• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.10.2012.tde-08102012-163918
Documento
Autor
Nome completo
Aline Gonçalves
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2012
Orientador
Banca examinadora
Liberti, Edson Aparecido (Presidente)
Chopard, Renato Paulo
Oliveira, Flavia de
Título em português
Avaliação morfoquantitativa das expressões do IGF-I, Insulina e de seus receptores na polpa dentária e no epitélio juncional de ratos wistar na fase púbere, submetidos à subnutrição proteica pré e pós-natal e à renutrição pós-natal
Palavras-chave em português
Epitélio juncional
IGF-I
Insulina
Polpa dentária
Subnutrição
Resumo em português
Fatores nutricionais e metabólicos são capazes de comprometer o desenvolvimento pleno dos tecidos dentários, especialmente quando impingidos em períodos críticos. Estudos revelam que condições derivadas da subnutrição precoce e também tardia, interferem na atividade da insulina e do sistema IGF, demonstrando possível envolvimento com algumas patologias e apontando, em sua maioria, caráter permanente em alto grau, se não imediato, prospectivo e comprometedor da performance morfológica e funcional dos tecidos. Desta maneira, o presente estudo teve o propósito de avaliar os efeitos da subnutrição proteica pré e pós-natal e da renutrição pós-natal sobre o desenvolvimento da polpa dentária e do epitélio juncional do periodonto de ratos wistar, visando encontrar possível correspondência entre as alterações metabólicas e morfofuncionais decorrentes da subnutrição proteica, previamente relacionadas em estudos relativos à ação desses hormônios. Para tanto, formou-se grupos de animais heterogênicos (n=3) que, de acordo com a ração oferecida, normoproteica ou hipoproteica, e as respectivas idades, foram divididos nos seguintes grupos experimentais: nutridos (N) e subnutridos (S) com 60 dias de vida (fase na qual o período púbere termina) e renutridos (R), recuperados a partir de 22 até alcançarem 60 dias de vida. Após a eutanásia, os espécimes foram submetidos às técnicas de microscopia de luz (coradas com Azo-Carmim, Hematoxilina-Eosina e Picro-Sirius, esta última para a avaliação do componente colágeno) e imunohistoquímica para a identificação da expressão do IGF-I, insulina e respectivos receptores. A polpa dentária apresentou-se debilitada sob subnutrição o que foi verificado através da desorganização da camada odontoblástica e da estagnação dos componentes colágenos nos animais subnutridos. A renutrição não foi capaz de promover a recuperação de nenhum dos dois parâmetros. O estudo morfométrico permitiu verificar que a porcentagem média do número de expressões ao IGF-I foi maior nos animais do grupo N e que houve diferenças estatísticas significantes entre estes e os animais dos grupos S e R. Da mesma forma, a maior expressão de seus receptores (IGF-IR) foi encontrada nos animais do grupo N com indicação de diferença estatística apenas entre este e o grupo de animais subnutridos. A maior porcentagem média das expressões de insulina ocorreu nos animais nutridos (N), mas estatisticamente não foi detectada diferença significativa entre os grupos. Já em relação ao receptor de insulina (IR), foram constatadas diferenças estatísticas significativas entre o grupo N em relação aos grupos S e R. No epitélio juncional, a subnutrição determinou modificações no padrão das células e camadas epiteliais nos animais subnutridos, além de uma maior quantidade de colágeno do tipo III no tecido conjuntivo que o sustenta, caracterizando um atraso no desenvolvimento desses tecidos. A renutrição não foi capaz de recuperar satisfatoriamente os seus componentes estruturais. Sobre as expressões imunohistoquímicas a todos os anticorpos utilizados (para IGF-I, IGF-IR, I e IR), a análise estatística demonstrou não haver diferenças significativas entre os valores encontrados nos diferentes grupos N, S e R no epitélio juncional.
Título em inglês
Morfoquantitative evaluation of the expressions of IGF-I, Insulin and their receptors on dental pulp and junctional ephitelium of pubescent wistar rats subjected to protein undernutrition and postnatal refeeding
Palavras-chave em inglês
Dental pulp
IGF-I
Insulin
Junctional ephitelium
Undernutrition
Resumo em inglês
Nutritional and metabolic factors can cause serious injury of the development of dental tissue, especially when occurred in critical periods. Several studies reveal that conditions derived from early and later under nutrition interfere in insulin and IGF system activities; in these studies has been demonstrated the possible involvement of some pathologies most of them pointing to permanent in high degree (if not immediate) prospective and "possible dangerous" morphological and functional performance of tissues. Thus, the present study aimed to evaluate the effects of the pre and post-natal protein under nutrition, and, post-natal refeeding on the development of the dental pulp and periodontal junctional ephitelium of wistar rats, in order to find possible correlation between the metabolic and morph-functional changes arising from protein under nutrition, previously associated with studies related to the effects of these hormones. For this purpose, heterogenic animal groups were formed (n=3) divided in accordance of their diets (protein or hypo protein) and their ages into the following experimental groups: nourished (N) under nourished (S) aged 60 days (final of pubescent l periods) and renourish (R), recovered from the 22nd to 60th day old. After euthanasia, the specimens were analyzed by light microscopy (stained with Azo-carmine, Hematoxylin-Eosin and Picro Sirius, the later for collagen component analysis) and immunohistochemistry examination for identification of IGF-I expression, Insulin and respective receptors. The dental pulp turned out to be impaired in the context of undernutrition. This phenomenom was seen through disorganization of the odontoblastic layer and the stagnation of collagen components in undernourished animals. The refeeding procedure was unable to promote the recovery from any of the two parameters. With the immunohistochemistry on the dental pulp, it was found that the number of IGF-I expression was higher in group N and that there were significant differences involving these animals and those from groups S and R. Similarly, the highest expression of their receptors (IGF-IR) was found in group N, demonstrating statistical difference between this one and the group of undernourished animals. The highest average percentage of the expressions of insulin occurred in nourished animals (N), but no statistically significant difference was detected among the groups. In regard to the insulin receptor (IR), statistically significant differences were found when the group N was compared to groups S and R. In the junctional ephitelium, the undernutrition determined changes in the pattern of epithelial cells in undernourished animals and the prevalence of type III collagen fibers in the connective tissue that supports it, featuring a delay in the development of these tissues. The refeeding was not able to satisfactorily recover their structural components. About immunohistochemical expressions of all antibodies used for IGF-I, IGF-IR, I e IR in the junctional ephitelium, the statistical analysis showed no significant differences among the values found in the groups N, S and R.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2013-04-03
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.