• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.10.2003.tde-07082007-120941
Documento
Autor
Nome completo
Magali Gaspar Lourenço
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2003
Orientador
Banca examinadora
Dio, Liberato John Alphonse di (Presidente)
Jatene, Fabio Biscegli
Souza, Wilson Machado de
Título em português
Vascularização arterial dos músculos papilares do ventrículo esquerdo de cães (Canis familiaris - L. 1758)
Palavras-chave em português
Artérias
Cães
Coração
Músculos
Resumo em português
A irrigação cardíaca, tanto no homem quanto em outros mamíferos, é assunto relevante e tem sido pesquisado por diversos autores, entre os quais se destacam, em nosso meio, H. Rodrigues e os membros de sua equipe, procurando subsidiar a base biomorfológica de doenças vasculares do miocárdio. Relativamente aos músculos papilares, mesmo considerando sua destacada importância, as informações sobre o comportamento dos vasos arteriais a eles relacionados são, porém, incompletas e escassas na literatura médica. Objetivando estabelecer a origem destas artérias e sua distribuição nos músculos papilares do ventrículo esquerdo, fizemos nossa pesquisa com 30 corações de cães adultos, machos e fêmeas de raça não definida e de várias idades. Nestas espécies, após a doação de suas carcaças pelo Centro de Zoonose, logo em seguida ao óbito, o coração foi removido, isolado dos pulmões e do pericárdio parietal, lavado em água corrente e em seguida injetado através do óstio da artéria coronária esquerda com uma solução de acetato de vinil corado, neoprene látex 650 corado ou gelatina a 10%. Em alguns corações, a cor da solução variou segundo as subdivisões das artérias injetadas. Os músculos papilares em todas as técnicas utilizadas foram fixados com solução de formol a 10 %. A dissecação foi realizada para evidenciarmos a vascularização arterial e para tal utilizamos solução de ácido sulfúrico a 40 % de forma a acelerar o processo. Para realização das radiografias utilizamos injeção com mercúrio o que auxiliou a montagem dos esquemas da vascularização estudada. Assim como utilizamos a técnica de diafanização de Spalteholz para melhor visualizar a irrigação cardíaca. Evidenciamos que os músculos papilares subauricular e subatrial são irrigados pelos ramos da artéria coronária esquerda. O m. subauricular pelos ramos interventricular paraconal e circunflexo e o m. subatrial predominantemente pelo ramo circunflexo. Os sub-segmentos que suprem o m. subauricular do ramo interventricular paraconal são os ramos: colateral e ventriculares à esquerda, e do ramo circunflexo são os ramos: dorsais à esquerda e intermédio (marginal ventricular esquerdo) e mais raramente o ramo da borda ventricular esquerda (ramo diafragmático). Os sub-segmentos do ramo circunflexo que suprem o m. subatrial são os ramos: intermédio (marginal ventricular esquerdo), da borda ventricular esquerda (ramo diafragmático), ramos dorsais direito e ramo interventricular subsinuoso. Em alguns casos observamos o ramo colateral e o próprio ramo interventricular paraconal atingir a porção do vértice do m. subatrial. Em 100% dos casos foram observadas anastomoses entre os ramos que atingem o ápice cardíaco: interventricular paraconal e seu sub-segmento colateral, além dos sub-segmentos do ramo circunflexo: ramo intermédio (marginal ventricular esquerdo), ramo da margem ventricular esquerda e o ramo interventricular subsinuoso.
Título em inglês
Arterial vascularization of the papilares muscles of the left ventricle of the dog´s heart (Canis familiaris - L. 1758)
Palavras-chave em inglês
Artery
Dogs
Heart
Muscles
Resumo em inglês
Cardiac irrigation, both in man and in other mammals, is a relevant subject that has been researched by several authors, among whom H. Rodrigues and his team, who have been seeking to subsidy the biomorphological base for myocardium vascular diseases. Information about the arterial vases related to papillary muscles is incomplete and scarce in the medical literature, in spite of their great importance. Aiming at establishing the origin of these arteries and their distribution through the papillary muscles in the left ventricle, we conducted our research using 30 adult dog hearts, both male and female, of undefined breeds and of several ages. After these species´ carcasses were donated by the Zoonosis Center, immediately after death, the animals? hearts were removed, isolated from the lungs and from the parietal pericardium, washed in running water, and then injected through the left coronary artery ostium with a colored vinyl acetate solution, with colored latex neoprene 650, or with 10% gelatin. The solution color varied in a few hearts according to the injected artery subdivisions. The papillary muscles were fixed with a 10% formaldehyde solution in all techniques that were used. Dissection was performed to reveal arterial vascularization. During the procedure, we used a 40% sulfuric acid solution to accelerate the process. To perform the X-ray, we used a mercury injection to help us to assemble the studied vascularization schemes, and we also used the Spalteholz technique to view cardiac irrigation better. We found that subauricular and subatrial papillary muscles are irrigated by the left coronary artery branches: the m. subauricular by the paraconal interventricular and circumflex branches and the m. subatrial predominantly by the circumflex branch. The sub-segments that supply the m. subauricular of the paraconal interventricular paraconal branch are the collateral and left ventricular, while sub-segments that supply the circumflex branch are the left dorsal and intermediate (marginal left ventricular) and, more rarely, the left ventricular edge branch (diaphragmatic branch). The sub-segments of the circumflex branch that supply the m. subatrial are the following branches: intermediate (marginal left ventricular), the left ventricular edge (diaphragmatic branch), right dorsal branches and the sub-sinuous interventricular branch. In a few cases, we also observed the collateral branch and the paraconal interventricular branch itself reaching the vertex portion of the m. subatrial. In 100% of the cases, anastomosis was observed between the branches that reach the cardiac apex: paraconal interventricular and its collateral sub-segment, over and beyond the circumflex branch sub-segments: intermediate branch (marginal left ventricular), the left ventricular margin branch, and the sub-sinuous interventricular branch.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
MagalliGLourenco.pdf (7.47 Mbytes)
Data de Publicação
2007-08-08
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.