• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.10.2004.tde-26092007-085344
Documento
Autor
Nome completo
Cláudia Carvalho do Nascimento
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2004
Orientador
Banca examinadora
Oliveira, Claudio Alvarenga de (Presidente)
Guimarães, Marcelo Alcindo de Barros Vaz
Silva, Vera Maria Ferreira da
Título em português
Avaliação da função reprodutiva de fêmeas de peixe-boi da Amazônia (Trichechus inunguis, Natterer, 1883), mantidas em cativeiro, por meio da extração e dosagem de esteróides fecais
Palavras-chave em português
Esteróides sexuais
Fezes
Peixe-boi da Amazônia
Radioimunoensaio
Resumo em português
Neste estudo avaliou-se a função reprodutiva de fêmeas de peixe-boi da Amazônia (Trichechus inunguis) mantidas em cativeiro no Laboratório de Mamíferos Aquáticos do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (n=4) e no Centro de Preservação e Pesquisas de Mamíferos Aquáticos - Manaus Energia S.A. (n=2), por meio da extração e quantificação de progestinas e estrógenos fecais. As amostras fecais foram colhidas duas vezes por semana durante doze meses, foram liofilizadas e processadas de acordo com o protocolo adaptado de Schwarzenberger et al (1991). Realizou-se a validação dos radioimunoensaios em fase sólida, progesterona e 17β-estradiol para o uso em extratos fecais de peixe-boi da Amazônia. A duração média do ciclo ovariano (± EPM) definido por dois picos consecutivos de estrógenos fecais foi de 22,49 ± 1,26. A fase de estro teve duração média de 6,4 ± 0,45. Para verificar se as fêmeas mantidas em cativeiro apresentavam o padrão reprodutivo sazonal dos peixes-bois de vida livre sugerido por Best (1982), avaliou-se a influência das fases do ciclo hidrológico dos rios da bacia Amazônica. Não foi observada diferença estatística nas concentrações de progestinas fecais ao longo das fases do ciclo hidrológico, porém verificou-se que durante a fase de cheia apresentaram concentrações de estrógenos fecais superiores às outras fases, corroborando com os dados sugeridos por Best (1982). Com os resultados obtidos nesse estudo, pretende-se ampliar os conhecimentos sobre a fisiologia reprodutiva do peixe-boi da Amazônia, fornecendo mais uma ferramenta de estudo para auxiliar pesquisas e manejo reprodutivo, tendo como objetivo final a conservação da espécie.
Título em inglês
Reproductive assessment in captive females of Amazonian manatees (Trichechus inunguis, Natterer, 1883), by fecal steroid extraction and quantification
Palavras-chave em inglês
Amazon manatee
Fecal
Radioimmunoassay
Sexual steroids
Resumo em inglês
This study has evaluated the reproductive function of six females of the Amazon manatee (Trichechus inunguis) kept in captivity at the Aquatic Mammals Laboratory - Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (n=4) and Centro de Preservação e Pesquisa de Mamíferos Aquáticos-Manaus Energia S/A (n=2) through extraction and quantification of fecal estrogens and progestins. Fecal samples were obtained twice a week for 12 months. Validation of the solid phase radioimmunoassay for progesterone and 17β-estradiol was performed for using on Amazon manatees fecal extracts. Ovarian cycle mean duration (± SEM), defined by two consecutive peaks of fecal estrogens, was 22,49 ± 1,26 days. Mean estrous phase duration was 6,4 ± 0,45 days. To verify if the captive females showed the same seasonal reproductive pattern of wild manatees suggested by Best (1982), the influence of the hydrological cycle of the Amazon River Basin was analyzed. There was no statistical difference on the fecal progestins between phases, but during the flood phase it was verified that the estrogen fecal concentrations were increased, corroborating with Best (1982).These results show that the improvement of the non-invasive techniques for reproductive assessments increase the knowledge of reproductive physiology and is an important tool for scientific research, reproductive management, and species conservation.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2007-12-03
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.