• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.10.2006.tde-03052007-085559
Documento
Autor
Nome completo
Marie Odile Monier Chelini
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2006
Orientador
Banca examinadora
Oliveira, Claudio Alvarenga de (Presidente)
Binelli, Mario
Morato, Ronaldo Gonçalves
Título em português
Estudo comparativo de protocolos de extração de hormônios esteróides fecais em diferentes espécies de animais
Palavras-chave em português
Esteróides
Extração
Metabólitos fecais
Recuperação
Resumo em português
Desde as primeiras dosagens de hormônios esteróides efetuadas em fezes por Adlercreuetz em 1976, os estudos baseados no uso desta técnica se multiplicaram com animais selvagens, como também em algumas espécies domésticas e, mais recentemente, em animais de laboratório. Diversos protocolos para a extração dos esteróides fecais foram elaborados e estão disponíveis na literatura. A eficiência dos mesmos pode ser avaliada medindo a sua capacidade de recuperar uma quantidade conhecida de hormônio marcado radioativamente e incorporado a algumas amostras fecais antes de submetê-las ao processo de extração. O presente trabalho teve por objetivo a determinação da capacidade de recuperação de três protocolos de extração de esteróides fecais dentre os mais freqüentemente empregados no nosso meio. São eles os protocolos descritos respectivamente por Brown et al. (1994), Graham et al. (2001) e Schwarzenberger et al. (1991). O estudo abrange sete espécies: hamster Sírio (Mesocricetus auratus), cutia (Dasyprocta aguti), lobo guará (Chrysocyon brachyurus), cabra doméstica (Capra hircus), ovelha doméstica (Ovis aries), chimpanzé (Pan troglodytes), gorila (Gorilla gorilla) e orangotango (Pongo pygmaeus) e três hormônios: progesterona, testosterona e cortisol. O protocolo de Graham alcançou maiores índices de recuperação da progesterona e da testosterona triciada. O protocolo de Schwarzenberger mostrou-se mais eficiente, do ponto de vista numérico, na recuperação do cortisol triciado. Os resultados obtidos sugerem, porém, que a metodologia empregada para avaliação da capacidade de recuperação dos três protocolos subestimou a eficiência do protocolo de Brown.
Título em inglês
Comparative study of methods for extracting steroid hormones from feces of several animal species
Palavras-chave em inglês
Extraction
Fecal metabolites
Recovery
Steroid hormones
Resumo em inglês
Adlercreutz performed the first quantifications of steroid hormones in human feces in 1976. Since then, studies based on this technique have been applied to wildlife, domestic animals, and recently to laboratory animals. Several procedures for extracting fecal steroids were established and are available in the literature. It is possible to assess the efficiency of these techniques measuring how they recover known amounts of radio-labelled hormones added to some fecal samples just before extraction. The aim of this study was to determine the recovery of three procedures for fecal steroid extraction that are commonly used in our laboratory. We assessed, then, how the techniques described by Brown et al. (1994), Graham et al. (2001) and Schwarzenberger et al. (1991) recover 3H-progesterone, 3H-testosterone and 3H-cortisol in the feces from eight animal species: Syrian hamster (Mesocricetus auratus), agouti (Dasyprocta aguti), maned wolf (Chrysocyon brachyurus), goat (Capra hircus), sheep (Ovis aries), chimpanzee (Pan troglodytes), gorilla (Gorilla gorilla) e orangutan (Pongo pygmaeus). Average recovery of Graham et al. (2001) procedure was higher for progesterone and testosterone and Schwarzenberger et al. (1991) procedure recovered more cortisol. However, our results suggested that the efficiency of the method established by Brown et al. (1994) was underestimated.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2007-05-07
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.