• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.10.2008.tde-18072008-144422
Documento
Autor
Nome completo
Liege Cristina Garcia da Silva
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2008
Orientador
Banca examinadora
Vannucchi, Camila Infantosi (Presidente)
Prestes, Nereu Carlos
Schwartz, Denise Saretta
Título em português
Parâmetros clínicos, hemogasométricos e radiográficos para avaliação respiratória de neonatos caninos nascidos em eutocia ou cesariana eletiva
Palavras-chave em português
Aparelho respiratório
Escore Apgar
Neonato canino
Radiografia pulmonar
Surfactante
Resumo em português
Estima-se que a mortalidade neonatal canina nas primeiras semanas de vida seja de 30%, em razão de diversas causas, dentre elas falhas de assistência neonatal. Em Medicina Humana, protocolos de assistência cardio-respiratória ao recém-nascido estão bem estabelecidos e são utilizados de rotina. Porém, os cuidados direcionados aos neonatos debilitados em Medicina Veterinária são, em geral, empíricos e passíveis de causar traumas e contusões. Deste modo, objetivou-se comparar o padrão do aparelho respiratório ao nascimento e a evolução durante a primeira hora de vida em neonatos nascidos em eutocia via vaginal ou cesariana eletiva; propor um protocolo de conduta para a avaliação do aparelho respiratório de neonatos nascidos em eutocia ou cesariana, por meio da auscultação cardio-torácica, do escore Apgar, hemogasometria, avaliação radiográfica pulmonar e da determinação do surfactante no líquido amniótico; relacionar o exame clínico geral com a avaliação específica do aparelho respiratório; estabelecer a análise de maior sensibilidade e especificidade na identificação de distúrbios respiratórios neonatais; quantificar os fosfolipídeos lecitina (L) e esfingomielina (E) no líquido amniótico; estabelecer a relação L/E, como indício de maturidade pulmonar. Utilizou-se 41 neonatos divididos em 2 grupos conforme a condição obstétrica: eutocia (1) ou cesariana eletiva (2). Foram avaliados o escore Apgar, temperatura corpórea e exame físico completo aos 0, 5 e 60 minutos pós-natal; hemogasometria venosa aos 0 e 60 minutos do nascimento e padrão radiográfico pulmonar ao nascimento. Houve significativo aumento dos valores de Apgar no decorrer da primeira hora de vida. Entretanto, o grupo 2 apresentou escore inferior ao nascimento e após 5 minutos. A temperatura corpórea neonatal apresentou significativa queda ao longo da primeira hora de vida, para ambos os grupos, com hipotermia após 5 e 60 minutos do nascimento. A auscultação pulmonar indicou irregularidade do padrão respiratório, presença de ruído respiratório de moderado a intenso e episódios de agonia respiratória, com evolução satisfatória ao longo da primeira hora de vida para ambos os grupos. Filhotes nascidos de cesariana apresentaram maior percentual de alterações radiográficas, com moderada a intensa opacificação pulmonar difusa, com pouca ou nenhuma definição da silhueta cardíaca e luz dos brônquios principais. Ao nascimento e após 1 hora, todos os neonatos apresentaram acidemia, sendo esta do tipo mista para o grupo 1 e do tipo respiratória para o grupo 2. Após 60 minutos houve parcial evolução do desequilíbrio ácido-básico em ambos os grupos. Não houve diferença estatística entre a relação L/E dos grupos 1 e 2 com valores de 7,29 (±3,55) e 5,89 (±4,87), respectivamente. Conclui-se que o padrão de análise do aparelho respiratório neonatal variou conforme a condição obstétrica; as variáveis de maior sensibilidade e especificidade para identificação de neonatos com distúrbios respiratórios ao nascimento foram auscultação torácica associada à avaliação hemogasométrica das variáveis pH e pCO2; os fosfolipídeos lecitina e esfingomielina presentes no líquido amniótico foram quantificados e a relação L/E estabelecida e indicou maturidade pulmonar independente da condição obstétrica.
Título em inglês
Canine neonatal clinical, hemogasometric and radiographic assessment in eutocia or elective cesarean section
Palavras-chave em inglês
Apgar Score
Canine neonate
Lung radiography
Respiratory system
Surfactant
Resumo em inglês
Technical and scientific deficit related to veterinary neonatology is conspicuous. It is known that the canine mortality rate is up to 30% in the first weeks of life. In Human Medicine, neonatal cardio-respiratory assistance is well established and widely used. Thus, the objectives of the present study were to compare the respiratory system pattern at birth and its evolution during the first hour of life in puppies born through eutocia or cesarian section; to standardize neonatal respiratory system assessment under distinct obstetrics conditions; to correlate clinical general variables to the specific respiratory ones; to identify the most sensible and specific variables in order to attain neonatal respiratory diagnosis; to quantify the phospholipids lecithin (L) and sphingomielin (S) in amniotic fluid; to establish the L/S ratio and its correlation with lung maturity. Forty-one canine neonates were allocated into 2 groups according to the whelping condition: group 1 - eutocia and group 2 - elective cesarean section. The following assessments were performed at 0, 5 and 60 minutes after birth: Apgar score and rectal temperature. Venous hemogasometric evaluation was attained after birth and 1 hour later. Lung x-ray was performed between 0 and 5 minutes of life. Group 2 neonates showed lower vitality, with Apgar score significantly inferior at birth and after 5 minutes. Nevertheless, there was full satisfactory recovery at 5 minutes in both groups, with the Apgar score superior to 7. There was a significant reduction in rectal temperature with hypothermia at 5 and 60 minutes of birth in both groups. Respiratory pattern was irregular at lung auscultation, with mild to moderate sounds, but all neonates evolved properly among the first hour of life. Lung x-rays indicated relevant alterations in 17% of the puppies of group 1 and 30% of group 2. Cardiac silhouette and the main caudal bronchi were clearly visualized and the image of the thymus appeared like an enlarged domed volume in cranial mediastin, adjacent to the heart. The radiographic findings ranged from mild to moderate diffuse or restricted opacification of pulmonary parenchyma. Little or no definition of the cardiac silhouette, the main bronchi and the vagueness of the thymus were all findings consistent with pulmonary edema. All puppies presented acidemia at 0 and 60 minutes after birth, with partial recovery of the acid-base disorder in both groups during the first hour of life. L/S ratio was 7,29 (±3,55) for group 1 and 5,89 (±4,87) for group 2, with no statistical difference between them. In conclusion, obstetric condition influences neonatal respiratory pattern evaluation; lung auscultation associated with pH and pCO2 hemogasometric values, which were more sensible and specific to identify respiratory disorders at birth; lecithin and sphingomielin were quantified in the amniotic fluid; L/S ratio was established and indicated lung maturity regardless of the whelping condition.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2008-10-24
 
AVISO: O material descrito abaixo refere-se a trabalhos decorrentes desta tese ou dissertação. O conteúdo desses trabalhos é de inteira responsabilidade do autor da tese ou dissertação.
