• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.10.2006.tde-25052007-110610
Documento
Autor
Nome completo
Lindsay Unno Gimenes
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2006
Orientador
Banca examinadora
Baruselli, Pietro Sampaio (Presidente)
Barros, Ciro Moraes
Nogueira, Guilherme de Paula
Título em português
Estudo da divergência folicular e da capacidade ovulatória em bubalinos (Bubalus bubalis) e zebuínos (Bos indicus)
Palavras-chave em português
Bos indicus
Bubalinos
Capacidade ovulário
Divergência folicular
Resumo em português
O presente estudo está apresentado em Capítulo 1 (Divergência folicular; DF) e 2 (Capacidade ovulatória), e em cada estão incluídos dois experimentos [1 - em bubalinos (Bubalus bubalis); 2 - em zebuínos (Bos indicus)]. Os objetivos do Capítulo 1 foram determinar o momento e diâmetro na DF e avaliar o perfil das concentrações plasmáticas de FSH e LH próximo à seleção folicular. No Experimento 1, a ovulação foi considerada o dia zero (D0), a partir do qual 10 novilhas Murrah foram examinadas por ultra-sonografia (US) a cada oito horas (h) até o D4 e, posteriormente, a cada 24h até o D6. A avaliação da DF foi realizada por análise visual do gráfico de cada novilha (Ginther et al., 1996) e regressão linear segmentada (Bergfelt et al. 2003). As amostras de sangue, para dosagem de FSH e LH, foram colhidas com intervalos de 8h nas primeiras 24h pós-ovulação. A partir deste momento foram feitas colheitas a cada 4h até o D4 e após, a cada 12h até o D6. No método visual, o intervalo ovulação-DF, e o diâmetro dos folículos dominante (FD) e subordinado (FS) foram de, respectivamente, 63,2±5,7h; 7,2±0,3mm e 6,4±0,3mm (média±EPM). No método matemático estes mesmos parâmetros foram de, respectivamente, 61,9±4,9h; 7,3±0,3mm e 6,3±0,3mm. Não houve diferença entre os dois métodos de avaliação da DF (P>0,05). As concentrações plasmáticas de FSH e LH não variaram ao longo do tempo (P>0,05). No Experimento 2, 12 novilhas Nelore foram submetidas à US a cada 12h até o D5 e estes mesmos intervalos foram adotados para as colheitas de sangue (dosagem de FSH e LH). No método visual, o intervalo ovulação-DF, e os diâmetros do FD e FS foram de, respectivamente, 61,0±5,8h; 6,2±0,2mm e 5,8±0,2mm. No método matemático estes mesmos parâmetros foram de, respectivamente, 57,2±6,0h; 6,2±0,3mm e 5,9±0,3mm. Não houve diferença entre os métodos (P>0,05). As concentrações plasmáticas de FSH e LH não variaram ao longo do tempo (P>0,05). No Capítulo 2, o objetivo foi avaliar o diâmetro no qual o FD adquire capacidade ovulatória após administração de 25mg de LH. Os grupos foram formados de acordo com o diâmetro do FD no momento do tratamento com LH (7,0-8,4mm; 8,5-10,0mm e >10,0mm, em ambos os experimentos). No Experimento 1, foram utilizadas 29 novilhas bubalinas Murrah x Mediterrâneo. A partir do D3 (pós-ovulação), os exames US foram realizados a cada 12h até 48h do tratamento com LH. Nos grupos 7,0-8,4; 8,5-10,0 e >10,0mm, os diâmetros foliculares no momento da aplicação do LH foram de 7,8c±0,1; 9,3b±0,2 e 11,0a±0,3mm e as taxas de ovulação de 0,0%b (0/10); 50,0%a (5/10) e 55,6%a (5/9), respectivamente. No Experimento 2, 29 novilhas Bos indicus foram monitoradas por US a cada 24h a partir da ovulação até o tratamento com LH, e então a cada 12h durante 48h. Nos grupos 7,0-8,4; 8,5-10,0 e >10,0mm, os diâmetros foliculares no momento da aplicação do LH foram de 7,6c±0,1; 9,6b±0,1 e 10,9a±0,2mm e as taxas de ovulação de 33,3%b (3/9); 80,0%a (8/10) e 90,0%a (9/10), respectivamente.
