• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.10.2003.tde-30042004-123959
Documento
Autor
Nome completo
Lucas Alécio Gomes
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2003
Orientador
Banca examinadora
Prada, Irvenia Luiza de Santis (Presidente)
Farias, Eduardo Cunha
Mariana, Arani Nanci Bomfim
Título em português
Estudo morfológico da glândula pineal no cão
Palavras-chave em português
anatomia
cães
microscopia
pineal animal
Resumo em português
A glândula pineal animal por muito tempo foi uma estrutura “esquecida” ou considerada de pouca importância para muitos estudiosos ligados à anatomia. Após a descoberta da melatonina, hormônio por ela secretado novas pesquisas e perspectivas surgiram. Neste trabalho, efetuamos estudo morfológico desta glândula no cão, mediante análise macroscópica, mesoscópica e microscópica (microscopia de luz). Para este estudo, foram utilizados 20 cães. A glândula pineal revelou um formato variando de cônico a glossóide (em relação à língua humana); cor entre bege e marrom-acinzentado; consistência gelatinosa. Sua largura e comprimento também foram avaliados e não guardam correlação com o tamanho (comprimento e largura) do encéfalo correspondente. Quanto à microscopia, utilizamos coloração de hematoxilina-eosina e observamos a presença dos seguintes componentes: cápsula; septos ou trabéculas pinealócitos; células da glia; grânulos de pigmentos, não tendo sido registradas a presença de concreções calcáreas.
Título em inglês
Morphological study of the pineal gland of the dog
Palavras-chave em inglês
anatomy
animal pineal
dogs
microscopy
Resumo em inglês
The animal pineal gland were forgotten for long time by researchers related to anatomy. With the discovery of the melatonin (a hormone secreted by the pineal gland) by Lerner et al., new researches and perspective arises becaming the pineal a structure more investigate. In this work, we studied the morphology of the epiphysis cerebri of the dogs, making a macroscopic, mesoscopic and microscopic (light microscopy) analysis, employing stain of hematoxilina-eosine. We used twenty animals. The pineal reveals a shape that various between conic and glossoid (in relation to human tongue); color between cream and gray-brownish; and a gelatinous consistence. We measured the length and width of the gland and related with the length and width of the respective encephalon. Microscopically the pineal of the dog showed a capsule; septa; pinealocytes; glial cells; pigment granules and no calcareous concretions were observed.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
lucasalecio.pdf (747.54 Kbytes)
Data de Publicação
2004-08-06
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.