• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.10.2005.tde-29062006-115342
Documento
Autor
Nome completo
Rose Eli Grassi Rici Azarias
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2005
Orientador
Banca examinadora
Miglino, Maria Angélica (Presidente)
Ambrosio, Carlos Eduardo
Ferraz, Rosa Helena dos Santos
Ferreira, Jussara Rocha
Melo, Alan Peres Ferraz de
Título em português
Morfologia dental da preguiça-de-coleira Bradypus torquatus, Illiger, 1858
Palavras-chave em português
Bradypus torquatus
Bicho preguiça
Dentes
Morfologia
Resumo em português
As preguiças são exclusivamente herbívoras, alimentando-se de folhas, flores, brotos, talos verdes e frutos da umbaúba ou guaruma. A anatomia do dente é o alvo desta pesquisa, que teve suas primeiras investigações objetivando estabelecer dados comparativos de sua dentição e de outros mamíferos, inclusive o homem. Foram estudadas algumas particularidades de suas estruturas macroscópicas e microscópicas, motivados pelo fato, destes animais apresentarem dentes incompletos ou rudimentares, desprovido de esmalte, o que proporciona acentuado desgaste e consideráveis alterações em sua mastigação. Foram utilizados doze animais, compreendendo machos, fêmeas e natimortos, todos da espécie Bradypus torquatus (preguiça-de-coleira), cedidos pelo Projeto de Preservação do Bicho-Preguiça, CEPLAC, Ilhéus ? BA. Foram realizados, exames macroscopicos, radiograficos, além dos estudos de microscopia de luz utilizando técnicas de desgastes e descalcificação e a também a microscopia eletrônica de varredura. Foram achados que os dentes do Bradypus torquatus apresentam as faces lingual, vestibular, distal, mesial e oclusal, destacando-se ainda a presença de cúspides, resultante do desgaste do dente durante a mastigação. A morfologia do dente nestes espécimes, é fortemente relacionada aos hábitos alimentares e toda a arcada dentária, tanto a maxilar, quanto a mandibular, apresentam dentes de formato semelhante, indicando não existir uma especialização dental. As radiografias laterais e periapicais constituem um método eficiente para se evidenciar que estes animais nascem dentados, apresentando em cada hemiarcada 5 dentes na maxila e 4 na mandíbula, totalizando dezoito unidades numeradas do sentido oral para aboral. Com o envelhecimento do animal ocorre um desgaste progressivo da coroa, determinando o seu aplainamento com o desaparecimento das cúpides. Os componentes estruturais dos dentes no Bradypus torquatus são cemento, dentina externa e dentina interna e polpa. A dentina dispõe-se como interna na parte central do dente. É possível identificar um tecido situado entre cemento e a dentina externa contendo túbulos dentinais contínuos com aqueles da dentina externa e canais vasculares da dentina interna. Esta investigação poderá subsidiar a busca a respostas para sugestão de uma dieta alimentar adequada ao animal em cativeiro.
Título em inglês
Dental morphology of the maned sloth, Bradypus torquatus, Illiger, 1858
Palavras-chave em inglês
Bradypus torquatus
Maned sloth
Morphology
Tooth
Resumo em inglês
The sloths are exclusively herbivore, feeding of leaves, flowers, sprouts, green stalks and fruits of the umbaúba or guaruma. The anatomy of the tooth is the aims of this research, had first investigations to establish a comparison with teething of other mammals, besides the man. Were studied the anatomy of the tooth of the Bradypus torquatus, and some particularities of gross and microscopic structures, motivated by the fact of these animals present incomplete teeth or rudimentary, without enamel, the one that provides accentuated wear and tear and considerable alterations in it mastication. Twelve animals were used, understanding males, females and stillborn all of the species Bradypus torquatus (maned sloth), given in by the Project of Preservation of the Sloths, CEPLAC, Ilhéus - BA. Were done gross studies, radiographic exams, and light microscopic techniques using wasted and decalcification and scanning electron microscopy were accomplished. Were found results that the teeth present the lingual faces, vestibular, distal, mesial and oclusal, still standing out the presence of "peaks", resulting from the wast of the tooth during the mastication. The morphology of the tooth in these specimens is strongly related to the alimentary habits and the whole dental arch, so much to maxillary as the mandibular, present teeth of similar shape, indicating a dental specialization not to exist. The lateral x-rays and periapical constitute an efficient method to evidence these specimens are born jagged, presenting in each hemiarcade 5 teeth in the jawbone and 4 in the jaw, totaling eighteen numbered units of the oral sense for aboral. With the aging of the animal it happens a progressive waste of the crown, determining it leveling with the disappearance of the "peakes". The components of the teeth in the Bradypus torquatus are cement, dentine expresses and dentine interns and pulp. The dentine is disposed as it interns in the central part of the tooth. It is possible to identify a located tissue between cement and the external dentine containing tubules continuous dentals with those of the external dentine and vascular channels of the intern dentine. This investigation can subsidize the search to answers for suggestion of an appropriate alimentary diet to the animal in captivity.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2007-07-18
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.