KCN/kg. The results showed significantly increased in the thiocyanate levels in the serum, milk and amniotic fluid, after the administration of the KCN. The toxicokinetics parameters were calculated based on these data. In a second part, female rats were distributed in 18 experimental and 3 control groups. The experimental groups were dosed with 1, 3 and 30 mg KCN/kg or 0.8; 2.4 and 24 mg KSCN/kg, daily, in the drinking water, from days 6 to 20 of gestation and euthanized on day 20 of gestation or on day 22 postpartum; or received from days 1 to 19 of lactation and euthanized on day 19 of lactation. At the end of each experiment, the animals were euthanized, in the appropriated period, as well as the fetuses and pups. The serum samples were obtained in order to determine the thiocyanate, glucose, cholesterol, urea, creatinine, alanine aminotransferase, aspartate aminotransferase, alkaline phosphatase levels as well as samples of the following organs for the histopathological study: central nervous system, kidney, pancreas, thyroid, liver, lung and spleen. Yet, the levels of thiocyanate were evaluated in the amniotic fluid and milk, from the mothers, as well as the skeletal and visceral analysis of the fetuses. From the biochemical parameters, in relation to the dams, it was verified that the thiocyanate levels were significantly increased, in several experimental groups; otherwise, too few alterations were observed in the enzymes and others substances analyzed. The histopathological study revealed, in the pregnant and lactating rats, nephrosis, hemorrhage and hemosiderosis in the kidneys; congestion, neuronophagia and gliosis in the CNS; vacuolization and proliferation of the biliar ducts in the liver and increase in the number of reabsorption vacuoles in follicular colloid, in a dose-dependent manner, in some experimental groups. At the pregnant rats that were euthanized on day 20 of gestation, it was verified depletion of cells from the islets of Langerhans. In relation to the pups, from mothers exposed during the gestation and lactation, it was verified alteration in the thiocyanate levels from experimental groups and the histopathological study revealed: congestion, neuronophagia and gliosis in the CNS, renal and hepatic congestion, vacuolization and proliferation of biliar ducts. On the other hand, it was verified no alterations in the reproductive performance nor skeletal and visceral analysis of the fetuses. Thus, it was suggested that the cyanide and/or its metabolite promoted toxic effect straight to the fetuses; however, these alterations are susceptible of detection only at postnatal phase. Furthermore, the cyanide and/or thiocyanate are transferred to the breast milk of rats and can also compromise the health of the offspring.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2007-06-12
 
AVISO: O material descrito abaixo refere-se a trabalhos decorrentes desta tese ou dissertação. O conteúdo desses trabalhos é de inteira responsabilidade do autor da tese ou dissertação.
  • Sousa, A.B., et al. Evaluation of prenatal exposure to cyanide and thiocyanate in Wistar rats. Reproductive Toxicology (Elmsford, N.Y.), 2007, vol. 23, p. 568-577.
  • Sousa, A.B., et al. Thiocyanate levels in breast milk of women in the puerperal period: influences of somoking and alimentary habbits. Revista Brasileira de Nutrição Clínica, 2007, vol. 22, p. 265-269.
  • Sousa, A.B., et al. Toxicokinetics of cyanide in rats, pigs and goats after oral dosing with potassium cyanide. Archives of Toxicology, 2003, vol. 77, p. 330-334.
  • Sousa, A.B., e Gorniak, S.L. Toxicokinetic aspects of thiocyanate after oral exposure to cyanide in female Wistar rats in different physiological states [doi:10.3109/01480545.2013.806533]. Drug and Chemical Toxicology (New York, N.Y. 1978) [online], 2013, vol. x, p. 1-6.
  • Sousa, A.B., Maiorka, P.C, e GORNIAK, S. L. Evaluation of effects of perinatal exposure to the cyanide and thiocyanate in wistar rats. In XIV Congresso Brasileiro de Toxicologia, Recife, 2005. Revista Brasileira de Toxicologia., 2005. Resumo.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.