Título em inglês
Study of follicle deviation and ovulatory capacity in buffaloes (Bubalus bubalis) and zebu cattle (Bos indicus)
Palavras-chave em inglês
Bos indicus
Buffaloes
Follicke deviation
Ovulatory capacity
Resumo em inglês
Present study is presented in Chapter 1 (Follicle deviation; FD) and 2 (Ovulatory capacity). Each chapter includes two experiments [1 - in buffaloes (Bubalus bubalis); 2 - in zebu cattle (Bos indicus)]. In Chapter 1, aims were to determine moment and diameter deviation and to evaluate FSH and LH plasmatic profiles encompassing follicle selection. In Experiment 1, ovulation was considered day 0 (D0). From D0, 10 Murrah heifers were examined by ultrasound (US) each eight hours (h) until D4 and then, every 24h until D6. FD evaluation was performed by visual analysis (Ginther et al., 1996) and by segmented linear regression (Bergfelt et al., 2003). Blood samples were harvested each 8h in the first 24h post ovulation. From this moment blood collections were performed every 4h until D4 and after that, each 12h until D6. Interval ovulation-FD, dominant (DF) and subordinate follicle (SF) diameters, by visual method, were, respectively, 63.2±5.7h; 7.2±0.3mm and 6.4±0.3mm (mean±SEM). These same end points, by mathematical method, were, respectively, 61.9±4.9h; 7.3±0.3mm and 6.3±0.3mm. No differences between both methods of FD evaluation (P>0.05) were found. No changes in plasmatic FSH and LH levels along the time (P>0.05) were found. In Experiment 2, 12 Nelore heifers were submmited to US each 12h until D5, and these same intervals were used to blood harvests (FSH and LH profiles). Interval ovulation-FD, dominant (DF) and subordinate follicle (SF) diameters, by visual method, were, respectively, 61.0±5.8h; 6.2±0.2mm and 5.8±0.2mm. These same end points, by mathematical method, were, respectively, 57.2±6.0h; 6.2±0.3mm and 5.9±0.3mm. No differences between both methods of FD evaluation (P>0.05) were found. No changes in plasmatic FSH and LH levels along the time (P>0.05) were found. In Chapter 2, aim was to evaluate diameter in which DF acquires ovulatory capacity after administration of 25mg of LH. The animals were assigned in groups according to DF diameter at LH treatment (7.0-8.4mm; 8.5-10.0mm and >10.0mm, in both experiments). In Experiment 1, 29 Murrah x Mediterrâneo heifers were used. From D3 (post ovulation), US examinations were performed each 12h until 48h after LH treatment. Follicle diameters at LH chalenge in groups 7.0-8.4mm, 8.5-10.0mm and >10.0mm, were 7.8c±0.1, 9.3b±0.2 and 11.0a±0.3mm, and ovulation rates were 0.0%b (0/10), 50.0%SUP>a (5/10) and 55.6%a (5/9), respectively. In Experiment 2, 29 Bos indicus heifers were monitored by US every 24h from ovulation until LH chalenge, and then each 12h during 48h. Follicle diameters at LH treatment in groups 7.0-8.4mm, 8.5-10.0mm and >10.0mm, were 7.6c±0.1, 9.6b±0.1 and 10.9a±0.2mm, and ovulation rates were 33.3%b (3/9), 80.0%a (8/10) and 90.0%a (9/10), respectively
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Lindsay_Unno_Gimenes.pdf (644.54 Kbytes)
Data de Publicação
2007-05-29
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.