• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.10.2004.tde-10012005-100231
Documento
Autor
Nome completo
Moacir Franco de Oliveira
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2004
Orientador
Banca examinadora
Miglino, Maria Angélica (Presidente)
Albuquerque, José Fernando Gomes de
Papa, Paula de Carvalho
Sinhorini, Idércio Luiz
Yamada, Aureo Tatsumi
Título em português
Placentação em mocós, Kerodon rupestris Wied, 1820
Palavras-chave em português
Microscopia
Placentação
Roedores
Resumo em português
Estudos de placentação foram desenvolvidos em quatorze fêmeas de mocós em diferentes fases de gestação. As fêmeas foram pré-anestesiadas associando-se cloridrato de quetamina (15mg/kg) e midazolan (1mg/kg). Em seguida anestesiadas com isoflurano em associação com oxigênio com 100% de saturação. Após a anestesia realizou-se a cirurgia para a exposição das estruturas fetais e a coleta de dados. Macroscopicamente, identificou-se uma placenta discoidal, o saco vitelínico e o âmnio de aspecto transparente e avascular. Microscopicamente, o cordão umbilical apresentou duas artérias, uma veia e o ducto alantoideano, além de uma artéria e uma veia vitelínicas. A placenta mostrou uma relação mesometrial com o útero e apresentou-se constituída por lóbulos delimitados por regiões de interlóbulo e, perifericamente, uma região de sincício marginal contendo locais com espongiotrofoblasto e células trofoblásticas gigantes. A subplacenta esteve composta por lóbulos e por trofoblasto de natureza sincicial e celular. O saco vitelínico apresentou uma porção parietal sustentada pela membrana de Reichert´s e uma porção visceral muito vascularizada. Os estudos de placentação em mocós indicaram a presença de um útero bicórneo, uma placenta corioalantoídea discoidal e labiríntica, com barreira placentária hemocorial de subtipo hemomonocorial separando um fluxo sangüíneo materno-fetal do tipo contracorrente.
Título em inglês
Placentation in rock cavies, Kerodon rupestris (Wied, 1820)
Palavras-chave em inglês
Microscopy
Placenta
Rodents
Resumo em inglês
Placentation studies of fourteen rock cavy females in different gestation phases were conducted. Females were pre-anesthetized associating ketamine chloridrate (15mg/kg) and midazolan (1mg/kg). Soon afterwards, they were anesthetized by isoflurane inhalation in association with oxygen at 100% saturation. After anesthesia, the surgery allowed to exhibit fetal structures and then data collection was performed. Macroscopically, a discoidal placenta, vitelline sack and the amnion of a transparent aspect and avascular, were identified. Microscopically, the umbilical cord presented two arteries, a vein and the allantoid duct, besides an artery and a vitelline vein. The placenta showed a relationship between the mesometrium and the uterus and was constituted by lobes delimited by interlobular areas and, peripherically, by an area of marginal syncytium containing places with spongiotrophoblast and gigantic trophoblastic cells. The subplacenta was composed by lobules and by a trophoblast of syncytium and cellular nature. The vitelline sack showed a parietal portion sustained by the Reichert´s membrane and a well-vascularized visceral portion. The placentation studies in rock cavies indicated the presence of a bicornuate uterus, a chorioallantoid discoidal and labirynthic placenta, with a hemochorial placental barrier of hemomonochorial subtype separating the maternal-fetal countercurrent sanguine flow.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2007-08-08
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.