  • SILVA, L. C. G., et al. Avaliação clínica neonatal por escore Apgar e temperatura corpórea em diferentes condições obstétricas na espécie canina. Revista Portuguesa de Ciências Veterinárias, 2008, vol. 103, p. 165-170.
  • Silva, LCG, et al. Neonatal Clinical Evaluation, Blood Gas and Radiographic Assessment After Normal Birth, Vaginal Dystocia or Caesarean Section in Dogs [doi:10.1111/j.1439-0531.2009.01392.x]. Reproduction in Domestic Animals [online], 2009, vol. 44, p. 160-163.
  • SILVA, L. C. G., et al. Avaliação da oxigenoterapia em diferentes concentrações a neonatos caninos nascidos de cesariana no período pós-natal imediato. In II Simpósio de Pesquisa e Pós-graduação do Departamento de Reprodução Animal, Pirassununga - SP, 2008. Anais do II Simpósio de Pesquisa e Pós-graduação do Departamento de Reprodução Animal.São Paulo : CD - digital, 2008. Resumo.
  • SILVA, L. C. G., et al. Canine neonatal clinical, hemogasometric and radiographic assessment in eutocia, vaginal dystocia or cesarean section. In 6th International Symposium on Canine and Feline Reproduction, Viena, 2008. 6th International Symposium on Canine and Feline Reproduction / 6th Biannual EVSSAR Congress.Viena : University of Veterinary Medicine, 2008. Resumo.
  • SILVA, L. C. G., et al. Escore Apgar e temperatura corpórea como padrão de vitalidade em neonatos caninos nascidos de eutocia ou cesariana eletiva. In XVII Congresso Brasileiro de Reprodução Animal, Curitiba - PR, 2007. Anais do XVII Congresso Brasileiro de Reprodução Animal.Belo Horizonte : CBRA, 2007. Resumo. Dispon?vel em: http://www.cbra.org.br/publicacoes.do.
  • SILVA, L. C. G., et al. Escore Apgar e temperatura corpórea como padrão de vitalidade em neonatos caninos nascidos de eutocia ou cesariana. In 7o Congresso Paulista de Clínicos Veterinários de Pequenos Animais (CONPAVEPA), São Paulo, 2007. Pesquisa Veterinária Brasileira.Seropédica : Colégio Brasileiro de Patologia Animal, 2007. Resumo.
  • SILVA, L. C. G., et al. Instituição da assitência ventilatória emergencial a neonatos caninos em depressão respiratória. In III Simpósio de Pós-graduação e Pesquisa do Departamento de Reprodução Animal, Pirassununga, 2010. Anais do III Simpósio de Pós-graduação e Pesquisa do Departamento de Reprodução Animal., 2010. Resumo.
  • SILVA, L. C. G., et al. Lecithin/Spingomyelin ration in amniotic fluid of canine neonates born under distinct obstetrical conditions. In II International Symposium on Animal Biology of Reproduction, São Paulo, 2009. Animal Reproduction.Belo Horizonte - MG : Colégio Brasileiro de Reprodução Animal, 2009. Resumo.
  • SILVA, L. C. G., et al. Parâmetros clínicos, hemogasométricos e radiográficos na avaliação de neonatos caninos nascidos em eutocia ou cesariana eletiva. In XVII Semana Científica "Benjamin Eurico Malucelli" do Departamento de Patologia - FMVZ-USP, São Paulo, 2008. Anais da XVII Semana Científica "Benjamin Eurico Malucelli" do Departamento de Patologia - FMVZ-USP.São Paulo : Departamento de Patologia - FMVZ-USP, 2008. Resumo.
  • SILVA, L. C. G., e VANNUCCHI, C. I. Oxigenoterapia em diferentes concentrações instituída a neonatos caninos nascidos de cesariana no período pós-natal imediato. In XVII Semana Científica "Benjamin Eurico Malucelli" do Departamento de Patologia - FMVZ-USP, São Paulo, 2008. Anais do XVII Semana Científica "Benjamin Eurico Malucelli" do Departamento de Patologia - FMVZ-USP.São Paulo : Departamento de Patologia - FMVZ-USP, 2008. Resumo.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.